Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/19963
Tipo do documento: Artigo
Título: Manoel de Barros: sem margens com as palavras
Autor: Silva, Célia Sebastiana
Resumo: Este artigo pretende mostrar como o poeta Manoel de Barros exerce o poder de criar, por meio do discurso poético, um universo próprio e também como ele desenvolve temas caros à lírica moderna, a exemplo do diálogo com a tradição literária, do caráter auto-reflexivo da poesia, dos desdobramentos do sujeito lírico em diferentes eus, da estética do fragmentário, da negatividade e da identificação com os seres mais ínfimos. Será tomada como corpus de análise, de forma mais específica, a obra ‘Retrato do artista quando coisa’, além de outros textos do conjunto da obra do poeta pantaneiro.
Palavras-chave: Lírica moderna
Manoel de Barros
Tradição literária
Linguagem
País: Brasil
Unidade acadêmica: Centro de Ensino e Pesquisa aplicada à Educação - CEPAE (RG)
Citação: SILVA, Célia Sebastiana. Manoel de Barros: sem margens com as palavras. Fragmentos de Cultura, Goiânia, v. 19, n. 7/8, p. 541-550, jul./ago. 2009.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Identificador do documento: 10.18224/frag.v19i4.1078
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
Identificador do documento: 10.18224/frag.v19i4.1078
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/19963
Data de publicação: Ago-2009
Aparece nas coleções:CEPAE - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Artigo - Célia Sebastiana Silva - 2009.pdf98,37 kBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons