Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/19550
Tipo do documento: Artigo
Título: Aspectos da pastoral rizomática em livro de pré-coisas: roteiro para uma excursão poética no pantanal, de Manoel de Barros
Autor: Santana, Jorge Alves
Resumo: Em nossos planejamentos de passeios bucólicos, por vezes não nos damos conta de como os roteiros escolhidos foram construídos. Apesar da determinação dos caminhos oficializados e perspectivados por nossos hábitos, tentamos mergulhar naquelas possibilidades de vivências genuínas, ativas e criativas, nas quais nossos olhares possam vaguear por espaços que também se tornam realidades de nossas coautorias. Nesse quadro, acompanharemos as estratégias literárias e políticas articuladas pelo poeta Manoel de Barros, em sua obra Livro de pré-coisas (1985), que nos auxiliam a compreender a engenharia de montagem da pastoral pós-moderna, expressa no imaginário poético das possíveis incursões e excursões no pantanal do Mato Grosso do Sul. Tal engenharia será observada através de reflexões da Ecocrítica (GARRARD, 2006) e por aquelas pertinentes à ontologia do rizoma que subjaz à existência do constante devir dos fenômenos (DELEUZE; GUATTARI, 1995). Dessa forma, refletiremos sobre o paradigma estético (GUATARRI, 2006), que funciona, ao lado de outros mecanismos político-culturais, como possibilidades de deslocamento para a construção de espacialidades inclusivas e de identidades transversais.
Abstract: When planning our bucolic wanderings, sometimes we do not notice how exactly the chosen itinerary was built. Despite the determination of the official and expected courses, we try, because of our habits, to immerse ourselves in those possibilities of genuine experience, active and creative, in which our looks can meander by spaces that become realities of our co-autorship as well. From this point of view, we will follow the literary and policies articulated by the poet Manoel de Barros in his book Livro de pré-coisas (1985), which guide us to comprehend the composition engineering of the postmodern pastoral, expressed on the poetic ideal of the possible incursions and excursions in the Mato Grosso do Sul pantanal. Such engineering will be noticed through the reflections of Greg Garrard’s Ecocriticism (2006) and by those relevant to the rhizome ontology that underlies the existence of the constant becoming of phenomenon (GUATTARI, 2006), that works, side by side with other political-cultural mechanisms, as displacements possibilities towards the construction of inclusive spatialitys and transversal identities.
Palavras-chave: Manoel de Barros
Turismo
Pastoral
Rizoma
Manoel de Barros
Tourism
Rhizome
Pastoral
País: Brasil
Unidade acadêmica: Faculdade de Letras - FL (RG)
Citação: SANTANA, Jorge Alves. Aspectos da pastoral rizomática em livro de pré-coisas: roteiro para uma excursão poética no pantanal, de Manoel de Barros. Nonada: letras em revista, Porto Alegre, v. 2, n. 23, p. 45-57, 2014.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/19550
Data de publicação: 2014
Aparece nas coleções:FL - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Artigo - Jorge Alves Santana - 2014.pdf216,92 kBAdobe PDFBaixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons