Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/tede/handle/tede/10304
Tipo do documento: Dissertação
Título: Violência doméstica contra as mulheres: recepção de campanhas publicitárias de enfrentamento às violações de gênero a partir do olhar de vítimas e autores
Título(s) alternativo(s): Domestic violence against women: receiving advertising campaigns to face gender violations from the look of nafavd victims and authors
Autor: Sousa, Jean Costa
Currículo Lattes do Autor: http://lattes.cnpq.br/8378898089792824
Primeiro orientador: Medeiros, Magno Luiz
Currículo Lattes do primeiro orientador: http://lattes.cnpq.br/8829860934484429
Primeiro membro da banca: Jordão, Janaína Vieira de Paula
Segundo membro da banca: Machado, Liliane Maria Macedo
Terceiro membro da banca: Medeiros, Magno Luiz
Resumo: Esta pesquisa tem como escopo investigar de que forma vítimas, autores e profissionais - que atuam no trabalho multidisciplinar com os envolvidos nessa violência doméstica -, interpretam as campanhas publicitárias de enfrentamento à violência contra as mulheres em Brasília. E, para isso, será analisado a partir do olhar das mulheres e dos homens que são atendidas (os) no Programa Núcleo de Atendimento à Família e aos Autores de Violência Doméstica do Governo do Distrito Federal e dos profissionais que realizam o acompanhamento psicossocial. Desse modo, compreender a violência contra as mulheres, violência de gênero, campanhas publicitárias com abordagem social, estudo de recepção e perpassar pelas políticas públicas afirmativas é fundamental para a construção do referencial teórico, que se soma à estrutura do caminho metodológico e das técnicas utilizadas para chegar aos resultados apontados. Salientamos que esse fenômeno é um problema de saúde pública e, por isso, se faz necessário discutir as políticas públicas de enfrentamento à violência contra as mulheres, como a Lei Maria da Penha e programas de apoio a elas, além daqueles que trabalham com os autores. A criação de mecanismos na área de mídia, da cidadania com a perspectiva de gênero, é um dos pilares para que se possa chegar à ruptura desse cenário. Buscamos, portanto, entender o processo da violência doméstica contra as mulheres, além de compreender como é a relação entre mulheres e homens, que pode ser relevante para a compreensão da recepção transmitida nas peças publicitárias. Entretanto, até que ponto pode contribuir para o desencadeamento das relações conflituosas entre vítimas e autores e do exercício da cidadania. Neste aspecto, utilizamos como metodologia a análise interpretativa, a partir da qual ressaltamos a categorização, descrição e interpretação como procedimentos primordiais da metodologia desenvolvida. Os resultados apontam que as campanhas publicitárias de enfrentamento à violência doméstica em Brasília deixam a desejar quanto à forma que são trabalhadas. Embora as vítimas se veem nas peças publicitárias, elas afirmam que não chegaram a viver aquele tipo de situação. E os autores negam a violência. Eles não se sentem representados nas peças publicitárias, pois não se consideram agressivos. As servidoras do NAFAVD pontuam que é necessário trabalhar nas campanhas publicitárias novas perspectivas, tais como: questão de gênero, machismo, todos os tipos de violência que a Lei 11.340/2006 expõe, questão étnico-racial, as consequências e penalidades que o autor pode sofrer caso cometa ato de violência doméstica, os serviços de acolhimento às mulheres e onde procurá-los. Além disso, percebemos que não há investimento de políticas públicas afirmativas nos meios de comunicação para combater a violência doméstica contra as mulheres em Brasília.
Abstract: This research has as context the investigation of how victims, authors and professionals - who work with those involved in this domestic violence - interpret the publicity campaigns to combat violence against women in Brasilia. And for this will be analyzed by women and men who are assisted in the Core Program for Family Care and the Domestic Violence Authors of the Federal District Government and professionals who perform psychosocial monitoring. Thus, understanding violence against women, gender-based violence, advertising campaigns with a social approach, reception study and pervading affirmative public policies is fundamental for the construction of the theoretical framework, which adds to the structure of the methodological path and the techniques used. to get to the results. It is pointed out that this phenomenon is a public health problem and, therefore, it is necessary to discuss public policies to combat violence against women, such as the Maria da Penha Law and support programs for them, in addition to those that work with women. authors. The creation of mechanisms in the media area, from citizenship with a gender perspective, is one of the pillars to break this scenario. We seek, therefore, to understand the process of domestic violence against women, as well as to understand how is the relationship between women and men, which may be relevant for understanding the reception transmitted in advertisements. However, to what extent it can contribute to triggering conflicting relationships between victims and perpetrators and exercising citizenship. In this aspect, we use as interpretative analysis methodology, from which we emphasize the categorization, description and interpretation as primordial procedures of the developed methodology. The results show that the publicity campaigns to combat domestic violence in Brasilia are lacking as to the way they are worked. Although the victims recognize themselves in the advertisements, they themselves claim that they did not live in that kind of situation. And the authors deny the violence. They do not feel represented in advertising because they do not consider themselves aggressive. NAFAVD employees point out that it is necessary to work in the advertising campaigns new perspectives: gender, machismo, all kinds of violence that Law 11.340 / 2006 exposes, ethnic-racial issue, the consequences and penalties that the author may suffer if he commits act of domestic violence, the women host services and where to look for them. In addition, we realize that there is no investment in affirmative public policies in the media to combat domestic violence against women in Brasilia.
Palavras-chave: Campanhas publicitárias
Violência doméstica
Gênero
Teoria da recepção
Cidadania
Advertising campaigns
Domestic violence
Genre
Reception theory
Citizenship
Área(s) do CNPq: CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::COMUNICACAO
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal de Goiás
Sigla da instituição: UFG
Departamento: Faculdade de Informação e Comunicação - FIC (RG)
Programa: Programa de Pós-graduação em Comunicação (FIC)
Citação: SOUSA, J. C. Violência doméstica contra as mulheres: recepção de campanhas publicitárias de enfrentamento às violações de gênero a partir do olhar de vítimas e autores. 2019. 131 f. Dissertação (Mestrado em Comunicação) - Universidade Federal de Goiás, Goiânia, 2019.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/tede/handle/tede/10304
Data de defesa: 20-Dez-2019
Aparece nas coleções:Mestrado em Comunicação (FIC)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Dissertação - Jean Costa Sousa - 2019.pdf2,48 MBAdobe PDFBaixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons