Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/4249
Tipo do documento: Artigo
Título: Bastonetes Gram-negativos em úlceras venosas e implicações para o atendimento de enfermagem na atenção primária
Título(s) alternativo(s): Gram-negative rods in venous ulcers and implications for primary care nursing care
Bacilos Gram-negativos en úlceras venosas, implicancias para la atención de enfermería en la atención primaria
Autor: Santos, Silvana de Lima Vieira dos
Martins, Marlene Andrade
Vasconcelos, Lara Stefânia Netto de Oliveira Leão
Lima, Ana Beatriz Mori
Malaquias, Suelen Gomes
Bachion, Maria Márcia
Resumo: Estudo transversal descritivo em pacientes com úlceras venosas de difícil cicatrização, cujos objetivos foram identificar a prevalência de bastonetes Gram-negativos (BGN) em úlceras venosas com sinais clínicos de infecção; analisar o perfil de suscetibilidade destes e detectar a produção de ESBL, AmpC e metalo-β-lactamase. Nesta amostra, identificaram-se 69 pessoas. A coleta foi realizada mediante entrevista, exame clínico, registro fotográfico e swab das lesões. Os espécimes foram submetidos à avaliação laboratorial para análise microbiológica. Foram avaliadas 98 lesões, sendo isolados BGN em 74,5%. Prevaleceram P. aeruginosa e Escherichia coli. Os micro-organismos foram sensíveis à maioria dos antimicrobianos. Em relação à resistência, destacaram-se tetraciclina e cefoxitina. ESBL não foi detectada, AmpC foi verificada em 37,5% no grupo CESP e a metalo-β-lactamase em 8,0% das P. aeruginosa. O estudo indica a necessidade de vigilância microbiológica para os pacientes com úlceras venosas com processo cicatricial de difícil evolução.
Abstract: A descriptive cross-sectional study in patients with hard-to-heal venous ulcers, whose objective is to identify the prevalence of Gram-negative rods (GNR) in venous ulcers presenting clinical signs of infection; analyze the susceptibility profile of such ulcers and detect ESBL, AmpC and metallo-β-lactamase production. We identified 69 individuals. The samples were gathered by means of an interview, clinical exam, photographic record and a swab of the lesions. Specimens were submitted to laboratorial evaluation for microbiological analysis. A total of 98 lesions were evaluated, of which BGN presented in 74.5%. There was a prevalence of P. aeruginosa and Escherichia coli. The mircoorganisms were sensitive to most antimicrobials. In terms of resistance, tetracycline and cefoxitine were discarded. ESBL was not detected; AmpC was verified in 37.5% of the CESP group and metalo-β-lactamase in 8.0% of P. aeruginosa. Our study points to the need for microbiological vigilance of patients with hard-to-heal venous ulcers.
Estudio transversal descriptivo en pacientes con úlceras venosas de difícil cicatrización, objetivando identificar la prevalencia de bacilos Gram-negativos (BGN) en ulceras venosas con signos clínicos de infección; analizar su perfil de susceptibilidad y detectar la producción de ESBL, AmpC y metalo-β-lactamasa. Fueron identificadas 69 personas. Datos recolectados mediante entrevista, examen clínico, registro fotográfico y swab de lesiones. Los especímenes fueron sometidos a evaluación laboratorial para análisis microbiológico. Fueron evaluadas 98 lesiones, aislándose BGN en 74,5%. Prevalecieron P. aeruginosa y Escherichia coli. Los microorganismos fueron sensibles a la mayoría de antimicrobianos. Respecto a resistencia, se destacó la misma respecto de tetraciclina y cefoxitina. No se detectó ESBL, se verificó AmpC en 37,5% en el grupo CESP y la metalo-βlactamasa en 8,0% de las P. aeruginosa. El estudio indica necesidad de vigilancia microbiológica para pacientes con úlceras venosas con proceso cicatricial de difícil evolución.
Palavras-chave: Úlcera varicosa
Análise microbiológica
Atenção primária à saúde
Cuidados de enfermagem
Varicose ulcer
Microbiological analysis
Primary health care
Nursing care
Análisis microbiológico
Atención primaria de salud
Atención de enfermería
País: brasil
Instituição: Marcelo Medeiros
Sigla da instituição: UFG
Unidade acadêmica: Faculdade de Enfermagem - FEN (RG)
Citação: SANTOS, Silvana de Lima Vieira dos; MARTINS, Marlene Andrade; VASCONCELOS, Lara Stefânia Netto de Oliveira Leão; LIMA, Ana Beatriz Mori; MALAQUIAS, Suelen Gomes; BACHION, Maria Márcia. Bastonetes Gram-negativos em úlceras venosas e implicações para o atendimento de enfermagem na atenção primária. Revista Eletrônica de Enfermagem, Goiânia, GO, v.16, n.2, p. 370-377, abr./jun. 2014. Disponível em: < http://www.revistas.ufg.br/index.php/fen/article/view/24670>.
Tipo de acesso: Acesso aberto
Identificador do documento: doi: 10.5216/ree.v16i2.24670.
Identificador do documento: doi: 10.5216/ree.v16i2.24670.
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/4249
Data de publicação: 30-Jun-2014
Aparece nas coleções:FEN - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
24670-136205-2-PB.pdfRevista Eletrônica de Enfermagem. Silvana de Lima Vieira dos Santos. 1,32 MBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.