Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/19737
Tipo do documento: TCC
Título: Obtenção e caracterização do extrato líquido concentrado de Camellia sinensis Kuntze
Título(s) alternativo(s): Obtaining and characterization of concentrated liquid extract of Camellia sinensis Kuntze
Autor: Portugal, Lara Manzi
Primeiro orientador: Garcia, Nathália Olívia de Sousa
Primeiro membro da banca: Garcia, Nathália Olívia de Sousa
Silva, Fernanda Maria da
Souza, Nathalia Ferreira
Resumo: A espécie Camellia sinensis, popularmente conhecida como chá verde, chá da Índia ou “green tea”, pertence à família Theaceae. As folhas de C. sinensis possuem cerca de 30% de compostos fenólicos dentre os quais os flavonóides são os principais componentes químicos terapêuticos dessa classe com potencial antioxidante, atuando como sequestradores de radicais livres, quelantes de metais e inibidores da lipoperoxidação. Os principais componentes presentes na espécie C. sinensis possuem capacidade quimioprotetora, anticarcinogênica, antiinflamatória, antioxidante, agente fotoprotetor, agente adstringente, agente regenerador e eficaz no tratamento de olheiras. O objetivo do presente trabalho foi a produção do extrato líquido concentrado de C. sinensis e avaliação do seu potencial antioxidante. Foi realizada a caracterização da C. sinensis por meio da determinação da granulometria dos pós, índice de intumescência, cinzas totais, teor de voláteis e doseamento de fenóis totais da droga vegetal. No extrato líquido também foi realizada análise do teor de sólidos, teor de fenóis totais, flavonoides totais e análise do poder antioxidante do extrato através dos métodos de captura do radical DPPH e ABTS. Na caracterização da droga vegetal, o pó foi classificado como moderadamente grosso a partir da determinação granulométrica das partículas e obteve-se índice de intumescência de 3,36 ± 0,05 para água e 1,9 ± 0,1 para etanol 50% (v/v) como agente intumescedor. O teor de cinzas totais, compostos voláteis e fenóis totais do pó foi de 5,11% ± 0,005, 5,14% ± 0,14, e 0,221% ± 0,13, respectivamente. O extrato hidroalcoólico apresentou teor de sólidos de 6,29% ± 0,1, teor de fenóis totais de 4,82% ± 0,002 (m/v), e teor de flavonóides de 0,95% ± 0,1 (m/v). As análises do potencial antioxidante do extrato demonstraram IC50 de 0,129 mg/mL na captura do radical DPPH e 388,47 μM trolox/g no método de captura do radical ABTS. Devido a capacidade antioxidante do extrato do chá verde, o seu uso vem sendo cada vez mais explorado para aplicação cosmética pois, além de ser de fácil obtenção, é um antioxidante natural muito benéfico, sendo uma opção como substituto dos ativos sintéticos.
Abstract: The species Camellia sinensis, popularly known as green tea, Indian tea or "green tea", belongs to the family Theaceae. The leaves of C. sinensis have about 30% of phenolic compounds, among which flavonoids are the main therapeutic chemical components of this class with antioxidant potential, acting as free radical scavengers, metal chelators and lipoperoxidation inhibitors. The main components present in the species C.sinensis have chemoprotective, anticarcinogenic, anti-inflammatory, antioxidant, photoprotective, astringent, regenerating and also effective in the treatment of dark circles. The aim of the present work was the production of the liquid extract of Camellia sinensis and evaluation of its antioxidant potential. The characterization of C. sinensis was carried out by determining the granulometry of the powders, swelling index, total ash, volatile content and total phenol dosage of the plant drug. In the liquid extract, analysis of the content of solids, content of total phenols, flavonoids, and analysis of the antioxidant power of the extract through the methods of capture of the radical DPPH and ABTS was also carried out. In the characterization of the vegetable drug, the determination of the granulometry defined the powder as coarse moderation and an intumescence index of 3.36 ± 0.05 was obtained for water and 1.9 ± 0.1 for ethanol 50% (v/v) as a swelling agent. The content of total ash, volatile compounds and total phenols of the powder was 5.11% ± 0.005, 5.14% ± 0.14, and 0.221% ± 0.13, respectively. The hydroalcoholic extract had a solids content of 6.29% ± 0.1, a total phenol content of 4.82% ± 0.002 (m / v), and a flavonoid content of 0.95% ± 0.1 (m / v). The analysis of the extract's antioxidant potential showed an IC50 of 0.129 mg / mL in the capture of the DPPH radical and 388.47 μM trolox / g in the ABTS radical capture method. Due to the antioxidant capacity of green tea extract, its use has been increasingly explored for cosmetic application because, in addition to being easy to obtain, it is a very beneficial natural antioxidant, being an option as a substitute for synthetic assets.
Palavras-chave: Camellia sinensis
Compostos fenólicos
Antioxidante
Chá verde
Produto natural
Green tea
Camellia sinensis
Antioxidant
Phenolic compounds
Natural product
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal de Goiás
Sigla da instituição: UFG
Unidade acadêmica: Faculdade de Farmácia - FF (RG)
Nome do curso: Farmácia (RG)
Citação: PORTUGAL, Lara Manzi. Obtenção e caracterização do extrato líquido concentrado de Camellia sinensis Kuntze. 2021. 54 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação) – Faculdade de Farmácia, Universidade Federal de Goiás, Goiânia, 2021.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/19737
Data de publicação: 21-Mai-2021
Aparece nas coleções:FF - Trabalhos de Conclusão de Curso

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
TCCG - Farmácia - Lara Manzi Portugal - 2021.pdf1,78 MBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons