Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/tede/handle/tede/7042
Tipo do documento: Dissertação
Título: A representação midiática-institucional dos movimentos sociais na Folha de São Paulo
Título(s) alternativo(s): The media-institutional representation of social movements in Folha de São Paulo
Autor: Rodrigues, Rafael Alencar
Currículo Lattes do Autor: http://lattes.cnpq.br/8458614881209477
Primeiro orientador: Braga, Claudomilson Fernandes
Currículo Lattes do primeiro orientador: http://lattes.cnpq.br/1812629763554762
Primeiro membro da banca: Braga, Claudomilson Fernandes
Segundo membro da banca: Temer, Ana Carolina Rocha Pessôa
Terceiro membro da banca: Dias, Luciana de Oliveira
Resumo: O presente trabalho tem como principal propósito analisar a representação midiáticainstitucional dos movimentos sociais na Folha de São Paulo. O período de análise abrange o mês de março de 2015. Foi utilizado o método da análise de conteúdo para a interpretação da amostra. A ideia é perceber como tem se dado a interface entre movimentos sociais e mídia, vez que esta, segundo Bourdieu tornou-se porta de entrada à existência pública, e, por este motivo, estes sujeitos sociais têm planejado suas ações de modo a interessar os veículos de comunicação de massa. A análise concluiu que somente aqueles movimentos que estão em sintonia política-ideológica com o jornal adquirem uma representação positiva. Entretanto aquilo sobre o que falam é determinado por esta representação. Portanto, a mídia institucionalizada é mais do que arbitro da existência pública, porque determina e influencia também nos discursos publicizados pelos movimentos sociais.
Abstract: The main purpose of this paper is to analyze the media-institutional representation of social movements in Folha de São Paulo. The analysis period covers the month of March, 2015. The content analysis method was used for the interpretation of the sample. The idea is to perceive how the interface between social movements and the media has been given, and the media according to Bourdieu has become a gateway to public existence, and, for this reason, these social subjects have planned their actions in order to interest the Mass communication vehicles. The analysis concluded that only those movements that are in political-ideological harmony with the newspaper acquire a positive representation. However, what they speak about is determined by this representation. Therefore, institutionalized media is more than an arbitrator of public existence, because it also determines and influences the discourses publicized by social movements.
Palavras-chave: Comunicação
Cidadania
Mídia
Movimentos sociais
Communication
Citizenship
Media
Social movements
Área(s) do CNPq: CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::COMUNICACAO
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal de Goiás
Sigla da instituição: UFG
Departamento: Faculdade de Informação e Comunicação - FIC (RG)
Programa: Programa de Pós-graduação em Comunicação (FIC)
Citação: RODRIGUES, R. A. A representação midiática-institucional dos movimentos sociais na Folha de São Paulo. 2017. 152 f. Dissertação (Mestrado em Comunicação) - Universidade Federal de Goiás, Goiânia, 2017.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/tede/handle/tede/7042
Data de defesa: 7-Mar-2017
Aparece nas coleções:Mestrado em Comunicação (FIC)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Dissertação - Rafael Alencar Rodrigues - 2017.pdf905,11 kBAdobe PDFBaixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons