Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/4373
Tipo do documento: Monografia
Título: Desafios da comunicação interna: um estudo de caso do Sistema Federação das Indústrias do Estado de Goiás
Autor: Moreno, Isaura Carrijo Artiaga
Primeiro orientador: Pereira, Silvana Coleta Santos
Primeiro membro da banca: Pereira, Silvana Coleta Santos
Silva, Magno Luiz Medeiros da
Resumo: O amadurecimento da comunicação empresarial representa um grande passo para a aproximação do segmento com os processos estratégicos que envolvem a área de gestão nas organizações. Essa mudança foi determinante para que as atividades de comunicação abandonassem o caráter de improvisação e passassem a ser planejadas em conjunto com todas as áreas da empresa. Atrelada à gestão, e sob a perspectiva de uma comunicação integrada, a área ganhou espaço e deixou de ser considerada elemento supérfluo nas organizações. Justifica-se dessa forma a realização desse trabalho ao considerarmos que na visão atual, a comunicação tem o propósito de permear toda a organização, servindo de suporte para que ela alcance suas metas e objetivos internos e externos. Para que isso ocorra de forma eficaz tornase necessário que as organizações saibam lidar com seus diversos públicos, utilizando-se para isso de recursos específicos. Dessa forma, o presente trabalho promove uma reflexão sobre as principais dificuldades enfrentadas pelas organizações para promover essa comunicação, em especial a comunicação interna. Por meio do estudo de caso aliado à observação participante, foram analisadas as ferramentas utilizadas pela assessoria de comunicação do Sistema Federação das Indústrias do Estado de Goiás, na tentativa de verificar se em algum momento a inadequação do seu uso poderia representar entrave ao processo de comunicação eficaz. Com o estudo em questão foi possível verificar que o uso conjunto das ferramentas representa elemento indispensável na comunicação, já que cada uma atende de forma específica a determinada situação ou necessidade. Cabe observar ainda que apesar de a tecnologia abarcar grande parte das comunicações dentro das organizações nos dias atuais, é imprescindível a existência do relacionamento interpessoal, pelo contato direto, face a face, como forma de potencializar e humanizar a comunicação, fortalecendo a prática da troca e do diálogo, razão principal da sua existência.
O amadurecimento da comunicação empresarial representa um grande passo para a aproximação do segmento com os processos estratégicos que envolvem a área de gestão nas organizações. Essa mudança foi determinante para que as atividades de comunicação abandonassem o caráter de improvisação e passassem a ser planejadas em conjunto com todas as áreas da empresa. Atrelada à gestão, e sob a perspectiva de uma comunicação integrada, a área ganhou espaço e deixou de ser considerada elemento supérfluo nas organizações. Justifica-se dessa forma a realização desse trabalho ao considerarmos que na visão atual, a comunicação tem o propósito de permear toda a organização, servindo de suporte para que ela alcance suas metas e objetivos internos e externos. Para que isso ocorra de forma eficaz tornase necessário que as organizações saibam lidar com seus diversos públicos, utilizando-se para isso de recursos específicos. Dessa forma, o presente trabalho promove uma reflexão sobre as principais dificuldades enfrentadas pelas organizações para promover essa comunicação, em especial a comunicação interna. Por meio do estudo de caso aliado à observação participante, foram analisadas as ferramentas utilizadas pela assessoria de comunicação do Sistema Federação das Indústrias do Estado de Goiás, na tentativa de verificar se em algum momento a inadequação do seu uso poderia representar entrave ao processo de comunicação eficaz. Com o estudo em questão foi possível verificar que o uso conjunto das ferramentas representa elemento indispensável na comunicação, já que cada uma atende de forma específica a determinada situação ou necessidade. Cabe observar ainda que apesar de a tecnologia abarcar grande parte das comunicações dentro das organizações nos dias atuais, é imprescindível a existência do relacionamento interpessoal, pelo contato direto, face a face, como forma de potencializar e humanizar a comunicação, fortalecendo a prática da troca e do diálogo, razão principal da sua existência.
Abstract: The maturing of enterprise communication represents a considerable leap towards narrowing the distance among that segment and the strategic processes related to organizational management. This shift was determinant for communication activities to abandon their improvisational profiles, and start being planed organically across all areas of the enterprise. Bound to management, and under the perspective of integrated communication, the area ceased to be deemed a superfluous good within corporations. Justified is, then, the energy and time spent in this work, once we consider that according to the contemporary point of view, communication has the purpose of permeating organizations as a whole, working as a cornerstone through which enterprises can reach their internally and externally visible goals. For it to be acomplished efficiently though, it becomes necessary that corporations know how to deal with a wide gamut of customers, making use of specific resources. This way, the present work fosters a scrutinization of the main dificulties faced by organizations to promote communication, specially in its internal facet. Making use of a case study and through participating observation, there have been analised the tools used by the public relations staff of the Sistema Federação das Indústrias do Estado de Goiás, in the will of checking if anywhere in time their misuse might have stand as an impeachment to an efficient communication process. By the end of this analysis, the foundations laid allowed us to state that the mutual use of tools comprehends an indispensable element of communication, for each and every one of them services certain situation or need. Besides, it becomes worth noting that, albeit nowadays technology takes part in a bulky amount of communication activities within corporations, it remains essential the existence of interpersonal relationships, kept by direct contact, face to face, as a way to potentialize and humanitize the communication, strengthening the practice of exchange and dialogue, being those the chief reasons of its very existence.
Palavras-chave: Comunicação interna
Comunicação empresarial
Sistema Federação das Indústrias do Estado de Goiás
País: brasil
Instituição: Universidade Federal de Goiás
Sigla da instituição: UFG
Unidade acadêmica: Faculdade de Informação e Comunicação (RG)
Nome do curso: Jornalismo (RG)
Citação: MORENO, Isaura Carrijo Artiaga. Desafios da comunicação interna: um estudo de caso do Sistema Federação das Indústrias do Estado de Goiás. 2008. 89 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação) – Faculdade de Informação e Comunicação, Universidade Federal de Goiás, Goiânia, 2008.
Tipo de acesso: Acesso aberto
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/4373
Data de publicação: 2008
Aparece nas coleções:FIC - Trabalhos de Conclusão de Curso

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
TCCG - Jornalismo - Isaura Carrijo.pdfTrabalho de Conclusão de Curso - Artigo Principal3,35 MBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons