Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/19739
Tipo do documento: TCC
Título: Infecção pelo vírus da hepatite B (HBV) em profissionais da saúde no Brasil: prevalência e cobertura vacinal: revisão de literatura
Título(s) alternativo(s): Hepatitis B virus (HBV) infection in health professionals in Brazil: prevalence and vaccination coverage: literature review
Autor: Rocha, Nicole Bocchi
Primeiro orientador: Carneiro, Megmar Aparecida dos Santos
Primeiro membro da banca: Carneiro, Megmar Aparecida dos Santos
Almeida, Renzo Freire de
Oliveira, Brunna Rodrigues de
Resumo: No mundo, aproximadamente, 257 milhões de indivíduos vivem com a infecção pelo vírus da hepatite B (HBV) na forma crônica. No Brasil, 247.890 casos de hepatite B confirmados foram notificados no período de 1999 a 2019, com taxas de detecção de 6,7/100.000 habitantes em 2018, na qual 0,3% da transmissão ocorreu por via ocupacional. A vacinação é um método eficaz e seguro na prevenção da infecção por HBV. Os profissionais de saúde são uma das principais classes de risco, pois lidam diretamente com pacientes e, uma vez infectados, podem se tornarem fonte de infecção para demais indivíduos, inclusive para os pacientes. O objetivo do estudo foi fazer uma revisão e análise de forma qualitativa da prevalência do vírus da hepatite B e a cobertura vacinal em profissionais de saúde do Brasil. A metodologia do estudo foi análise e comparação dos dados obtidos na literatura no período de 2000 a 2020. Verificou-se que as taxas de prevalência para o marcador anti-HBc variou de 0,1 até 21,4%. Quanto à cobertura vacinal, as taxas de anti-HBs isolado foram heterogêneas, variando de 28,8 a 92,7%. Mesmo existindo uma vacina contra HBV eficaz e segura, ainda é surpreendente o número elevado de profissionais de saúde suscetíveis (ausência de marcadores sorológicos), nesta revisão esse índice foi observado em até 60,3% dos profissionais. Conclui-se que é fundamental a informação, conscientização e monitorização destes profissionais da saúde, além de maiores orientações a respeito da importância da vacinação contra hepatite B nestes profissionais e demais brasileiros.
Abstract: In the world, approximately 257 million individuals live with an infection by the hepatitis B virus (HBV) in chronic form. In Brazil, 247.890 confirmed cases of hepatitis B were confirmed in the period from 1999 to 2019, with rates of detection of 6,7/100.000 inhabitants in 2018, in which 0,3% of transmission were via occupation. Vaccination is a safe and efficient method of preventing HBV infection. The health professionals are some of main classes of risk, by dealing directly with patients and, once infected, they may become a source of infection for others individuals, even for the patients. The objective of the study was a qualitative review and analysis of the prevalence of the hepatitis B virus and the immunization coverage of Brazilian health professionals. The study methodology was analysis and comparison of data collected in the literature in the period between 2000 and 2020. It was verified that be prevalence rates for the anti-HBc marker varied from 0,1 up to 21,4%. About the vaccination coverage, the isolated anti-HBs rates were heterogeneous, varying between 28,8 to 92,7%. Even having a safe and effective vaccine against HBV, the high number of susceptible health professionals (absence of serological markers) still is surprising, in this review this standard was observed in up to 60,3% of professionals. It is concluded that the information, awareness and monitoring of these professionals is fundamental, aside from better orientation with respect to the importance of immunization against hepatitis B in these professionals and of other Brazilians.
Palavras-chave: Hepatite B
Profissionais da saúde
Prevalência
Cobertura vacinal
Hepatitis B
Health professionals
Prevalence
Vaccination coverage
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal de Goiás
Sigla da instituição: UFG
Unidade acadêmica: Faculdade de Farmácia - FF (RG)
Nome do curso: Farmácia (RG)
Citação: ROCHA, Nicole Bocchi. Infecção pelo vírus da hepatite B (HBV) em profissionais da saúde no Brasil: prevalência e cobertura vacinal: revisão de literatura. 2021. 34 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação) – Faculdade de Farmácia, Universidade Federal de Goiás, Goiânia, 2021.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/19739
Data de publicação: 26-Mai-2021
Aparece nas coleções:FF - Trabalhos de Conclusão de Curso

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
TCCG - Farmácia - Nicole Bocchi Rocha - 2021.pdf965,41 kBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons