Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/4450
Tipo do documento: Monografia
Título: Como a narrativa clássica do cinema é utilizada na construção de Kill Bill
Autor: Chaveiro, Antonio Erasmo Queiroz
Primeiro orientador: França, Maria Elisa
Resumo: A narrativa clássica é uma escola fílmica utilizada por muitos cineastas para a construção de seus filmes. Por meio dela são desenvolvidas inúmeras estórias repletas de tramas, bandidagens e romances, as quais exercem grande poder sobre os espectadores. Esta escola tem como pilar a bipolaridade entre o bem e o mal, a falta de densidade dos personagens e a riqueza de cenas. Assim como outros cineastas, Quentin Tarantino utilizou dessa escola para a construção de seu 4º filme, Kill Bill. Este trabalho busca analisar como e até que ponto esse diretor de cinema recorreu à narrativa clássica para construir sua obra; quais os planos de filmagem e quais os recursos fílmicos foram utilizados. A partir desta análise pode-se avaliar se Kill Bill é um melodrama “maquiado” ou possui um estilo próprio.
País: brasil
Instituição: Universidade Federal de Goiás
Sigla da instituição: UFG
Unidade acadêmica: Faculdade de Informação e Comunicação (RG)
Nome do curso: Jornalismo (RG)
Citação: CHAVEIRO, Antonio Erasmo Queiroz. Como a narrativa clássica do cinema é utilizada na construção de Kill Bill. 2005. 29 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação)–Faculdade de Informação e Comunicação, Universidade Federal de Goiás, Goiânia, 2005.
Tipo de acesso: Acesso aberto
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/4450
Data de publicação: 2005
Aparece nas coleções:FIC - Trabalhos de Conclusão de Curso

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
TCCG - Jornalismo - Antonio Erasmo.pdfTrabalho de Conclusão de Curso - Artigo Principal188,53 kBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons