Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/19832
Tipo do documento: Artigo
Título: Unboliviable - o discurso endocolonial da revista IstoÉ no caso dos torcedores brasileiros presos na Bolívia
Título(s) alternativo(s): Unboliviable – the endocolonial discourse of istoé magazine in the case of brazilian football fans arrested in Bolivia
Autor: Vesz, Fernando Zolin
Lima, Lucielena Mendonça de
Vilhena, Flavia Braga Krauss de
Resumo: Neste artigo, analisamos duas reportagens publicadas pela revista IstoÉ, no ano de 2013, que buscavam retratar o caso dos torcedores brasileiros presos na Bolívia após a morte de um adolescente boliviano durante um jogo de futebol. Nosso propósito é identificar as construções discursivas empregadas pela revista para (des)qualificar o país vizinho. Para tanto, lançamos mão das principais características do discurso colonial, tais como a dicotomia entre o familiar e o estranho, segundo Said (1978), as categorias “primitivo” versus “civilizado” e “tradicional” versus “moderno”, conforme propostas por Quijano (2011), e as generalizações, assentadas em Mills (2004), as quais nos parecem perpetuar um discurso endocolonial, que contribui, a nosso ver, apenas para a manutenção de relações de distanciamento e de não reconhecimento entre os países latino-americanos.
Abstract: This paper focuses on two articles published in 2013 editions of Brazilian IstoÉ magazine. They refer to the case of the Brazilian football fans arrested in Bolivia following the death of a local teenager during a football match. The aim of this paper is to identify discursive constructions employed by the magazine to disqualify Bolivia. To do so, the main haracteristics of colonial discourse were taken, such as Said‟s dichotomy (1978) between the familiar and strange, Quijano‟s categories (2011) of primitive versus civilized and traditional versus modern, and Mills‟ generalization concept (2004), all of which seem to perpetuate an endocolonial discourse that favours relations of detachment and non-recognition among Latin American countries.
Palavras-chave: Discurso endocolonial
Endocolonial discourse
Revista IstoÉ
Bolívia
Bolivia
IstoÉ magazine
País: Brasil
Unidade acadêmica: Faculdade de Letras - FL (RG)
Citação: ZOLIN-VESZ, Fernando; LIMA, Lucielena Mendonça de; VILHENA, Flavia Braga Krauss de. Unboliviable - o discurso endocolonial da revista IstoÉ no caso dos torcedores brasileiros presos na Bolívia. Polifonia, Cuiabá, v. 21, n. 29, p. 28-42, jan./jul. 2014.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/19832
Data de publicação: Jul-2014
Aparece nas coleções:FL - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Artigo - Fernando Zolin Vesz - 2021.pdf261,75 kBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons