Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/1189
Registro completo de metadados
Campo DCValorIdioma
dc.creatorFarias, Leonardo Atta-
dc.creatorNunes, Romão da Cunha-
dc.creatorStringhini, José Henrique-
dc.creatorSilva, Juliana Luis e-
dc.creatorMascarenhas, Alessandra Gimenez-
dc.creatorPrado, Tayrone Freitas-
dc.date.accessioned2013-08-09T19:04:11Z-
dc.date.available2013-08-09T19:04:11Z-
dc.date.issued2013-03-
dc.identifier.citationFARIAS, L. A.; NUNES, R. da C.; STRINGHINI, J. H.; SILVA, J. L. e; MASCARENHAS, A. G.; PRADO, T. F. Adição de água em rações para suínos em terminação. Ciência Animal Brasileira, Goiânia, v. 14, n. 1, 2013. Disponível em: <http://www.revistas.ufg.br/index.php/vet/article/view/8975/13702>.pt_BR
dc.identifier.issne-1809-6891-
dc.identifier.urihttp://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/1189-
dc.descriptionv. 14,n. 1, p.1-7, jan./mar. 2013.pt_BR
dc.description.abstractPara avaliar a adição de água em rações fareladas na digestibilidade de nutrientes e de energia, o desempenho, a qualidade dos dejetos e as características de carcaça, para suínos em terminação, foram utilizados 12 suínos machos, castrados, híbridos comerciais, com peso inicial de 64,0 ± 4,8 kg, em um ensaio metabólico, distribuídos em delineamento em blocos ao acaso, com base no peso inicial. Outros dezoito suínos machos, castrados, híbridos comerciais e dezoito fêmeas, híbridas comerciais, com peso inicial de 60,0 ± 3,6 kg, foram utilizados no ensaio de desempenho, distribuídos em delineamento inteiramente casualizado. Formulou-se uma ração para atender às exigências dos animais, a qual consistiu no tratamento seco. O segundo e terceiro tratamentos consistiram da mesma ração, com a adição de igual proporção e do dobro de água, respectivamente. Não houve diferença estatística entre os tratamentos para os coeficientes de digestibilidade aparente da matéria seca, energia bruta, extrato etéreo, cálcio e fósforo, para as variáveis de desempenho, umidade, nitrogênio e fósforo fecal e características de carcaça. A redução da ingestão de água por animais que recebem dieta líquida foi de 27,97 %. A adição de água em rações de suínos na fase de terminação não influencia a digestibilidade aparente dos nutrientes da dieta nem o desempenho dos animais, quando o arraçoamento é realizado duas vezes ao dia. Além disso, não influencia na composição da carcaça, porém diminui a ingestão de água, levando a um menor desperdício quando os animais vão ao bebedouro e reduz a excreção de fósforo, podendo refletir, de forma positiva, no volume e no poder poluente dos dejetos. _______________________________________________________________________________________________________________________ ABSTRACT _______________________________________________________________________________________________________________________ To evaluate the effects of water addition to mash rations on nutrients and energy digestibility, water intake, excrement quality and carcass traits in pigs at the finishing phase, twelve commercial hybrid barrows with an initial weight of 64.0 ± 4.8 kg were used for the digestibility trial, and distributed into randomized blocks, based on the animals´ weight. Eighteen barrows and eighteen hybrid females, with an initial weight of 60.0 ± 3.6 kg, were used for the performance test, and distributed into a completely randomized design. Treatment one consisted of a dry diet formulated to meet the animals´ requirement. Treatments two and three consisted of the same diet with the addition of the same proportion of water and the double of water, respectively, the proportional unit used was kg. There was no statistical difference among treatments for the coefficients of apparent dry matter digestibility, gross energy, ether extract, calcium and phosphorus, and for the variables of performance, moisture, fecal nitrogen and phosphorus and carcass characteristics. There was a reduction of 27.97% of fresh water intake for animals receiving liquid diet. The addition of water to the diet of pigs at finishing phase does not influence apparent nutrient digestibility, or animal performance when they are fed twice a day. Moreover, it does not influence carcass composition, but decreases fresh water intake lessening the waste when the animals go to the drinker, and it reduces phosphorus excretion, reflecting positively on the volume and polluting power of the excrements.pt_BR
dc.description.sponsorshipCAPES/CNPq; Programa de Apoio às Publicações Periódicas Científicas (PROAPUPEC) da UFGpt_BR
dc.language.isopt_BRpt_BR
dc.publisherJosé Henrique Stringhinipt_BR
dc.subjectDejetospt_BR
dc.subjectDesempenhopt_BR
dc.subjectDieta líquidapt_BR
dc.subjectSuinoculturapt_BR
dc.titleAdição de água em rações para suínos em terminaçãopt_BR
dc.title.alternativeWater addition to rations for pigs in finishing phasept_BR
dc.typeArticlept_BR
dc.publisher.departmentEscola de Veterinária e Zootecnia - EVZ (RG)pt_BR,en_US
Aparece nas coleções:EVZ - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Artigo - Leonardo Atta Farias - 2013.pdf174,26 kBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.