Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/19903
Tipo do documento: TCC
Título: O papel da rotina na organização do cotidiano da educação infantil
Título(s) alternativo(s): The role of routine in the organization of daily life in early childhood education
Autor: Oliveira, Mikaelly Ferraz de
Primeiro orientador: Oliveira, Sheila Santos de
Primeiro membro da banca: Oliveira, Sheila Santos de
Oliveira, Fabiane Lopes de
Resumo: A rotina é compreendida como uma categoria pedagógica da educação infantil, que organiza a vida coletiva diária em ambientes como as creches ou pré-escolas. Fazem parte das rotinas todas aquelas atividades que são recorrentes ou reiterativas na vida cotidiana coletiva. Elas não precisam ser repetitivas, isto é, feitas da mesma forma todos os dias. As rotinas na sua constituição, utiliza-se de elementos que possibilitam a sua manifestação, como a organização do ambiente, os usos do tempo, a seleção e a proposição de atividades e a seleção e a construção dos materiais (BARBOSA, 2006). Esses elementos prescrevem as rotinas e definem a forma que elas devem ser pensadas, assim elas são usadas como padronizadoras das rotinas pedagógicas. Dessa forma, o objetivo geral deste estudo foi investigar o papel da rotina na organização do cotidiano da educação infantil, nos objetivos específicos, buscamos: compreender as rotinas na educação infantil enquanto categoria pedagógica; entender o processo de institucionalização da educação da infância e identificar como se estabeleceram as rotinas pedagógicas padronizadas e quais seriam os caminhos para repensá-las. Nesse sentido, ressalto a importância desse estudo para a compreensão do papel da rotina na organização do cotidiano da educação infantil, tendo em vista a relevância da temática em fundamentar novos estudos e possibilitar a reflexão a respeito do papel da rotina no contexto das crianças que frequentam as creches e pré-escolas. Percebemos também os pontos de intersecção e convergência entre a rotina e o cotidiano, sendo que a rotina está presente no cotidiano, mas que este não se reduz a ela. A investigação seguiu a abordagem qualitativa, sendo desenvolvida por meio da pesquisa bibliográfica. Para a construção teórica desse estudo tivemos as contribuições de Bezerra (2019); Barbosa (2006); Brasil (1990, 1996, 2010); Goiânia (2014); Oliveira (2005); Rodrigues (2009) e Siqueira e Borges (2020). Concluímos ao longo da investigação que a rotina é responsável pela organização do trabalho pedagógico cotidiano das instituições de educação infantil, e que ela desempenha um papel controlador, regulador e normatizador das atividades pedagógicas do dia-a-dia; trazem as situações da intimidade das pessoas da vida privada para a vida pública; são facilitadoras da construção das categorias de tempo e espaço; são filtros curriculares, bem como, representam os rituais das instituições de educação infantil. O estudo também nos indicou elementos para repensarmos as rotinas pedagógicas, que por vezes se apresentam homogeneizadas, repetitivas, fechadas e propícias à alienação. Isso acontece quando as rotinas não são discutidas, questionadas e analisadas pelos educadores da educação infantil juntamente com as crianças e corpo docente das instituições. Desse modo, a pesquisa nos apontou que é fundamental que as rotinas sejam flexíveis, inovadoras e abertas a mudanças sempre que houver necessidade de aprendizagem e desenvolvimento das crianças, para que assim, a rotina não se torne algo desinteressante e enfadonho de se vivenciar no cotidiano escolar.
Abstract: Routine is understood as a pedagogical category of early childhood education, which organizes daily collective life in environments such as day care centers or preschools. All those activities that are recurrent or reiterative in collective daily life are part of the routines. They don't have to be repetitive, that is, done the same every day. The routines in its constitution make use of elements that enable its manifestation, such as the organization of the environment, the uses of time, the selection and proposition of activities and the selection and construction of materials (BARBOSA, 2006). These elements prescribe the routines and define the way they should be thought, so they are used as standardizers of the pedagogical routines. Thus, the general objective of this study was to investigate the role of routine in the organization of daily life in early childhood education, in the specific objectives, we seek: to understand routines in early childhood education as a pedagogical category; understand the institutionalization process of childhood education and identify how standardized pedagogical routines were established and what would be the paths to rethink them. In this meaning, I emphasize the importance of this study for understanding the role of routine in the organization of daily life in early childhood education, considering the relevance of the theme in supporting new studies and enabling reflection on the role of routine in the context of children who attend the day care centers and preschools. The investigation followed the qualitative approach, being developed through bibliographic research. For the theoretical construction of this study we had the contributions of Bezerra (2019); Barbosa (2006); Brazil (1990, 1996, 2010); Goiânia (2014); Oliveira (2005); Rodrigues (2009) and Siqueira and Borges (2020). We conclude throughout the investigation that the routine is responsible for the organization of the daily pedagogical work of early childhood education institutions, and that it plays a controlling, regulating and normalizing role of the pedagogical activities of the day-to-day; bring the situations of intimacy of people from private life to public life; are facilitators of the construction of the categories of time and space; are curricular filters, as well as represent the rituals of early childhood education institutions. The study also indicated to us elements for rethinking pedagogical routines, which are sometimes homogenized, repetitive, closed and conducive to alienation. This happens when routines are not discussed, questioned and analyzed by early childhood education educators together with children and educational staff of institutions. Thus, the research pointed out that it is essential that routines be flexible, innovative and open to change whenever there is a need for learning and development of children, so that the routine does not become something uninteresting and boring to experience in the school routine.
Palavras-chave: Rotina
Cotidiano
Educação infantil
Organização pedagógica
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal de Goiás
Sigla da instituição: UFG
Unidade acadêmica: Faculdade de Educação - FE (RG)
Nome do curso: Pedagogia (RG)
Citação: OLIVEIRA, Mikaelly Ferraz de. O papel da rotina na organização do cotidiano da educação infantil. 2021. 42 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação) – Faculdade de Educação, Universidade Federal de Goiás, Goiânia, 2021.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/19903
Data de publicação: 7-Jun-2021
Aparece nas coleções:FE - Trabalhos de Conclusão de Curso

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
TCCG - Pedagogia - Mikaelly Ferraz de Oliveira - 2021.pdf531,07 kBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons