Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/219
Tipo do documento: Artigo publicado em periódico científico
Título: Análise sócio-ambiental da região do corredor Paranã-Pireneus – Estado de Goiás
Título(s) alternativo(s): Social-environmental analysis in the Paranã-Pireneus corridor – State of Goiás, Brazil
Autor: Ribeiro, Flávia C.
Vilela, Cristiane da C.
Kowata, Fátima M.
Ferreira, Manuel E.
Abstract: A savana brasileira, localmente conhecida como Cerrado, tem sido caracterizada como um dos ecossistemas mais ameaçados do mundo em termos de biodiversidade, com grande parte da área original convertida em atividades como a pastagem e a agricultura. Diante deste passivo ambiental, a criação de corredores ecológicos tem-se mostrado como uma das alternativas para preservar este ecossistema. Em Goiás, estado onde o Cerrado possui a sua maior representação, encontra-se em fase de criação o Corredor Ecológico Paranã -Pireneus, certamente uma das últimas áreas naturais com viabilidade ecológica no bioma Cerrado. Assim, neste trabalho realizamos uma caracterização sócio-ambiental do Corredor Ecológico Paraná-Pireneus, situado na porção nordeste do Estado de Goiás, com uma área aproximada de 66.000 km2. Dentre os resultados principais, apenas 17 municípios no corredor ecológico, de um total de 34, apresentam mais de 50% de remanescentes de Cerrado. No período de 2001 a 2006, os municípios de Cavalcante e Formosa foram os que mais apresentaram alertas de desmatamentos na área de estudo. Em dissonância com o ainda razoável percentual de Cerrado no corredor, esta área apresenta o menor índice de desenvolvimento humano (0,68) quando comparado com as médias estadual (0,73) e nacional (0,74). _______________________________________________________________________________________________________________________ ABSTRACT _______________________________________________________________________________________________________________________ The Brazilian savanna,locally known as Cerrado, has been characterized as one of threatened ecosystems in the world in terms of its high biodiversity, with a significant part of area converted into anthropic classes like pasture and agriculture. Ahead of this liability, the creation of ecological corridors has been considered as one of the alternatives to preserve this ecosystem. In Goiás, state with the major representation of Cerrado in Brazil, the Paranã-Pireneus Ecological corridor was created, certainly one of the last natural areas with ecological viability in the Cerrado biome. In this work we carryout a socialenvironmental characterization of the Paranã-Pireneus Ecological corridor, situated in the northeast portion of the State of Goiás, with an approach area of 66,000 km2. Amongst the main results, only 17 municipalities units in the ecological corridor (total of 34) present 50% of remnant native vegetation. In the period of 2001 to 2006, the Cavalcante and Formosa municipalities appear with the greater part of deforestations alerts. In disagreement with a still elevated occurrence of native vegetation, the study area presents a lower Human Development Index (0.68) when compared with the state average (0.73) and national average (0.74).
Citação: RIBEIRO, Flávia C.; VILELA, Cristiane da C.; KOWATA, Fátima M.; FERREIRA, Manuel E.. Análise sócio-ambiental da região do corredor Paranã-Pireneus – Estado de Goiás, Boletim Goiano de Geografia, Goiânia, GO, v. 27, n. 3, 2007. Disponível em: <http://www.revistas.ufg.br/index.php/bgg/article/view/3974/3594>.
Tipo de acesso: Open Access
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/219
Data de publicação: Out-2007
Aparece nas coleções:IESA - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
analise_socio_ambient_regiao.pdf2,78 MBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons