Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/19898
Tipo do documento: TCC
Título: A educação básica no governo de Jair Bolsonaro: discursos e preposições
Título(s) alternativo(s): The basic education in Jair Bolsonaro´s government: speeches and propositions
Autor: Chagas, Ana Paula Borges
Primeiro orientador: Oliveira, João Ferreira de
Primeiro membro da banca: Oliveira, João Ferreira de
Almeida, Marcilene Dias Bruno de
Resumo: Esta monografia foi produzida no âmbito da disciplina Trabalho de Conclusão de Curso II do curso de Pedagogia da Faculdade de Educação da Universidade Federal de Goiás. O objetivo central desta pesquisa foi analisar criticamente os programas educacionais para a Educação Básica, propostos pelo MEC, durante os dois primeiros anos do governo de Jair Bolsonaro (2019-2020). Também se examinou os discursos e as propostas do candidato Jair Bolsonaro apresentados por ocasião da campanha em 2018. A metodologia da pesquisa envolveu, além de pesquisa bibliográfica e documental, investigações no portal oficial do MEC, sobretudo por meio de levantamento de legislações e de todos os programas com foco na Educação Básica; considerou-se ainda alguns outros programas que se relacionavam com essa etapa de educação, mas presentes em outros espaços governamentais. Para auxiliar na análise dos movimentos e grupos sociais de direita e extrema direita, das bandeiras ideológicas e das ações do governo Jair Bolsonaro, contou-se, dentre outros, com o auxílio de Michael W. Apple (2003); e, ainda, com Luiz Carlos de Freitas (2018), que analisa criticamente o contexto social brasileiro composto por uma “nova direita”, que vem se movimentando de maneira ímpar, especialmente desde o Impeachment da presidenta Dilma Rousseff (2011-2016). Pode-se afirmar que os projetos educacionais propostos e desenvolvidos no período de 2019 a 2020, buscam atender às demandas governamentais e dos grupos que dão apoio político-ideológico ao governo, como os neoliberais, os neoconservadores, os grupos religiosos mais fundamentalistas, os segmentos militares e do judiciário e parte significativa da grande mídia. Dessa forma, a educação não é posta como uma política de Estado, que deveria atender as demandas da população, sobretudo a com menor poder aquisitivo, mas como espaço para atender aos interesses particulares e ideológicos dos grupos de apoiadores, a exemplo dos programas voltados à militarização das escolas e a educação domiciliar.
Abstract: This undergraduate thesis was produced under the discipline Final Paper II within the Pedagogy course of the College of Education of the Federal University of Goiás. The main purpose of this research was to critically analyze the educational programs towards basic education proposed by MEC, during the first two years of Jair Bolsonaro's government (2019-2020). The speeches and proposals of candidate Jair Bolsonaro presented during the 2018 campaign were also examined. The research methodology involved, in addition to bibliographical and documentary research, investigations on the official MEC website, mainly through the survey of legislation and all programs aimed towards Basic Education; additional programs related to this stage of education present in other governmental spaces were also considered. To assist in the analysis of movements and social groups on the right and far right, of the ideological flags and the actions of the Jair Bolsonaro Government, it was counted upon, among others, the help of Michael W. Apple (2003); as well as Luiz Carlos de Freitas (2018), who critically analyzes the Brazilian social context composed of a “new right”, which has been moving in a unique way, especially since the impeachment of President Dilma Rousseff (2011-2016). It can be said that the educational projects proposed and developed in the period of 2019 to 2020, seek to meet the demands of the government and the groups that give political-ideological support to the government, such as neoliberals, neoconservatives, fundamentalist religious groups, military and judiciary segments and a significant part of the mainstream media. In this way, education is not seen as a State policy, which should meet the demands of the population, especially those with lower purchasing power, but instead as a space to meet the private and ideological interests of supporter groups, such as programs aimed at the militarization of schools and homeschooling.
Palavras-chave: Educação básica
Políticas educacionais
Governo Bolsonaro
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal de Goiás
Sigla da instituição: UFG
Unidade acadêmica: Faculdade de Educação - FE (RG)
Nome do curso: Pedagogia (RG)
Citação: CHAGAS, Ana Paula Borges. A educação básica no governo de Jair Bolsonaro: discursos e preposições. 2021. 50 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação) – Faculdade de Educação, Universidade Federal de Goiás, Goiânia, 2021.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/19898
Data de publicação: 7-Jun-2021
Aparece nas coleções:FE - Trabalhos de Conclusão de Curso

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
TCCG - Pedagogia - Ana Paula Borges Chagas - 2021.pdf1,27 MBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons