Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/19765
Tipo do documento: TCC
Título: Vacinação anti-rotavírus na era das fake news
Título(s) alternativo(s): Anti-rotavirus vaccination in the fake news was
Autor: Sousa, Denise Marques de
Silva, Rose Kelly Amâncio da
Primeiro orientador: Sales, Marcelle Figueira Marques da Silva
Primeiro membro da banca: Sales, Marcelle Figueira Marques da Silva Sales
Matos, Amanda de Oliveira
Mendes, Anna Carolina de Oliveira
Resumo: A vacinação é de extrema relevância para a promoção da saúde, pois é por meio dela que várias doenças virais são controladas e outras até mesmo erradicadas, tais como a varíola e mais recentemente a poliomielite. Segundo a Organização Mundial da Saúde, o rotavírus é a segunda maior causa de mortalidade em crianças menores de 5 anos. Em todo o mundo, cerca de 125 mil pessoas morrem anualmente em decorrência de infecções por esse vírus, cujas vacinas estão disponíveis mundialmente. Assim, este estudo teve por objetivo conhecer a percepção das pessoas sobre aspectos relacionados à vacinação anti-RVA, como base para o desenvolvimento de um canal em uma plataforma digital para promover a conscientização da população sobre a importância do tema. Para a coleta de dados, utilizou-se como instrumento de pesquisa um questionário fechado e enviado via e-mail, Whatsapp e/ou Instagram. Os resultados apontam a maioria dos participantes que responderam ao questionário são do sexo feminino (76%). A pesquisa sobre a escolaridade dos participantes mostrou que 72% possuem ensino superior, 23% possuem ensino médio e 5% e ensino fundamental. Os resultados demonstraram, que 66% dos participantes conheciam o tema “doença diarreica aguda”, 79% conheciam o rotavírus e 54% sabiam os sintomas da doença. Aproximadamente 55% dos participantes já receberam fake news, e destes, 23% deixaram de vacinar seus filhos. Com isso, conclui-se que é de suma importância destacar a importância da vacinação, bem como o combate às fake news nesta temática na tentativa de se aumentar a adesão dos responsáveis à vacinação infantil para evitar o aumento da incidência das infecções causadas por rotavírus e outras tantas doenças no Brasil.
Abstract: Vaccination is extremely important for health promotion, as it is through several viral diseases are controlled and others have been eradicated, such as smallpox and more recently polio. According to the World Health Organization, rotavirus is the second leading cause of mortality in children under 5 years of age. Worldwide, about 125 thousand people die annually from infections by this virus, whose vaccines are available worldwide. Thus, this study aimed to get to know people's perceptions about aspects related to anti-RVA vaccination, as a basis for the development of a channel on a digital platform to promote the population's awareness of the theme importance. For data collection, a questionnaire prepared using Google Forms and sent via email, WhatsApp and / or Instagram pre-owned as a research instrument. The results indicate that most of the participants who answered the questionnaire are female (76%). The survey on the education of the participants showed that 72% have higher education (complete or incomplete), 23% have hight school and 5% and elementary school. The results showed that 66% of the participants knew theme “acute diarrheal disease”, 79% knew the rotavirus and 54% knew the symptoms of the disease. Approximately 55% of participants have already received fake news, and of these, 22% have not vaccinated their children. That is possible to concluded that it is extremely important to highlight the importance of vaccination, as well as the fight against fake news in this theme in an attempt to increase the adherence of those responsible for childhood vaccination. To avoid the increase in the incidence of infections caused by rotavirus and other diseases and many diseases in Brazil.
Palavras-chave: Rotavírus
Fake news
Vacinação
Doença diarreica aguda
Vaccination
Acute diarrheal disease
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal de Goiás
Sigla da instituição: UFG
Unidade acadêmica: Faculdade de Farmácia - FF (RG)
Nome do curso: Farmácia (RG)
Citação: SILVA, Rose Kelly Amâncio; SOUSA, Denise Marques. Vacinação anti-rotavírus na era das fake news. 2021. 53 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação) - Faculdade de Farmácia, Universidade Federal de Goiás, Goiânia, 2021.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/19765
Data de publicação: 28-Mai-2021
Aparece nas coleções:FF - Trabalhos de Conclusão de Curso

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
TCCG - Farmácia - Denise Marques de Sousa - 2021.pdf1,16 MBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons