Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/tede/handle/tde/624
Tipo do documento: Dissertação
Título: Tratamento de esgoto sanitário em sistemas alagados construídos utilizando Typha angustifolia e Phragmites australis
Título(s) alternativo(s): Sanitary sewer treatment in constructed wetlands system using Typha angustifolia and Phragmites australis
Autor: ABRANTES, Lorena Lemes Martins
Currículo Lattes do Autor: http://lattes.cnpq.br/3354382454571565
Primeiro orientador: ALMEIDA, Rogério de Araújo
Currículo Lattes do primeiro orientador: http://lattes.cnpq.br/7455447665040845
Resumo: O presente estudo teve como objetivo avaliar a eficiência de duas espécies vegetais no tratamento do esgoto sanitário, em um sistema de alagados construídos. Especificamente, objetivou-se avaliar a eficiência das espécies Typha angustifolia (Taboa) e Phragmites australis (Caniço), em suas combinações possíveis, no tratamento de esgoto sanitário, em um sistema de alagados construídos, de fluxo subsuperficial vertical, com dois sentidos de fluxo (ascendente e descendente), concernente aos atributos: matéria orgânica, cor aparente, nitrogênio amoniacal, fosfato, turbidez, cloretos, dureza, condutividade elétrica, sólidos e coliformes termotolerantes. O experimento foi conduzido na Estação de Pesquisas em Tratamento de Esgotos com Plantas Eptep (UFG), localizada na Estação de Tratamento de Esgotos (ETE) Samambaia, em Goiânia, GO. A unidade experimental possui vinte quatro módulos, agrupados em sequências de dois módulos (módulos iniciais e finais). Esgoto sanitário bruto proveniente da parte inicial da lagoa facultativa da ETE foi bombeado no fundo de módulos iniciais de tratamento preenchidos com camadas sobrepostas de substrato (no fundo com brita número 3, na sequência brita número 1, areia lavada e novamente brita número 1) e plantados com taboa ou caniço. Após subir pelo substrato vegetado (fluxo vertical ascendente) o esgoto era drenado e conduzido aos módulos finais de tratamento, igualmente preenchidos e vegetados com uma das espécies, todavia sendo aplicado na superfície e drenado pelo fundo (fluxo vertical descendente). A taxa de aplicação de esgoto foi de 80 L.m-2dia-1, correspondendo a uma área de estação de tratamento de 2 m2 por habitante. Um ano após a implantação do sistema, por um período de seis meses, amostras do esgoto foram coletadas após passar pelas sequências de fluxo, cada uma com uma combinação das duas espécies vegetais, para avaliação dos teores de atributos do esgoto e cálculo da eficiência do tratamento. Os resultados foram analisados pelo programa Statistical Analysis System (SAS), realizando-se os testes F e de Tukey Kramer, a 5% de probabilidade. Não houve diferença significativa entre as eficiências dos tratamentos na remoção dos atributos: demanda bioquímica de oxigênio, demanda química de oxigênio, nitrogênio amoniacal, fosfatos, coliformes termotolerantes, cloretos, dureza, sólidos totais dissolvidos e sólidos totais voláteis. A taboa foi mais eficiente na remoção da cor aparente e da turbidez. Já o caniço apresentou uma eficiência maior na remoção de sólidos totais. A posição da planta na sequência de módulos não influenciou na remoção da cor aparente e da turbidez. O caniço no módulo final influenciou positivamente na remoção dos atributos sólidos totais e sólidos totais fixos. Verifica-se que a tecnologia de tratamento de esgoto por plantas é eficiente, uma vez que as espécies taboa e caniço no sistema de fluxo subsuperficial vertical ora adotado proporcionaram resultados com remoções superiores a 60% para os atributos demanda bioquímica de oxigênio, demanda química de oxigênio, cor aparente, nitrogênio amoniacal, fosfatos, coliformes termotolerantes e turbidez.
Abstract: This study aimed to assess the efficiency of two vegetal species in the treatment of the sanitary sewer, in constructed wetlands system. Specifically, it aimed to evaluate the efficiency of the species Typha angustifolia (narrow-leaf cattail) and Phragmites australis (common reed), in their possible combinations, in the treatment of the sanitary sewer, in a constructed wetlands system, of vertical subsuperficial flux, with two flux directions (ascendant and descendant), related to the attributes: organic material, apparent color, ammonium nitrogen, phosphate, turbidity, chlorides, hardness, electrical conductivity, solids and thermotolerant coliforms. The experiment was conducted in the Researching Station in Sewer Treatment with Plants RSSTP (UFG), located in the Sewer Treatment Station (STS) Samambaia, in Goiânia, Goiás State, Brazil. The experimental unit has twenty four modules, grouped sequences of two modules (initial and final modules). Raw sewage which comes from the initial part of the ETE facultative pond was pumped into the deep of the treatment initial modules, filled up with substrate layers (in the deep filled up with rocks category number 3, followed by rocks category number 1, washed sand, and again rocks category number 1) and planted with cattail or reed. After going up by the vegetated substrate (ascendant vertical flux) the sewer was drained and conducted to the final treatment modules equally filled up and vegetated with one of the species, although being applied in the surface and drained by the deep (vertical descendant flux). The tax of sewer application was of 80 L.m-2dia-1, corresponding to a treatment area of 2 m2 per inhabitant. A year after the system implementation, during the period of 6 months, sewer samples were collected after passing through the flux sequences, each one with the combination of the two vegetal species, for the evaluation of the sewer attributes and calculation of the efficiency in the treatment. The results were analyzed by the Statistical Analysis System (SAS program), being used the tests F and the Tukey Kramer, considering 5% of probability. There were no meaningful differences in the efficiency of the treatments in the removal of the attributes: biochemical oxygen demand, chemical oxygen demand, ammonium nitrogen, phosphate, thermotolerant coliforms, chlorides, hardness, dissolved total solids and volatile total solids. The cattail was more efficient in the apparent color removal and turbidity. The reed presented more efficiency in the total solids removal. The position of the plant in the module sequence did not influence the apparent color and turbidity removals. The reed in the final module increased the removal of the attributes total solids and fixed total solids. It´s possible to verify that the technology of sewer treatment by using plants is efficient, since the species cattail and reed in the adopted system, provided results with removals higher 60% for the of the attributes: biochemical oxygen demand, chemical oxygen demand, apparent color, ammonium nitrogen, phosphate, thermotolerant coliforms and turbidity.
Palavras-chave: Fitoremediação
taboa
caniço
Phytoremediation
narrow-leaf cattail
common reed
Área(s) do CNPq: CNPQ::ENGENHARIAS::ENGENHARIA SANITARIA::SANEAMENTO AMBIENTAL
Idioma: por
País: BR
Instituição: Universidade Federal de Goiás
Sigla da instituição: UFG
Departamento: Engenharias
Programa: Mestrado em Engenharia do Meio Ambiente
Citação: ABRANTES, Lorena Lemes Martins. Sanitary sewer treatment in constructed wetlands system using Typha angustifolia and Phragmites australis. 2009. 142 f. Dissertação (Mestrado em Engenharias) - Universidade Federal de Goiás, Goiânia, 2009.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/tede/handle/tde/624
Data de defesa: 28-Ago-2009
Aparece nas coleções:Mestrado em Engenharia do Meio Ambiente (EEC)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Dissertacao Lorena L M Abrantes.pdf4,24 MBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.