Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/tede/handle/tde/1259
Tipo do documento: Dissertação
Título: Efeitos tóxicos e genotóxicos do herbicida Roundup Transorb® em Guppy (Poecilia reticulata) submetido a tratamento agudo
Título(s) alternativo(s): Toxic effects and genotoxicity of Roundup Transorb® in Guppy(Poecilia reticulata) submitted to acute treatment
Autor: SOUZA FILHO, José de
Currículo Lattes do Autor: http://lattes.cnpq.br/2933698727928436
Primeiro orientador: SABÓIA-MORAIS, Simone Maria Teixeira de
Currículo Lattes do primeiro orientador: http://lattes.cnpq.br/6723881044959716
Resumo: Os efeitos de substâncias tóxicas, mutagênicas e genotóxica sobre órgãos-alvos e o genoma de peixes tem sido objeto de muitos estudos, sobretudo daqueles que buscam estabelecer respostas destes órgãos e dos genes aos estímulos ambientais. Estudos histopatológicos, mutagênicos, genotóxicos e em Poecilia reticulata (Guppy) foram motivados pela escassez de dados na literatura referente aos efeitos provocados pela formulação do herbicida Roundup Transorb®. Com tudo, pretendeu-se conhecer os efeitos produzidos por essa formulação que é bastante utilizada no Centro-Oeste do país. O presente trabalho teve como objetivo avaliar a ação tóxica, mutagênica e genotóxica do herbicida R. Transorb® em fígado, brânquia e eritrócito do guppy, calculando a CL50 e aplicando Teste de Micronúcleo (MN) e Ensaio Cometa (EC). Os bioensaios de toxicidade foram realizados para calcular a CL50,12-96h, avaliar os efeitos das concentrações subletais do herbicida submetido a tratamento agudo. Utilizou-se 36 peixes adultos, pesando em média 0,496g ± 0,28g para cálculo da CL50 e 75 peixes também adultos para realizar o MN e EC. Durante a exposição ao herbicida observou-se o comportamento dos peixes em todas as concentrações e controlada as variações químicas e físicas da água. Os eritrócitos foram obtidos pela centrifugação das brânquias sendo adicionado soro fetal bovino ao precipitado, e posteriormente gotejado sobre as lâminas para realizar o esfregaço e eletroforese. Para a análise das lâminas, foram contadas 75.000 células e estipulada a frequência de ocorrência de Alterações Morfológicas Nucleares (AMNs), e para EC foram analisadas 100 células por espécime. A CL50; 12, 24, 48, 72 e 96 h do R. Transorb® foram de 11.24; 8.55; 6.5; 6.10 e 5.65μl/L, respectivamente, indicando que esta espécie é bastante sensível ao herbicida estudado em relação às demais espécies tropicais analisadas. Esses fatores podem estar relacionados às diferentes formulações dos herbicidas e seus respectivos surfactantes. Verificou-se que a porcentagem de mortalidade dos peixes intoxicados pelo herbicida aumentou à medida que as concentrações de exposição aumentaram. Os valores da CL50; 12- 96 h apresentam tendência de queda ao longo do tempo, sugerindo que em períodos de menor exposição serão necessárias quantidades maiores de herbicida para causar a mortalidade de 50% da população de animais. Os animais expostos ao herbicida apresentaram alterações comportamentais variadas, tais como: agressividade; irritabilidade; perda do reflexo de fuga; escurecimento da superfície corporal e choque contra a parede do aquário. Além disso, o R. Transorb® induziu alterações hitológicas hepáticas prejudicando de forma sensível o funcionamento normal deste órgão. No MN e EC foi possível detectar efeitos mutagênicos e genotóxicos significativos nos eritrócitos e células da brânquia, ocorrendo aumento gradual no número de células com AMNs e com danos ao DNA de acordo com aumento das concentrações, indicando efeito concentração-dependente. Este herbicida apresenta toxidade aguda para guppy, promovendo alterações comportamentais, agindo possivelmente de forma danosa não só no fígado, mas também no sistema nervoso e branquial. Tais resultados sugerem também que a formulação deste herbicida possui ação genotóxica e mutagênica em eritrócitos e células branquiais detectados através dos MN e EC. Por tanto, se confirma o alto risco deste herbicida ao meio ambiente, sua contaminação pode apresentar forte ameaça para as populações de peixes e outros organismos tanto vertebrados como invertebrados e saúde do homem.
Abstract: The effects of toxic, mutagenic and genotoxic on target organs and the fish genome has been the subject of many studies, especially those that seek to establish these bodies and responses of genes to environmental stimuli. Histopathological studies, mutagenic, genotoxic and Poecilia reticulata (Guppy) were motivated by the scarcity of data in the literature concerning the effects of the formulation of the herbicide Roundup Transorb®. With everything, we sought to ascertain the effects produced by this formulation that is widely used in the Midwest of the country. This study aimed to evaluate the toxicity and mutagenic and genotoxic herbicide R. Transorb® in liver, gill and erythrocytes of the guppy, calculating and applying the LC50 test micronucleus (MN) and Comet assay (AC). The toxicity bioassays were performed to calculate the LC50;12-96h, to evaluate the effects of sublethal concentrations of herbicide subjected to acute treatment. We used 36 adult fish, weighing on average 0.496 g ± 0.28 g to calculate the LC50 and 75 adult fish also carry the MN and AC. During exposure to the herbicide was observed fish behavior at all concentrations and controlled chemical and physical changes of water. The erythrocytes were obtained by centrifugation of the gills being added to precipitate fetal calf serum, and then dripped on the slides to make the smear and electrophoresis. For the analysis of plates, 75.000 cells were counted and stipulate the frequency of occurrence of Nuclear Morphological Changes (AMNs) and AC were analyzed for 100 cells per specimen. The LC50; 12, 24, 48, 72 e 96h of R. Transorb® were 11:24, 8:55, 6.5, 6.10 and 5.65μl/L, respectively, indicating that this species is very sensitive to the herbicide studied in relation to other tropical species analyzed. These factors may be related to different formulations of herbicides and their respective surfactants. It was found that the mortality rate of fish poisoned by the herbicide increased as exposure concentrations increased. The values of LC50,12-96h show a downward trend over time, suggesting that during periods of reduced exposure will require greater amounts of herbicide to cause mortality of 50% of the population of animals. Animals exposed to the herbicide showed behavioral changes varied, such as aggressiveness, irritability, loss of the escape reflex, darkening of the body surface and banging against the wall of the aquarium. In addition, R. Transorb® hitológicas induced liver changes appreciably impairing the normal functioning of this organ. In MN and EC was possible to detect significant genotoxic and mutagenic effects in erythrocytes and gill cells, occurring gradual increase in the number of cells with AMNs and ADN damage under higher concentrations,indicating concentration-dependent effect. This herbicide has acute toxicity to guppy, promoting behavioral changes, possibly acting in a manner damaging to the liver but also in the nervous system and gill. These results also suggest that the formulation of this herbicide has genotoxic and mutagenic in erythrocytes and gill cells detected by the MN and AC. Therefore, it confirms the high risk of herbicide to the environment, its contamination may present a strong threat to populations of fish and other organisms both vertebrates and invertebrates and human health.
Palavras-chave: Poecilia reticulata
Herbicida
Glifosato
Ensaio cometa
Teste micronúcleo
Poecilia reticulata
Pesticides
Glyphosate
Comet assay
Micronucleos test
Poecilia reticulata; Herbicida; Glifosato; Ensaio cometa; Teste micronúcleo
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS BIOLOGICAS
Idioma: por
País: BR
Instituição: Universidade Federal de Goiás
Sigla da instituição: UFG
Departamento: Ciências Biolóicas
Programa: Mestrado em Biologia
Citação: SOUZA FILHO, José de. Toxic effects and genotoxicity of Roundup Transorb® in Guppy(Poecilia reticulata) submitted to acute treatment. 2011. 159 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Biolóicas) - Universidade Federal de Goiás, Goiânia, 2011.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/tede/handle/tde/1259
Data de defesa: 31-Jan-2011
Aparece nas coleções:Mestrado em Ciências Biológicas (ICB)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Dissertacao Jose de Souza Filho.pdf2,55 MBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.