Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/20462
Tipo do documento: Artigo
Título: A trajetória da personagem surdocega “Michelle” no filme Black pelo viés da filosofia linguística: do estado de indivíduo ao de sujeito
Título(s) alternativo(s): The trajectory of character deaf-blind “Michelle” in movie Black trough the linguistic filosophy look: from status of individual to the subject
El trayectorio del carácter sordo-ciego “Michelle” en película Black a través de la mirada lingüística filosofía: del estado del individual al sujeto
Autor: Cruz, Mauricio Moreira da
Silva Filho, Ernandes da
Milani, Sebastiao Elias
Cândido, Gláucia Vieira
Resumo: Este estudo objetiva observar e descrever a trajetória linguís tica de “Michelle”, do filme Black, personagem que parte de um estado animal ao estado humano. Para tanto, a discussão, acerca de indivíduo e de sujeito, fundamenta-se em Condillac, Humboldt, Whitney, Saussure, Sapir, Chomsky, Herder, Bloomfield e Platão. Paralelo aos teóricos estáa trajetória de “Michelle”, que inicialmente é oprimida pela falta de en tendimento de mundo ao seu redor, depois passa pelo aprendizado da língua e, finalmente, ao domínio da língua, ritmando-se rumo à coletivi dade. Foi possível constatar certa correspondência entre as discussões filosóficas e linguísticas e a referida obra cinematográfica.
Abstract: This study observes anddescribes the linguistic trajectory of “Michelly”, from movie Black, character who starts from an animal status, to human status. For this, the discussion about individual and subject is grounded in Condilac, Humboldt, Whitney, Saussure, Sapir, Chomsky, Herder, Bloomfield and Platão. Related with theorics, is “Michelly”’s trajectory, who in beginning was oppressed by fault of disagreement of world in your round, then pass through the learning of language, and finally to the language domain, going to the collectivity. It was possible to see a possible equivalence between philosophical and linguistic discussions and the cinematographic work referred.
Este estudio observa y describe la trayectoria lingüística de “Michelly”, de película Black, personaje que parte de un estado animal, a un humano. Para esto, la discusión sobre individuo y sujeto se basa en Condilac, Humboldt, Whitney, Saussure, Sapir, Chomsky, Herder, Bloomfield y Platão. Relacionado con la teoría es la trayectoria de “Michelly”, quien inicialmente es oprimido por la falta de comprensión del mundo en su ronda, luego pasa por el aprendizaje del lenguaje y finalmente al dominio del idioma, yendo a coletividad. Fue posible ver una posible equivalencia entre las discusiones filosóficas y lingüísticas y el trabajo cinematográfico referido.
Palavras-chave: Sujeito
Indivíduo
Historiografia
Filosofia linguística
Subject
Individual
Historiography
Linguisticsphilosophy
Sujeto
Filosofía lingüística
Individual
Historiografía
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal de Goiás
Sigla da instituição: UFG
Unidade acadêmica: Faculdade de Letras - FL (RG)
Citação: CRUZ, Maurício Moreira da Cruz Moreira; SILVA FILHO, Ernandes da; MILANI, Sebastião Elias; CÂNDIDO, Gláucia Vieira. A trajetória da personagem surdocega “Michelle” no filme Black pelo viés da filosofia linguística: do estado de indivíduo ao de sujeito. Signótica, Goiânia, v. 32, e61749, 2021. Disponível em: https://www.revistas.ufg.br/sig/article/view/61749.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Identificador do documento: 10.5216/sig.v32.61749
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
Identificador do documento: 10.5216/sig.v32.61749
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/20462
Data de publicação: 12-Mar-2020
Aparece nas coleções:FL - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Artigo - Maurício Moreira da Cruz Moreira Cruz - 2020.pdf222,15 kBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons