Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/tede/handle/tede/10419
Tipo do documento: Dissertação
Título: Educação entre grades: estudo em um presídio em Rio Verde - GO
Título(s) alternativo(s): Education between bars: study in a prison in Rio Verde - GO
Autor: Oliveira, Julliano Amorim de
Currículo Lattes do Autor: http://lattes.cnpq.br/2794100745620689
Primeiro orientador: Gonçalves, Vivianne Oliveira
Currículo Lattes do primeiro orientador: http://lattes.cnpq.br/9396741275519817
Primeiro membro da banca: Silva, Suely dos Santos
Segundo membro da banca: Brito, Edson de Souza
Terceiro membro da banca: Gonçalves, Vivianne Oliveira
Resumo: O objeto de estudo refere-se à análise da educação escolar desenvolvida em ambientes tidos como não educacionais como hospitais, empresas, casas de acolhimento, clinicas, academias e neste caso em especial em presídios. Busca-se entender as concepções de educação desenvolvida no interior do ambiente onde os alunos estão detidos, cumprindo pena em regime fechado, para termos a idéia, a amplitude de como esta educação é chegada a eles e como ela é desenvolvida aplicada em um contexto totalmente diferente da escola que conhecemos e temos como ideal. Toda trajetória para ter o contato com alunos (detentos), professores, diretor do presídio, funcionários e carcereiros em se buscar informações sobre a educação ali desenvolvida é muito sigilosa eburocrática pela necessidade quehá de existir dentro de um presídio, ponto negativo da pesquisa. O Artigo 5º da Constituição Federal (CF) de 1988 resguardo este direito de educação a todos de forma igual e sem distinção.O método qualitativo de pesquisa utilizado constituiuna aplicação de questionários mistos e entrevistas semi-estruturadas com os sujeitos da pesquisa, bem como nas visitas agendadas e na observação in loco. Foi possível perceber que educação é primordial a estes alunos internos, pois, a educação é o que os mantém atentos e esperançosos por dias melhores fora daquele convívio inseguro e cruel enfrentado no regime fechado.Além do que a remição da pena é outra realidade que os animam em prosseguir com os estudos.Em certas entrevistas realizadas com alunos detentos, alguns deixaram transparecer o interesse na remição, mas em grande maioria o interesse em aprender predominava, já que a grande maioria não está alfabetizada ainda. Diretores e funcionários públicos (agentes e professores) vêema educação como possibilidade de humanização do espaço carcerário e como instrumento de socialização dos detentos. Porém, as políticas sociais para a concretização de melhorias no sistema penitenciário não se configuram de forma clara e concisa. Esta contradição ocorre porque o sistema penitenciário é parte da lógica do Estado neoliberal cuja prioridade são as relações de mercado e não as relações humanas. A partir das referências bibliográficas, dos depoimentos dos professores e dos seus alunos em situação de privação de liberdade, observou-se que as perspectivas futuras relacionadas ao ensino nestas unidades tendem a trazer mudanças significativas para a população carcerária e para a sociedade em geral, desde que haja empenho por parte dos múltiplos agentes envolvidos no processo educativo voltado aos detentos.
Abstract: The object of study refers to the analysis of school education developed in environments considered as non-educational, such as hospitals, companies, shelters, clinics, gyms and in this case, especially in prisons. It seeks to understand the conceptions of education developed within the environment where students are detained, serving time in a closed regime, to have the idea, the breadth of how this education comes to them and how it is developed applied in a totally context different from the school we know and have as an ideal. The entire trajectory to have contact with students (prisoners), teachers, prison director, employees and jailers in seeking information about the education developed there is very bureaucratic because of the need to exist inside a prison, a negative point of the research. Article 5 of the Federal Constitution (CF) of 1988 safeguards this right to education for all equally and without distinction. The qualitative research method used consisted of applying mixed questionnaires and semi-structured interviews with the research subjects, as well as scheduled visits and on-site observation. It was possible to realize that education is paramount to these boarding students, because education is what keeps them attentive and hopeful for better days outside that insecure and cruel relationship faced in the closed regime. In addition to the remission of the sentence, it is another reality that encourages them to continue their studies. In certain interviews with detained students, some showed interest in remission, but the vast majority of interest in learning predominated, since the vast majority are not yet literate. Directors and public officials (agents and teachers) see education as a possibility for humanizing the prison space and as instruments in the socialization of detainees. However, social policies for achieving improvements in the prison system are not configured in a clear and concise manner. This contradiction occurs because the penitentiary system is part of the logic of the neoliberal state whose priority is market relations, not human relations.From the bibliographic references, the testimonies of teachers and their students in situations of deprivation of liberty, it was observed that the future perspectives related to teaching in these units tend to bring significant changes for the prison population and for society in general, since that there is a commitment on the part of the multiple agents involved in the educational process aimed at detainees.
Palavras-chave: Educação
Direito social
Prisão
Educação não formal
Educação de jovens e adultos
Sistema penitenciário
Education
Social law
Prison
Non formal education
Youth and adult education
Penitentiary system
Área(s) do CNPq: CIENCIAS HUMANAS::EDUCACAO
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal de Goiás
Sigla da instituição: UFG
Departamento: Regional Jataí (RJ)
Programa: Programa de Pós-graduação em Educação (RJ)
Citação: OLIVEIRA, Julliano Amorim de. Educação entre grades: estudo em um presídio em Rio Verde - GO. 2020. 122 f. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade Federal de Goiás, Jataí, 2020.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/tede/handle/tede/10419
Data de defesa: 18-Fev-2020
Aparece nas coleções:Mestrado em Educação (RJ)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Dissertação - Julliano Amorim de Oliveira - 2020.pdf8,57 MBAdobe PDFBaixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons