Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/12175
Tipo do documento: Artigo
Título: Inquérito epidemiológico de suposto foco de febre maculosa
Título(s) alternativo(s): Epidemiological survey of supposed spotted fever outbreak
Autor: Martins, Márcio Eduardo Pereira
Brito, Wilia Marta Elsner Diederichsen
Labruna, Marcelo Bahia
Moraes Filho, Jonas
Martins, Kenia Cristina Sousa
Vieira, Rafael Porto
Resumo: Resumo O presente estudo objetivou avaliar a suspeita de ocorrência da febre maculosa (FM) em Quirinópolis – GO, por meio de inquérito sorológico em amostras de humanos, cães e equinos e identificação de carrapatos vetores. Em 2007, foram realizadas reações de imunofluorescência indireta (RIFI) para Rickettsia spp. em amostras de sangue colhidas de 28 pessoas do grupo de convívio de um caso suspeito (uma criança de três anos que apresentou sinais de riquetsiose, após exposição a carrapatos). Também foram colhidas amostras de sangue em cinco cães e 42 equinos, havendo soro reagentes somente entre os equinos (28,6%). Não foi constatada a presença do carrapato Amblyomma cajennense. Sete indivíduos foram reagentes para Rickettsia spp., a maioria desses eram parentes paternos do caso suspeito. Em 2008, na mesma região, foram realizadas RIFI em amostras de 30 humanos sem sinais clínicos de FM e constatou-se 50% de soro reagentes para Rickettsia spp. Adicionalmente, colheramse amostras de sangue de 24 cães errantes, havendo um cão soropositivo. A evidência sorológica do contato entre bactérias do gênero Rickettsia com habitantes humanos e animais de Quirinópolis indica que a FM ou outra riquetsiose possa estar ocorrendo no Estado de Goiás.
Abstract: This study aimed to evaluate the suspition of spotted fever (SF) occurrence in Quirinopolis city (Goias State) through serological survey in human, dogs and horses samples, and identification of tick vectors. In 2007, indirect immunofluorescence antibody test (IFAT) was carried out for Rickettsia spp. in blood samples taken from 28 persons, related to the suspected case (a 3-year-old child who showed signs of rickettsial disease after exposure to ticks). Also, blood samples were collected from five dogs and 42 horses, from which only there horses (28.6%) were seropositive. The tick Amblyomma cajennense was not found. Seven humans were reactive to Rickettsia spp., most of them were paternal relatives of the suspected case. In 2008, in the same region, IFAT was performed on 30 human samples without clinical signs of SF and 50% of them were seropositive for Rickettsia spp. Additionally, blood samples were collected from 24 stray dogs, and one of the animals showed seropositivity. Serologic evidence of the contact between the bacteria of the genus Rickettsia with human and animal inhabitants from Quirinopolis city indicates that the SF or another rickettsial disease may be occurring in Goias State, Brazil.
Palavras-chave: A. cajennense
Anticorpos
Cães
Cavalos
Humanos
Rickettsia
Antibodies
Dogs
Horses
Human
País: Brasil
Instituição: Jose Henrique Stringhini
Sigla da instituição: UFG
Unidade acadêmica: Escola de Veterinária e Zootecnia - EVZ (RG)
Citação: MARTINS, Márcio Eduardo Pereira; BRITO, Wilia Marta Elsner Diederichsen; LABRUNA, Marcelo Bahia; MORAES FILHO, Jonas; SOUSA-MARTINS, Kenia Cristina; VIEIRA, Rafael Porto. Inquérito epidemiológico de suposto foco de febre maculosa. Ciência Animal Brasileira, Goiânia, v. 17, n. 3, p. 459-471, jul./set. 2016. Disponível em: <https://www.revistas.ufg.br/vet/article/view/34947/21397>.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/12175
Data de publicação: Set-2016
Aparece nas coleções:EVZ - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Artigo -Márcio Eduardo Pereira Martins - 2 016.pdf404,52 kBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons