Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/4096
Tipo do documento: Artigo
Título: Inquérito sorológico para toxoplasma gondii em mamíferos neotropicais mantidosno centro de triagem de animais silvestres, Goiânia, Goiás
Título(s) alternativo(s): Serological survey of Toxoplasma gondii infection in neotropical mammals kept in captivity at the Triage Center for Wild Animals in Goiás State, Brazil
Autor: Carneiro, Bruno Ferreira
Miranda, Marina Mendonça de
Silveira Neto, Osvaldo José da
Linhares, Guido Fontgalland Coelho
Araújo, Luciana Batalha de Miranda
Resumo: A toxoplasmose é uma das doenças mais difundidas e prevalentes no mundo, até mesmo na fauna selvagem, em animais em vida livre e em cativeiro. É uma das infecções parasitárias mais bem estudadas por sua importância médica e veterinária. No estado de Goiás, não existem muitos relatos de estudos sobre a toxoplasmose em animais, especialmente em animais silvestres. O presente estudo teve como objetivo pesquisar a presença de anticorpos anti-Toxoplasma gondii em algumas espécies de mamíferos neotropicais mantidos em cativeiro no Centro de Triagem de Animais Silvestres do Estado de Goiás (CETAS-GO). Para tanto, foram colhidas amostras sanguíneas de 70 animais, adultos e jovens, de ambos os sexos, incluindo: 2 gatos-do-mato-pequenos (Leopardus tigrinus), 1 jaguatirica (Leopardus pardalis), 1 gato-palheiro (Leopardus colocolo), 7 pumas (Puma concolor), 13 cachorros-do-mato (Cerdocyon thous), 1 raposa-do-campo (Lycalopex vetulus), 7 quatis (Nasua nasua), 1 bugio-de-mão-ruiva (Alouatta belzebul), 10 bugios (Alouatta caraya), 10 macacos-prego (Cebus libidinosus), 4 saguis-de-tufo-preto (Callithrix penicillata), 1 cuxiú (Chiropotes satanas), 6 tamanduás-bandeira (Myrmecophaga trydactila), 2 tamanduás-mirins (Tamandua tetradactyla) e 4 capivaras (Hydrochoerus hydrochaeris). A pesquisa de anticorpos anti-Toxoplasma gondii foi realizada pelo teste de aglutinação modificado (MAT). Dos 70 mamíferos neotropicais, apenas 2 indivíduos (2,8%) se mostraram positivos ─ um macaco-prego (Cebus libidinosus) e um cachorro-do-mato (Cerdocyon thous) ─ e a titulação encontrada foi de 1/256 em macaco-prego (C. libidinosus) e 1/64 em cachorrodo-mato (C. thous). Os resultados salientam a importância de um estudo mais aprofundado sobre a infecção pelo Toxoplasma gondii em mamíferos neotropicais.
Abstract: Toxoplasmosis is one of the most widespread and prevalent diseases worldwide, including among wild, free-living and captive animals. It is one of the most widely studied parasitic infections due to its medical and veterinary importance. In the State of Goiás, Central Brazil, there are not many reports on studies dealing with toxoplasmosis in animals, especially in wild animals. The current study aimed to look for the presence of anti-Toxoplasma gondii antibodies in some species of tropical mammals kept in captivity in the Triage Center for Wild Animals in Goiás State (Centro de Triagem de Animais Silvestres do Estado de Goiás; CETAS-GO). For this purpose, blood samples were collected from 70 animals, adults and young, of both sexes, including: two oncillas (Leopardus tigrinus); one ocelot (Leopardus pardalis); one pampas cat (Leopardus colocolo); seven cougars (Puma concolor); 13 crab-eating foxes (Cerdocyon thous); one hoary fox (Lycalopex vetulus); seven coatis (Nasua nasua); one red-handed howler monkey (Alouatta belzebul); ten black howler monkeys (Alouatta caraya); ten bearded capuchins (Cebus libidinosus); four black-tufted marmosets (Callithrix penicillata); one black bearded saki (Chiropotes satanas); six giant anteaters (Myrmecophaga tridactyla); two lesser anteaters (Tamandua tetradactyla) and four capybaras (Hydrochoerus hydrochaeris). Research for anti-Toxoplasma gondii antibodies was carried out by the modified agglutination test (MAT). Of the 70 neotropical mammals, only two individuals (2.8%) tested positive, and these were one bearded capuchin (Cebus libidinosus) and one crab-eating fox (Cerdocyon thous). The titer found was 1/256 in the bearded capuchin (C. libidinosus) and 1/64 in the crab-eating fox (C. thous). The results highlight the importance of a deeper study of infection by T. gondii in neotropical mammals.
Palavras-chave: Carnívora
Primates
Sorologia
Rodentia
Xenarthra
País: brasil
Instituição: Ruy de Souza Lino Junior
Sigla da instituição: UFG
Unidade acadêmica: Instituto de Patologia Tropical e Saúde Pública (IPTSP) da Universidade Federal de Goiás
Citação: CARNEIRO, Bruno Ferreira; MIRANDA, Marina Mendonça de; SILVEIRA NETO, Osvaldo José da; LINHARES, Guido Fontgalland Coelho; ARAÚJO, Luciana Batalha de Miranda. Inquérito sorológico para toxoplasma gondii em mamíferos neotropicais mantidosno centro de triagem de animais silvestres, Goiânia, Goiás. Revista Patologia Tropical, Goiânia, GO, v. 43, n.1, p. 69-78, 2014. Disponível em: <http://www.revistas.ufg.br/index.php/iptsp/article/view/29373>.
Tipo de acesso: Acesso aberto
Identificador do documento: doi: 10.5216/rpt.v43i1.29373
e- 0301-0406
Identificador do documento: doi: 10.5216/rpt.v43i1.29373
e- 0301-0406
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/4096
Data de publicação: 10-Mar-2014
Aparece nas coleções:IPTSP - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
29373-123912-2-PB.pdf227,92 kBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.