Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/tede/handle/tede/6659
Tipo do documento: Dissertação
Título: Pré-escola na escola de ensino fundamental: os direitos das crianças, desafios e contradições
Título(s) alternativo(s): Preschool in schools of primary education: the rights of children, challenges and contradictions
Autor: Almeida, Lorena Borges
Currículo Lattes do Autor: http://lattes.cnpq.br/0147640501096692
Primeiro orientador: Barbosa, Ivone Garcia
Currículo Lattes do primeiro orientador: http://lattes.cnpq.br/8032275045906128
Primeiro membro da banca: Barbosa, Ivone Garcia
Segundo membro da banca: Silva, Altina Abadia da
Terceiro membro da banca: Silveira, Telma Aparecida Teles Martins
Quarto membro da banca: Alves, Nancy Nonato de Lima
Resumo: Presente pesquisa analisou a Pré-escola situada em Escolas Municipais de Ensino Fundamental e está vinculada ao projeto “Políticas Públicas e Educação da Infância em Goiás: história, concepções, projetos e práticas” do Núcleo de Estudos e Pesquisas da Infância e sua Educação em Diferentes Contextos, Faculdade de Educação da Universidade Federal de Goiás (NEPIEC/ FE/ UFG). O trabalho teve como objetivo conhecer as determinações que permeiam a pré-escola na escola de Ensino Fundamental e, ainda, as concepções das crianças e dos professores sobre as pré-escolas inseridas em escola, uma realidade vivenciada por elas. Utilizamos, para nossas análises, o método materialista histórico-dialético, pautadas nas contradições nas quais estava o objeto de estudo. A pesquisa foi desenvolvida em três etapas: levantamento bibliográfico, análise documental e investigação empírica. Os recursos metodológicos utilizados que contribuíram para a constituição dos dados foram: as observações por meio das visitas às instituições, a fotografia como recurso visual, questionários, entrevistas e desenhos. Para analisarmos a pré-escola foi necessário buscarmos seu contexto histórico, as políticas públicas e práticas educativas constitutivas da Educação Infantil. Inicialmente, nos pautamos em conhecer os direitos das crianças − por partirmos do princípio de que a pré-escola, a Educação Infantil, consiste em um direito −, o cenário brasileiro e suas nuances sobre a constituição dos direitos das crianças, destacando as leis e os documentos oficiais que orientam a educação para a infância no país. A investigação empírica foi realizada em nove escolas de Ensino Fundamental que atendiam turmas de pré-escolas da Rede Municipal de Aparecida de Goiânia e, desta forma, foi possível realizar observar os espaços físicos durante as visitas nas instituições. A participação das professoras aconteceu por meio de questionários e entrevistas, e das crianças por entrevistas e desenhos. A partir das análises de dados foi possível perceber que as contradições da sociedade capitalista estabelecem princípios economicistas para a educação, comprometem a qualidade socialmente referenciada na Educação Infantil, e os direitos das crianças não são contemplados em sua totalidade, ficando em segundo plano nas políticas públicas educacionais brasileiras. A universalização da educação de crianças de 4 a 5 anos garante o direito dessas crianças de frequentarem a pré-escola, no entanto, destacamos a preocupação para efetivação desta. Assim, a partir da investigação empírica e dos dados analisados, tornou-se possível afirmar que a garantia de vagas em pré-escolas vem acontecendo de forma improvisada, na medida em que as crianças são atendidas em turmas de pré-escola nas escolas sem os materiais e as estruturas necessárias. Ainda, a presença, bem como a permanência, da pré-escola na escola se destaca por seguir um modelo tradicional na configuração de seu espaço físico e por aproximar suas práticas pedagógicas das práticas tradicionais do Ensino Fundamental. Neste sentido, concluímos que a pré-escola inserida na escola de Ensino Fundamental é compreendida como um preparatório para etapas seguintes, negligenciando às crianças alguns direitos. Ademais, a maneira como ela vem acontecendo no atual contexto brasileiro, de acordo com a lógica capitalista, não garante a qualidade socialmente referenciada.
Abstract: This research analyzed the Preschool located in Municipal Schools of Primary Education and is linked to the project "Public Policies and Education of Childhood in Goiás: history, conceptions, projects and practices" of the Center for Studies and Research of Childhood and its Education in Different Contexts, Faculty of Education in Federal University of Goiás (NEPIEC/FE/ UFG). The purpose of this study was to know the determinations that permeate preschool at Primary Education school, as well as the conceptions of children and teachers about preschools inserted in school, a reality experienced by them. We used, for our analyzes, the dialectical-historical materialist method, based on contradictions in which was the object of study. The research is composed of three stages: bibliographic survey, documentary analysis and empirical research. The methodological resources that contributed to compose the data were: observations on visits to institutions, photography as a visual resource, questionnaires, interviews and drawings. In order to analyze the preschool it was necessary to look for its historical context, public policies and educational practices constitutive of Childhood Education. Initially, we tried to know the rights of children − because we assumed that preschool, Childhood Education, consists of a right −, brazilian scenario and its nuances on the constitution of children's rights, highlighting laws and official documents that guide childhood education in the country. Empirical research was made in nine schools of Primary Education that attended preschool classes of Municipal Network in Aparecida de Goiânia and, in this way, it was possible to observe the physical spaces during the visits in these institutions. The participation of the teachers happened through questionnaires and interviews, and of the children through interviews and drawings. From the analysis of data it was possible to notice that the contradictions of capitalist society establish economistic principles for education, compromise the quality socially referenced in Child Education, and the rights of children are not contemplated in their totality, being placed in the background in brazilian educational public policies. The universalization of the education of children from 4 to 5 years guarantees the right of these children to attend preschool, however, we highlight the concern for its effectiveness. So, from the empirical investigation and the data analyzed, it became possible to affirm that the guarantee of vacancies in preschools has been happening in an improvised way, since the children are attended in classes of preschool in the schools without necessary materials and structures. Also, the presence and permanence of pre-school at school is highlighted because it follows a traditional model in the configuration of its physical space and for bringing its pedagogical practices closer to the traditional practices of Primary Education. In this sense, we conclude that the preschool inserted in the Primary Education schools is understood as a preparation for subsequent stages, neglecting some rights to the children. Furthermore, the way it has been happening in the current brazilian context, according to the capitalist logic, does not guarantee the quality socially referenced.
Palavras-chave: Pré-escola
Direitos das crianças
Educação Infantil
Preschool
Rights of children
Childhood education
Área(s) do CNPq: CIENCIAS HUMANAS::EDUCACAO
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal de Goiás
Sigla da instituição: UFG
Departamento: Faculdade de Educação - FE (RG)
Programa: Programa de Pós-graduação em Educação (FE)
Citação: ALMEIDA, L. B. Pré-escola na escola de ensino fundamental: os direitos das crianças, desafios e contradições. 2016. 161 f. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade Federal de Goiás, Goiânia, 2016.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/tede/handle/tede/6659
Data de defesa: 19-Set-2016
Aparece nas coleções:Mestrado em Educação (FE)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Dissertação - Lorena Borges Almeida - 2016.pdf6,67 MBAdobe PDFBaixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons