Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/20011
Tipo do documento: Artigo
Título: O “imperativo da aplicação” na formação de professores de línguas: uma discussão sobre psicanálise e universidade
Título(s) alternativo(s): The “imperative of application” in the education of language teachers: a discussion about psychoanalysis and university
Autor: Murce Filho, Newton Freire
Resumo: O objetivo deste artigo é discutir o papel dos estudos da linguagem que levam em conta uma perspectiva psicanalítica nas vertentes freudiana e lacaniana dentro da Universidade. Para isso, a formação de professores de línguas é examinada com foco em dois problemas principais: a desconsideração da importância da linguagem na constituição do sujeito e a dicotomia entre teoria e prática. Partindo de uma experiência docente vivida pelo próprio pesquisador, esta investigação, de natureza bibliográfica, apoia-se em estudos que discutem a complexidade da questão da aprendizagem de língua estrangeira, a relação entre língua materna e língua estrangeira, o papel da linguagem na constituição do sujeito e a relação entre teoria e prática no campo da formação de professores de línguas. O estudo sugere que, na Universidade, aparentemente se desconsidera a complexidade e a importância dessas questões apontadas por uma perspectiva psicanalítica, e que, na relação entre teoria e prática no campo da formação de professores de línguas, destaca-se a primazia da segunda em relação à primeira, o que conduz ao que se chama de o “imperativo da aplicação”. Palavras-chave: formação de professores; psicanálise; Universidade; teoria-prática.
Abstract: Lacanian psychoanalytic perspective within the University. To do so, the education of language teachers is examined with a focus on two particular problems: disregard for the importance of language in the constitution of the subject and the dichotomy between theory and practice. Starting from the researcher’s own teaching experience, this bibliographical study is supported by earlier works which discuss the complexity involved in foreign language learning, the relationship between mother tongue and foreign language, the role of language in the constitution of the subject and the relationship between theory and practice in the language teacher education field. The study would suggest that the complexity and importance of these issues, highlighted by a psychoanalytical perspective, are disregarded at the University. As far as the relationship between theory and practice in the language teacher education field is concerned, emphasis is given to the latter, which leads to what is called “the imperative of application”.
Palavras-chave: Formação de professores
Education of teachers
Psicanálise
Teoria-prática
Universidade
Psychoanalysis
University
Theory-practice
País: Brasil
Unidade acadêmica: Centro de Ensino e Pesquisa aplicada à Educação - CEPAE (RG)
Citação: MURCE FILHO, Newton Freire. O “imperativo da aplicação” na formação de professores de línguas: uma discussão sobre psicanálise e universidade. Trabalhos em Linguística Aplicada, Campinas, v. 52, n. 1, p. 93-105, jun. 2013.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Identificador do documento: 10.1590/S0103-18132013000100006
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
Identificador do documento: 10.1590/S0103-18132013000100006
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/20011
Data de publicação: Jun-2013
Aparece nas coleções:CEPAE - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Artigo - Newton Freire Murce Filho - 2013.pdf533,32 kBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons