Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/19925
Tipo do documento: TCC
Título: Educação na modernidade: implicações políticas e filosóficas na formação humana
Título(s) alternativo(s): Eduaction in modernity: political and philosophical implications in human education
Autor: Jesus, Michele Carolina de
Primeiro orientador: Corbiniano, Simone Alexandre Martins
Primeiro membro da banca: Corbiniano, Simone Alexandre Martins
Bordignon, Talita Francieli
Resumo: Ao analisar a complexidade em que se apresenta a conjuntura da sociedade moderna, marcada pelas condições dadas pela ordem econômica e social vigente que contemplam o fenômeno da globalização, nota-se a reconfiguração das relações no âmbito da cultura, da política e consequentemente, da educação. Diante isso, essa pesquisa introdutória foi elaborada com o objetivo de proporcionar uma reflexão teórica sobre as problemáticas atuais da modernidade e suas expressões políticas, sociais e morais que repercutem nas relações humanas, bem como em seus desdobramentos na educação. Buscou-se apresentar os impactos de uma formação meramente técnica, superficial e aligeirada, articulada para submeter os indivíduos a lógica mercadológica, em oposição à uma ótica crítica e reflexionante dos fundamentos da educação como a Filosofia, a História e a Sociologia, para se pensar a educação ético-política no contexto da cultura moderna. A presente pesquisa é essencialmente de cunho bibliográfico. Foi realizado levantamentos de materiais bibliográficos com o propósito de conhecer a contribuição de alguns teóricos de grande relevância sobre o tema, analisando conceitos e articulando-os com o contexto atual. Entre os principais autores consultados para essa pesquisa estão o escritor brasileiro Milton Santos (2001), Bauman com a sua aprofundada crítica sobre as relações humanas e sociais na modernidade, Theodor W. Adorno (1995), com a obra Educação e Emancipação, Ildeu Coêlho, Demerval Saviani e outros. As conclusões explicitam que a educação e a escola na sociedade moderna cumprem basicamente as funções proporcionar uma formação meramente técnica para atender as exigências do mercado de trabalho, ao mesmo tempo que incute e reproduz a ideologia burguesa dominante. Dessa forma, há uma necessidade de se romper com a educação enquanto mera apropriação de instrumental técnico, que visa apenas a eficiência mercadológica, resgatando o sentido histórico, social e crítico da educação que consiste em, acima de tudo, humanizar os sujeitos, despertando-lhes a capacidade de tomar decisões conscientes baseadas na autorreflexão crítica, na razão e na ética, ao mesmo tempo possa prepará-los para a realidade concreta da vida.
Abstract: When analyzing the complexity in which the situation of modern society presents itself, marked by the conditions given by the current economic and social order that contemplate the phenomenon of globalization, it is noticed the reconfiguration of relations in the context of culture, politics and, consequently, of the education. In view of it, this introductory research was designed with the aim of providing a theoretical reflection on the current issues of modernity and its political, social and moral expressions that affect human relationships, as well as their consequences in education. We sought to present the impacts of a merely technical, superficial and lightened training, articulated to submit individuals to the marketing logic, as opposed to a critical and reflective view of the fundamentals of education such as Philosophy, History and Sociology, to think ethical-political education in the context of modern culture. This research is essentially bibliographical in nature. Surveys of bibliographic materials were carried out with the purpose of knowing the contribution of some theorists of great relevance on the subject, analyzing concepts and articulating them with the current context. Among the main authors consulted for this research are the Brazilian writer Milton Santos (2001); Bauman, with his in-depth criticism of human and social relations in modernity; Theodor W. Adorno (1995), with his work “Educação e Emancipação”; Ildeu Coêlho, Demerval Saviani and others. The conclusions explain that education and school in modern society basically fulfill the functions of providing merely technical training to meet the demands of the labor market, while instilling and reproducing the dominant bourgeois ideology. Thus, there is a need to break with education as a mere appropriation of technical instruments, which aims only at market efficiency, rescuing the historical, social and critical sense of education that consists, above all, of humanizing subjects, awakening them. Give them the ability to make conscious decisions based on critical self-reflection, reason and ethics, and at the same time prepare them for the concrete reality of life.
Palavras-chave: Educação
Formação humana
Modernidade
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal de Goiás
Sigla da instituição: UFG
Unidade acadêmica: Faculdade de Educação - FE (RG)
Nome do curso: Pedagogia (RG)
Citação: JESUS, Michele Carolina. Educação na modernidade: implicações políticas e filosóficas na formação humana. 2021. 40 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação) – Faculdade de Educação, Universidade Federal de Goiás, Goiânia, 2021.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/19925
Data de publicação: 10-Jun-2021
Aparece nas coleções:FE - Trabalhos de Conclusão de Curso

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
TCCG - Pedagogia - Michele Carolina de Jesus - 2021.pdf520,17 kBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons