Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/19939
Tipo do documento: TCC
Título: A sublimação e suas vicissitudes
Título(s) alternativo(s): The sublimation and its vicissitudes
Autor: Martins, Lucas George Rezende
Primeiro orientador: Soares, Renata Leite
Primeiro membro da banca: Soares, Renata Leite
Sampaio, Eloy San Carlo Maximo
Resumo: Neste trabalho, se discute o conceito da sublimação a partir da pesquisa bibliográfica das principais obras de Freud onde o conceito aparece sendo vinculado a conceitos centrais da psicanálise como pulsão, fantasia, sintoma, arte entre outros. Para tal, busca-se compreender a forma como Freud apresenta e define o que é sublimação, sintoma, pulsão e fantasia. Se discute acerca da vida psíquica do indivíduo permeada pelo conflito entre a pulsão e a cultura. Resta ao sujeito a renúncia de suas pulsões e formas substitutivas de satisfaze-las. Dentre as diversas formas substitutivas, está a sublimação, processo através do qual a pulsão é transformada e direcionada a objetos socialmente valorizados, como o trabalho e a arte. É nesse âmbito que se insere a arte como emblema do processo sublimatório, onde, para lidar com a falta, o indivíduo cria para si um novo objeto no qual investe sua libido e encontra satisfação para o desejo, mesmo que de forma substitutiva. A descoberta fundamental deste trabalho é a de que a sublimação não exclui a possibilidade de o sujeito entrar em contato com o sofrimento. Dessa forma, não se pode pensar a sublimação como uma resposta definitiva ao sofrimento do sujeito, mas uma das respostas que lhe permite obter prazer através do alívio das tensões intrínsecas da relação entre o indivíduo e a cultura.
Abstract: In this paper, the concept of sublimation is discussed as from the bibliographical research of the main works of Freud, where the concept appears being linked to central concepts of psychoanalysis such as drive, fantasy, symptom, art, among others. To this end, seeks to understand the way Freud presents and defines what is sublimation, symptom, drive and fantasy. The individual's psychic life permeated by the conflict between drive and culture is also discussed about. It remains for the subject the renunciation of his drives and substitutive ways to satisfy them. Among the various forms, there is sublimation, a process through which the drive is transformed and directed to socially valued objects, such as work and art. It is in this context that art is inserted as an emblem of the sublimatory process, where, to deal with the lack, the individual creates for himself a new object in which to invest his libido and find satisfaction for the desire, even if in a substitutive way. The fundamental discovery of this work is that sublimation does not exclude the possibility of the subject coming into contact with suffering. In this way, sublimation cannot be thought of as a definitive response to the subject's suffering, but one of the responses that allows him to obtain pleasure by relieving the intrinsic tensions of the relationship between the individual and culture.
Palavras-chave: Sublimação
Pulsão
Arte
Sintoma
Fantasia
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal de Goiás
Sigla da instituição: UFG
Unidade acadêmica: Faculdade de Educação - FE (RG)
Nome do curso: Psicologia (RG)
Citação: MARTINS, Lucas George Rezende. A sublimação e suas vicissitudes. 2021. 46 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação) – Faculdade de Educação, Universidade Federal de Goiás, Goiânia, 2021.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/19939
Data de publicação: 11-Jun-2021
Aparece nas coleções:FE - Trabalhos de Conclusão de Curso

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
TCCG - Psicologia - Lucas George Rezende Martins - 2021.pdf420,47 kBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons