Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/tede/handle/tde/1847
Tipo do documento: Dissertação
Título: Tipologia e fragmentação das terras úmidas do cerrado na alta bacia do Rio Araguaia, estado de Goiás
Título(s) alternativo(s): Typology and fragmentation wetland savanna int he high Araguia River basin, Goiás state
Autor: FONSECA, Cláudia Adriana Bueno da
Currículo Lattes do Autor: http://lattes.cnpq.br/1199055666895781
Primeiro orientador: CAMPOS, Alfredo Borges de
Currículo Lattes do primeiro orientador: http://lattes.cnpq.br/3249635044992714
Resumo: A Alta Bacia do rio Araguaia no sudoeste goiano foi escolhida como área de pesquisa, para avaliar de forma sistemática a tipologia e fragmentação das terras úmidas em ambiente de Cerrado. Do ponto de vista ambiental, as áreas úmidas são ecossistemas complexos, situadas na interface água e solo, tendo um papel fundamental na dinâmica hidrológica e na manutenção da biodiversidade. Essa pesquisa teve como meta chamar a atenção para preservação das áreas úmidas, em função destas constituírem ambientes naturais com gênese e dinâmicas particulares que estão sendo impactados pela evolução do uso e ocupação do solo, ocorridas nos últimos anos. No âmbito da área da Alta Bacia do rio Araguaia, foram selecionadas as sub-bacias dos rios Babilônia e Piranhas para avaliação da tipologia de terras úmidas e o estado de degradação ao qual estão submetidas. A presente pesquisa utilizou bases temáticas em escala 1:100.000, 1:250.000 e 1:500.000 de geologia, geomorfologia, solos, vegetação e hidrografia da Alta Bacia para caracterização do mosaico de paisagens naturais e escolha das duas sub-bacias estudadas. Para a delimitação das áreas úmidas nas sub-bacias selecionadas utilizou fotografias aéreas (1965) e imagens de satélites LANDSAT MSS e TM (1975 e 2008) para efetuar diagnósticos dos impactos gerados pela atividade agropecuária em terras úmidas. Dentre as tipologias identificadas no contexto das terras úmidas para as sub-bacias pesquisadas se destacaram a Floresta Ciliar e o Campo Úmido. A análise da fragmentação das terras úmidas foi realizada por Geoprocessamento com uso dos softwares ENVI 4.3; SPRING 4.3; as métricas da ecologia da paisagem foram analisadas utilizando o programa FRAGSTATS 3.3; e o ArcGis 9.2 (S.I.G.- Sistema de Informações Geográficas) para a elaboração, cruzamento de dados, cálculo de áreas e finalização dos mapas temáticos. Os resultados obtidos indicam que, em 1965 a tipologia dominante na sub-bacia do rio Piranhas é a Floresta Ciliar, enquanto na sub-bacia do rio Babilônia havia uma proporção em área quase equivalente entre distribuição das tipologias da Floresta Ciliar e Campo Úmido. Em 2008, a fragmentação em áreas úmidas nas duas sub-bacias ocorreu de forma diferenciada. Na sub-bacia do rio Babilônia houve uma redução das tipologias de terras úmidas de 56,89%. A tipologia Floresta Ciliar perdeu espaço para a agricultura, pastagem e área urbana, as quais passaram a ocupar 17,43%, 7,30% e 0,08% das terras úmidas desta sub-bacia. O Campo Úmido teve uma redução de 20,79% devido a sua substituição pela agricultura e de 11,30% devido sua substituição por pastagem. Enquanto, na sub-bacia do rio Piranhas as áreas úmidas sofreram redução de 60,52% em função das atividades agropecuárias (agricultura ocupou 57,21%, pecuária 1,56% e áreas urbanas 0,15%). A tipologia Campo Úmido tiveram suas áreas reduzidas em função da agricultura e pecuária com substituição de 1,39% e 0,21% respectivamente. Conclui-se que as áreas úmidas das sub-bacias dos rios Babilônia e Piranhas têm sido fortemente degradadas por atividades agropecuárias nos últimos 30 anos, portanto, a adoção de políticas públicas e técnicas de conservação apropriadas são necessárias para diminuir os impactos ambientais nessas áreas.
Abstract: The aim of this research is to call the attention to the humid areas preservation for they are natural habitat with special dynamic and genesis and that they have been damaged by the gradual development of the use of the soil in the latest year. The upper basin of Araguaia river were chosen as an area study to follow systematically the development of Cerrado habitat degradation; going deeply in that approach we want to show how important those humid areas are for its complexity to maintain the biodiversity. According to the environment point of view those wets areas are complex ecosystems, situated in the water interface and in the soil, and has had an important paper in the hydrologic and dynamic and also to keep the biodiversity. The sub basins of Babilonia and Piranhas rivers of the Araguaia river were selected to develop a gradual typology of the humid soil and the development of degradation they are. The present research used thematic bases in a schedule of 1:100.000, 1:250.000 and 1:500.000 of geology, geomorphology, soil, vegetation and upper basins hydrographic to characterize the landscape natural mosaic and the choice of the two studied sub basins. To delimitate the humid areas of the selected sub basins areas pictures where taken (1965) and satellite images LANDSAT MSS and TM(1975 and 2008) to get the impact diagnostic from the cattle raising and agriculture activities in the wetlands. Among the identified typology of wets lands of this context to the researched sub basins we detach riparian forest and humid field. The analysis of the continuous environment degradations of the wetlands was developed by a geoprocessing with the use of softwares ENVI 4.3; SPRING 4.3; the ecology metric pasture were analyzed developing FRAGSTATS 3.3; and ArcGis program (Geography Information System) to elaborate crossing data, areas calculation and to finish thematic maps. The reached result shows that in 1965 year the dominant wet land typology in the Piranhas river sub basins is the riparian forest while in Babilonia river sub basin there had a proportion as those ones among the typology showed in the riparian forest and humid field. In 2008 year the environment degradation in the sub basins wets area happened in a different way. In Babilonia river sub basins there had a decrease of the wets lands typology of 56,89%. The riparian forest lost space for the raising cattle and agriculture activities, pasture and urban areas that are taken 17,43%, 7,30% and 0,08% of the wetlands of that sub basins. Humid field showed a decrease of 20,79% for the raising cattle and agriculture activity and for pasture 11,30%, while in the Piranhas river sub basins the wets lands were reduced in 60,52% because the growing cattle raising and agriculture activities (the former one occupied 57,21%, the later one 1,56% and the urban area 0,15%). The humid field typology suffered a decrease in its area for the agriculture and raising cattle activities in 1,39% and 0,21% respectively. Unfortunately we can conclude that the wets areas of Babilonia and Piranhas rivers sub basins have been strongly degraded for those activities in the last 30 years. We should ask for public politics and appropriate techniques to diminish the environment impacts in those areas. The adoption of public politics and rights and proper techniques are necessary to diminish the impact in those important environment areas. The global vegetation has been the primary source of oxygen in the atmosphere enabling aerobic metabolism system to evolve and persist. That is one more reason to the urgency of a careful and serious public politics to keep wetlands untouched.
Palavras-chave: Terras Úmidas
Tipologia
Impacto Ambiental
Wetlands, Typology, Environment Impact
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::GEOGRAFIA
Idioma: por
País: BR
Instituição: Universidade Federal de Goiás
Sigla da instituição: UFG
Departamento: Ciências Humanas
Programa: Mestrado em Geografia
Citação: FONSECA, Cláudia Adriana Bueno da. Typology and fragmentation wetland savanna int he high Araguia River basin, Goiás state. 2010. 111 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Humanas) - Universidade Federal de Goiás, Goiânia, 2010.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/tede/handle/tde/1847
Data de defesa: 8-Jun-2010
Aparece nas coleções:Mestrado em Geografia (IESA)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
DIS_TIP_BAC_RIO_ARAGUAIA.pdf2,14 MBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.