Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/4596
Tipo do documento: Monografia
Título: Corpo, indústria cultural e educação física: um olhar histórico acerca da ditadura da beleza do século XX aos dias atuais
Autor: Freitas, Maria Aparecida Silva Fernandes de
Primeiro orientador: Baptista, Tadeu João Ribeiro
Primeiro membro da banca: Baptista, Tadeu João Ribeiro
Resumo: A presente pesquisa traz como tema “Corpo, Indústria Cultural e Educação Física: Um Olhar Histórico acerca da Ditadura da Beleza do século XX aos dias atuais”, nesta buscamos investigar este universo ambíguo e complexo que acaba determinando e produzindo novos olhares e pensamentos sobre o corpo. Questiona-se então nesta pesquisa qual o papel da Educação Física e da Indústria Cultural na construção do corpo ideal que vem sendo disseminado no decorrer do século XX para atender as normas produtivas e mercadológicas do sistema capitalista. Objetiva-se analisar e compreender o modelo de corpo que vem sendo produzido e reproduzido como ideal, principalmente a partir de meados do século XX, bem como analisar a relação que vem se estabelecendo entre o modo de produção capitalista e a construção e fragmentação desse modelo de corpo que passa a ser visto como ideal; analisando até que ponto essa relação entre a educação física, indústria cultural, corpo e capitalismo acaba tornando a sociedade refém dessa ótica corporal estereotipada, que vem sendo produzida e reproduzida pela sociedade capitalista no decorrer do século XX. Para isso, se faz necessário analisar o corpo para além de seu território biológico, mas como um constructo sócio, histórico e cultural, como um espaço complexo e multidisciplinar que recebe em distintos momentos históricos diferentes concepções e significados que acabam tornando-o um artefato apresentável e aceitável para suprir as exigências sociais e mercadológicas, fazendo com que a moral da aparência se sobreponha a essência e a verdadeira identidade do ser. Assim, para analisar as diferentes concepções de corpos que vem sendo produzidas e reproduzidas no/pelo meio social, sobre influência massiva da Indústria Cultural, que acaba marcando o conceito de corpo belo pela razão da mercadoria, principalmente a partir de meados do século XX. Realizamos esta pesquisa por meio de uma análise das publicações feitas em quatro periódicos da Educação Física, onde realizamos um mapeamento de todos os volumes publicados. Os artigos foram selecionados por meio da análise de seus títulos, resumos, bem como pelo uso de palavras-chaves. Portanto, as reflexões aqui feitas partem da ideia fomentada pelo materialismo dialético, tendo como premissa a relação que vêm se estabelecendo entre o corpo, trabalho e capitalismo. Portanto, os dados identificados a partir da análise dos periódicos selecionados em comparação com os referenciais bibliográficos utilizados, demonstram que a Educação Física tornou-se uma ferramenta necessária para a construção do corpo tido como ideal e a Indústria Cultural tornou-se um forte veiculo disseminador, que aliena o indivíduo a buscar por um ideal de beleza, demonstrando a forma como este corpo é visto e produzido na/pela sociedade capitalista no decorrer do século XX, além de estimular o consumo este passa a ser tratado como uma mercadoria que acaba por determinar a forma como o corpo vem sendo compreendido e identificado por esta sociedade, ou seja, este assume uma identidade fabricada de um artefato de presença, um rascunho a ser corrigido, um objeto produzido de acordo com o gosto do momento.
Palavras-chave: Corpo
Indústria cultural
Educação física
Capitalismo
País: brasil
Instituição: Universidade Federal de Goiás
Sigla da instituição: UFG
Unidade acadêmica: Faculdade de Educação Física (RG)
Nome do curso: Educação Física (RG)
Citação: FREITAS, Maria Aparecida Silva Fernandes de. Corpo, indústria cultural e educação física: um olhar histórico acerca da ditadura da beleza do século XX aos dias atuais. 2013. 101 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação)–Faculdade de Educação Física, Universidade Federal de Goiás, Goiânia, 2013.
Tipo de acesso: Acesso aberto
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/4596
Data de publicação: 14-Dez-2013
Aparece nas coleções:FEFD - Trabalhos de Conclusão de Curso

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
TCCG – Educação Física - Maria Aparecida Silva Fernandes de Freitas.pdf671,46 kBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons