Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/10973
Tipo do documento: TCC
Título: Avaliação de desempenho e remuneração de executivos nas melhores empresas para se trabalhar no Brasil
Autor: Santos, Vânia Arcelino dos
Primeiro orientador: Silva, Júlio Orestes da
Resumo: As transformações que as empresas vivenciaram ao longo dos anos exigem, dentre outras políticas, a criação e implantação de novos sistemas de remuneração para mediação dos conflitos de agência, que surgem com o distanciamento do detentor do capital (proprietário) e dos executivos que são contratados para gerenciar essas organizações. Um mecanismo utilizado para mediar estes conflitos é a remuneração, a qual normalmente é proposta com base na avaliação de desempenho destes gestores. Neste sentido, este trabalho tem como objetivo verificar a relação entre a avaliação de desempenho e a remuneração de executivos nas melhores empresas para se trabalhar no Brasil. Ao escolher as “Melhores empresas para você trabalhar” no Brasil, tem-se como pressuposto que essas organizações possuem uma relação de destaque com seus empregados, sendo uma boa fonte de pesquisa. O estudo foi desenvolvido a partir das empresas listadas no ranking “Melhores empresas para você trabalhar” no Brasil, publicadas pela revistas Exame e Você S/A das edições de 2009 a 2013. Trata-se de uma pesquisa descritiva, bibliográfica e quantitativa. Para desenvolvimento do trabalho e responder a questão de pesquisa, criou-se três modelos de regressão múltipla para verificar a relação da avaliação de desempenho (individual, do grupo, da organização e através de indicadores financeiros e não financeiros) com a remuneração total, com a remuneração variável e com o percentual da remuneração variável sobre a remuneração total. Os resultados indicaram que: (i) a avaliação de desempenho organizacional impacta positivamente o fornecimento de remuneração total e remuneração variável; (ii) o uso de medidas financeiras na avaliação de desempenho impacta negativamente o fornecimento de remuneração total; (iii) a avaliação de desempenho em grupo ou da unidade de negócio impacta positivamente a proporção de remuneração variável sobre a remuneração total; (iv) o número de membros da diretoria estatutária impacta negativamente os três modelos analisados; e (v) o tamanho da organização impacta o fornecimento de remuneração total e variável aos executivos. Conclui-se que o tipo de avaliação de desempenho relacionada aos executivos pode impactar a remuneração recebida, entretanto pode variar dependendo do parâmetro avaliado, ou seja, os resultados foram diferentes para o uso de avaliação individual, de grupo e organizacional. Em relação ao uso de medidas financeiras e não financeiras na avaliação de desempenho dos executivos, apenas o uso de indicadores financeiros demonstrou relação negativa com relação à remuneração depreendida aos executivos.
Palavras-chave: Avaliação de desempenho
Remuneração de executivos
Incentivos gerenciais
País: brasil
Instituição: Universidade Federal de Goiás
Sigla da instituição: UFG
Unidade acadêmica: Faculdade de Administração, Ciências Contábeis e Economia (RG)
Nome do curso: Ciências Contábeis (RG)
Citação: SANTOS, Vânia Arcelino dos. Avaliação de desempenho e remuneração de executivos nas melhores empresas para se trabalhar no Brasil. 2014. 47 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação)–Faculdade de Administração, Ciências Contábeis e Ciências Econômicas, Universidade Federal de Goiás, Goiânia, 2014.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/10973
Data de publicação: Dez-2014
Aparece nas coleções:FACE - Trabalhos de Conclusão de Curso

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
TCCG - Ciências Contábeis - Vânia Arcelino dos Santos.pdf1,01 MBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.