Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/53
Tipo do documento: Artigo publicado em periódico científico
Título: A etiopatogênese do processo de Restrição de Crescimento Intra-Uterino: um estudo bibliográfico
Título(s) alternativo(s): The etiopathogenesis of the Intra-Uterine Growth Restriction process: a bibliographical study
La etiopatogénesis del proceso de Restricción de Crecimiento Intrauterino: un estudio bibliográfico
Autor: Salge, Ana Karina Marques
Guimarães, Janaína Valadares
Corrêa, Rosana Rosa Miranda
Abstract: Revisão bibliográfica, realizada junto aos bancos de dados MEDLINE, SciELO, ScienceDirect e LILACS, com o objetivo de identificar a produção científica na área de saúde sobre os principais fatores envolvidos na etiopatogênese do processo de Restrição de Crescimento Intra- Uterino (RCIU), entre os anos de 1990 e 2008. A RCIU constitui a segunda causa de mortalidade perinatal. O recém-nascido com RCIU possui um aumento de duas a dez vezes nas porcentagens habituais de mortalidade perinatal e apresenta complicações associadas à prematuridade. A morbidade está diretamente relacionada às alterações metabólicas e imunológicas, desacelerações cardíacas, acidose fetal, baixo Índice de Apgar, hipóxia, hipoglicemia, hipotermia, asfixia, coagulação intravascular disseminada, hemorragia intracraniana e aspiração meconial. A identificação das principais alterações maternas, fetais e neonatais envolvidas no processo de RCIU é de fundamental importância para o planejamento de ações de prevenção e melhora da qualidade da assistência de enfermagem prestada às gestantes no pré-natal, pré-parto, parto e puerpério, bem como ao recém-nascido com RCIU durante o período neonatal. _______________________________________________________________________________________________________________________ ABSTRACT _______________________________________________________________________________________________________________________ Bibliographical review, carried through MEDLINE, SciELO, ScienceDirect and LILACS databases, with the objective of identify the scientific production in the health area about the involved factors in the etiopathogenesis of the Intra-Uterine Growth Restriction (IUGR), between 1990 and 2008. IUGR constitutes the second cause of perinatal mortality. The newborn with IUGR possess an increase of two to ten times more than the habitual percentages of perinatal mortality and presents complications associated to prematurity. The morbidity is directly related to metabolic and immunological alterations, cardiac decelerations, fetal acidosis, low Index of Apgar,hypoxia, hypoglycemia, hypothermia, asphyxia, disseminated intravascular coagulation, intracranial hemorrhage and meconial aspiration. The identification of the main maternal, fetal and neonatal alterations, involved in the RCIU process is of critical importance for the development of actions for prevent and improve the quality of the nursery assistance given to the pregnant women in prenatal, pre partum, birth and post partum periods, as well as for thenewborn with RCIU during the neonatal period.
Citação: SALGE, Ana Karina Marques; GUIMARÃES, Janaína Valadares; CORRÊA, Rosana Rosa Miranda. A etiopatogênese do processo de Restrição de Crescimento Intra-Uterino: um estudo bibliográfico. Revista Eletrônica de Enfermagem, v. 10, n. 1, jan./mar. 2008. Disponível em: <http://www.fen.ufg.br/revista/v10/n1/v10n1a19.htm>.
Tipo de acesso: Open Access
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/53
Data de publicação: 31-Mar-2008
Aparece nas coleções:FEN - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
etiopatogenese_v10n1a19.pdf52,22 kBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons