Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/19738
Tipo do documento: TCC
Título: Bactérias tolerantes a metais
Título(s) alternativo(s): Metal – tolerant bacteria
Autor: Saêta, Venine Prado
Primeiro orientador: Carneiro, Lilian Carla
Primeiro membro da banca: Carneiro, Lilian Carla
Gama, Aline Rodrigues
Santos, Mônica de Oliveira
Resumo: Os metais pesados se encontram amplamente distribuídos no meio ambiente, podendo ser advindos de origens naturais, industriais, agrícolas e outras fontes. O acúmulo desses metais em corpos hídricos está relacionado a diversas questões ambientais, sobretudo a respeito da qualidade da água para consumo. Sendo assim, o objetivo geral desse estudo foi isolar, identificar e caracterizar bactérias tolerantes aos metais níquel e cobalto presentes em amostras de água bruta e no sedimento do Rio Traíras - Niquelândia (GO). Foram obtidos 68 isolados bacterianos, sendo estes submetidos ao método de microdiluição para determinar a concentração inibitória mínima (CIM). Com base nos resultados encontrados, foram selecionados 12 isolados bacterianos, que apresentaram maior e menor tolerância, sendo estes classificados de acordo com suas características microscópicas e tintoriais. De acordo com os resultados observou-se a tolerância das bactérias isoladas a altas concentrações dos metais, sugerindo seu uso como ferramenta biotecnológica para a remediação de áreas contaminadas.
Abstract: Heavy metals are widely distributed in the environment, and may can find natural, industrial, agricultural and other origins. The accumulation of these metals in water bodies is related to several environmental issues, especially regarding the quality of drinking water. Therefore, the general objective of this study was to isolate, identify and characterize bacteria tolerant to nickel and cobalt metals present in raw water samples and in the sediment of the Rio Traíras - Niquelândia (GO). A total of 68 bacterial isolates were obtained, which were submitted to the microdilution method to determine the minimum inhibitory concentration (MIC). Based on the results found, 12 bacterial choices were chosen, which internationally higher and lower tolerance, being classified according to their microscopic and tinting characteristics. According the results obtained, it is possible to observe the tolerance of isolated bacteria to high concentrations of metals, suggesting its use as a biotechnological tool for the remediation of contaminated areas.
Palavras-chave: Níquel
Cobalto
Biorremediação
Microrganismos
Toxicidade
Nickel
Cobalto
Bioremediation
Microorganisms
Toxicity
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal de Goiás
Sigla da instituição: UFG
Unidade acadêmica: Faculdade de Farmácia - FF (RG)
Nome do curso: Farmácia (RG)
Citação: SAÊTA, Venine Prado. Bactérias tolerantes a metais. 2021. 12 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação) – Faculdade de Farmácia, Universidade Federal de Goiás, Goiânia, 2021.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/19738
Data de publicação: 25-Mai-2021
Aparece nas coleções:FF - Trabalhos de Conclusão de Curso

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
TCCG - Farmácia - Venine Prado Saêta - 2021.pdf922,52 kBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons