Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/19733
Tipo do documento: TCC
Título: Um novo olhar afetivo para a paisagem do Parque Estadual João Leite em Goiânia – GO
Título(s) alternativo(s): A new affective look at the landscape of João Leite State Park in Goiânia – GO
Autor: Martins, Larissa Miranda
Primeiro orientador: Sant'Anna, Camila Gomes
Primeiro membro da banca: Sant'Anna, Camila Gomes
Paes, Carina Folena Cardoso
Cruz, Leandro
Resumo: O desenvolvimento das cidades construiu o conflito entre meio físico e antropizado. A água em suas múltiplas formas de expressão, juntamente com outros elementos naturais, foi do- minada, escondida, poluída e geometrizada no contexto urbano. Consequentemente, os im- pactos naturais hídricos se tornaram uma constante, principalmente no Estado de Goiás. En- tretanto, os caminhos das águas ainda se mantêm como elemento fundamental na construção da Paisagem, em tempos de pandemia e consequentemente também no cenário pós-pande- mia. A Unidade de Conservação Integral Parque Estadual do João Leite (PEJoL) foi efetivada em 1993, quando foi desmembrada do Parque Altamiro de Moura Pacheco (PEAMP) para a implementação do Reservatório do Ribeirão João Leite (no 11.957/1993), ambos os parques se encontram inseridos dentro da Área de Proteção Ambiental do João Leite (APAJoL) em caráter de uso sustentável, decretada pelo Estado em dezembro de 2002, pela lei no 5.704. A Unidade se constitui não apenas como um elemento chave no sistema de abastecimento hídrico público, como também uma reserva de biodiversidade cerratense da Região Metropo- litana de Goiânia-GO. Porém, devido à intensificação dos impactos socioambientais em suas nascentes e em seus cursos d’água, seu desempenho hídrico e ecológico encontra-se amea- çado, somado a isso, nota-se que grande parte da população não reconhece seu valor en- quanto bem natural e nem o utiliza cotidianamente. O objetivo deste trabalho é repensar o desenho da paisagem do Parque, partindo de seus caminhos d'água, garantindo não só a conservação de sua biodiversidade, como também a apropriação por parte comunidade goiana.
Abstract: The development of cities built the conflict between physical and human environment. Water in its multiple forms of expression, along with other natural elements, was dominated, hidden, polluted and geometrized in the urban context. Consequently, the natural water impacts have become a constant, especially in the State of Goiás. However, the waterways still remain a fundamental element in the construction of the landscape, in times of pandemic and consequently also in the post-pandemic scenario. The João Leite State Park Integral Conservation Unit (PEJoL) was established in 1993, when it was dismembered from the Altamiro de Moura Pacheco Park (PEAMP) for the implementation of the Ribeirão João Leite Reservoir (no 11.957/1993), both parks are are inserted within the João Leite Environmental Protection Area (APAJoL) in a sustainable use character, decreed by the State in December 2002, by law no 5.704. The Unit constitutes not only a key element in the public water supply system, but also a reserve of biodiversity from Cerratense in the Metropolitan Region of Goiânia -GO. However, due to the intensification of socio-environmental impacts in its springs and water courses, its water and ecological performance is threatened, in addition, it is noted that a large part of the population does not recognize its value as a natural good or uses it daily. The objective of this work is to rethink the design of the Park's landscape, starting from its waterways, ensuring not only the conservation of its biodiversity, but also the appropriation by the Goiás community.
Palavras-chave: Caminhos d'água
Paisagem
Parque Estadual do João Leite (PEJoL)
Biodiversidade
Goiás
Waterways
Landscape
João Leite State Park (PEJo)
Biodiversity
Goiás
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal de Goiás
Sigla da instituição: UFG
Unidade acadêmica: Regional Cidade de Goiás (RCG)
Nome do curso: Arquitetura e Urbanismo (RCG)
Citação: MARTINS, Larissa Miranda. Um novo olhar afetivo para a Paisagem do Parque Estadual João Leite em Goiânia – GO. 2021.150 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação) – Unidade Acadêmica Especial de Ciências Sociais Aplicadas, Universidade Federal de Goiás, Cidade de Goiás, 2021.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/19733
Data de publicação: 7-Jun-2021
Aparece nas coleções:CG - Trabalhos de Conclusão de Curso

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
TCCG - Arquitetura e Urbanismo - Larissa Miranda Martins - 2021.pdf29,2 MBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.