Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/tede/handle/tede/8961
Tipo do documento: Tese
Título: Trabalho docente na educação superior: formação, profissionalização e emancipação do professor
Autor: Anes, Rodrigo Roncato Marques
Currículo Lattes do Autor: http://lattes.cnpq.br/1524134785032887
Primeiro orientador: Magalhães, Solange Martins Oliveira
Currículo Lattes do primeiro orientador: http://lattes.cnpq.br/2611615064976822
Primeiro membro da banca: Magalhães, Solange Martins Oliveira
Segundo membro da banca: Brzezinski, Iria
Terceiro membro da banca: Barra, Valdeniza Maria Lopes da
Quarto membro da banca: Ribeiro, Núbia Ferreira
Quinto membro da banca: Pietrafesa, José Paulo
Resumo: Esta tese é vinculada à linha de pesquisa “Formação, Profissionalização Docente e Trabalho Educativo” do PPGE/FE/UFG, e integra os projetos desenvolvidos pela Rede de Pesquisadores(as) sobre Professores (as) do Centro-Oeste (REDECENTRO). Trata-se de uma pesquisa bibliográfica, cujo tema é o trabalho docente na educação superior inserido no contexto sócio-político contemporâneo, compreendido como reflexo de múltiplas determinações e contradições, produzidas em função do modo capitalista de produção. A tese central liga-se à compreensão de que a contradição estabelecida entre o trabalho socialmente necessário e o trabalho capitalista, tem afetado a ontologia do professor e destituído o trabalho docente da educação superior do seu sentido de práxis. O problema de investigação proposto passa pela reflexão e entendimento das transformações do trabalho docente na educação superior e seus impactos na ontologia do ser professor. A pesquisa está sustentada no método materialismo histórico dialético, assumindo seus preceitos e a forma como auxilia a compreender o trabalho docente na educação superior (objeto de estudo) na sua relação com historicidade e com a totalidade. A abordagem de pesquisa é qualitativa, e o objetivo geral foi analisar e compreender teoricamente o trabalho docente na educação superior, inserido na conjuntura sócio-política contemporânea, e suas implicações na formação, na profissionalização, na emancipação e na ontologia do professor. Os objetivos específicos contribuíram para organizar o percurso da pesquisa e exposição dos quatro capítulos que a compõe, tendo como finalidade analisar e compreender: a) a constituição do sujeito social, frente ao modo de ser capitalista; b) a reestruturação capitalista e a inversão da relação educação e trabalho, para trabalho (alienado) e educação – reestruturação econômica e educacional para atendimento às demandas de mercado; c) e as mudanças no trabalho e na função social dos professores da educação superior – os processos regulatórios e seus impactos para a subtração da essencialidade humana do trabalho docente, expropriação, deformação, descaracterização, aviltamento, precarização do ser social professor e captura de sua subjetividade. A investigação conta com a análise e interpretação dos sentidos discursivos de produções acadêmicas, que tratam sobre o trabalho docente na educação superior, incluindo um conjunto de pesquisas produzidas entre os anos de 2010 a 2016. A análise foi realizada considerando a especificidade de três categorias, mas também a relação dialética entre elas: as regulações epistemológicas; as regulações ideológicas; e as regulações políticas na formação, na profissionalização e no trabalho docente. Por meio da análise foi possível compreender que ocorreu um aprofundamento das formas de controle sobre a formação e a profissionalização docente nas últimas três décadas, que está diretamente articulado com a reestruturação do modo de produção capitalista, enfatizando a apropriação do trabalho docente da educação superior pelo capital (subsunção real), e reconhecendo a relevância econômica de sua condição produtiva e imaterial para a propagação dos ideais burgueses. A investigação histórica e as contribuições dos sentidos discursivos ajudaram a revelar ainda, a necessidade promover estudos que reconheçam a condição ontológica do ser social professor, sua capacidade de intervir sobre o mundo intencionalmente (consciente), justamente para produzir rupturas que valorizem a práxis enquanto elemento constituidor do homem, da realidade e da docência na educação superior.
Abstract: This thesis is linked to PPGE / FE / UFG's line of research, "Formation, Teacher Professionalism and Educational Work", and integrates the projects developed by the Network of Researchers about Central-Western Teachers (REDECENTRO). It is a bibliographical research, whose theme is the teaching labor in college education inserted in the contemporary socio-political context, understood as a reflection of multiple determinations and contradictions, produced in function of the capitalist mode of production. The central thesis is linked to the understanding that the contradiction established between socially necessary work and capitalist labor has affected the ontology of the teacher and deprived the teaching labor in college education of its sense of praxis. The proposed research problem involves the reflection and understanding of the transformations of teaching labor in college education and its impacts on the ontology of being a teacher. The research is based on the dialectical historical materialism method, assuming its precepts and the way it helps to understand the teaching labor in college education (object of study) in its relation with historicity and with totality. The research approach is qualitative, and the general goal was to analyze and understand theoretically the teaching labor in college education, inserted in the contemporary socio-political conjuncture, and its implications in the formation, professionalization, emancipation and ontology of the teacher. The specific goals contributed to organize the route of the research and exposition of the four chapters that compose it, with the purpose of analyzing and understanding: a) the constitution of the social subject, facing the capitalist way of being; b) the capitalist restructuring and the inversion of the relationship between education and labor, for labor (alienated) and education - economic and educational restructuring to meet market demands; c) and changes in labor and social function of college education teachers - the regulatory processes and their impacts on the subtraction of human essentiality from teaching, expropriation, deformation, decharacterization, debasement, precariousness of the social being teacher and capture of his subjectivity. The investigation relies on the analysis and interpretation of the discursive meanings of academic productions, that deal with teaching labor in college education, including a set of researches produced between the years 2010 and 2016. The analysis was carried out considering the specificity of three categories, but also the dialectical relation between them: the epistemological regulations; ideological regulations; and political regulations in the formation, professionalization and teaching labor. Through the analysis it was possible to understand that there has been a deepening of the forms of control over teacher training and professionalism in the last three decades, which is directly articulated to the restructuring of the capitalist mode of production, emphasizing the appropriation of college education teaching by capital (real subsumption), and recognizing the economic relevance of its productive and immaterial condition for the propagation of bourgeois ideals. The historical investigation and the contributions of the discursive senses have also helped to reveal the need to promote studies that recognize the ontological condition of the social being teacher, his capacity to intervene intentionally (conscious) in the world, precisely to produce ruptures that value praxis as an element constituent of man, reality and teaching in college education.
Palavras-chave: Trabalho docente
Educação superior
Formação
Profissionalização
Emancipação do professor
Teaching labor
College education
Formation
Professionalism
Emancipation of the teacher
Área(s) do CNPq: CIENCIAS HUMANAS::EDUCACAO
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal de Goiás
Sigla da instituição: UFG
Departamento: Faculdade de Educação - FE (RG)
Programa: Programa de Pós-graduação em Educação (FE)
Citação: ANES, R. R. M. Trabalho docente na educação superior: formação, profissionalização e emancipação do professor. 2018. 322 f. Tese (Doutorado em Educação) - Universidade Federal de Goiás, Goiânia, 2018.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/tede/handle/tede/8961
Data de defesa: 26-Set-2018
Aparece nas coleções:Doutorado em Educação (FE)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Tese - Rodrigo Roncato Marques Anes - 2018.pdf2,72 MBAdobe PDFBaixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons