Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/12194
Tipo do documento: Artigo
Título: Qualidade bacteriológica de meias-carcaças bovinas oriundas de matadouros-frigoríficos do estado de Goiás habilitados para exportação
Título(s) alternativo(s): Bacteriological quality of bovine half-carcasses obtained from slaughterhouses located in Goiás state, Brazil, qualified for export
Autor: França Filho, Alberto Teixeira
Mesquita, Albenones José de
Oliveira, Jaison Pereira de
Bueno, Cláudia Peixoto
Lopes, Janaína Holanda
Couto, Marília Vargas
Borges, Natália Mendonça Ferreira
Resumo: Com o incremento das exportações, estimulado pela globalização da economia, o Brasil vem conseguindo aumentar expressivamente a comercialização de produtos cárneos para o exterior. Os órgãos de fiscalização e regulamentação têm a necessidade de estabelecer padrões bacteriológicos para esses produtos, visando garantir que eles cheguem à prateleira sem risco à saúde de consumidor ou mesmo com aspecto repugnante. Muitos são os padrões bacteriológicos adotados pelos países importadores com o intuito de verificar a qualidade da carne bovina importada. Dentre esses padrões, em boa parte desses países, estão incluídas análises bacteriológicas, tais como contagens e determinações do número mais provável (NMP) dos microrganismos indicadores, além de contagens e pesquisa de patógenos. O presente estudo buscou avaliar a qualidade bacteriológica das meias-carcaças oriundas de matadouros- frigoríficos do Estado de Goiás, habilitados à exportação, e oferecer informações para que os órgãos federais de regulamentação e fiscalização possam especificar padrões para essas carnes. Foram avaliadas 160 meias-carcaças bovinas, quentes e refrigeradas, no período de junho a setembro de 2004. Realizaram-se as seguintes análises: determinação do NMP de coliformes totais, coliformes fecais e Escherichia coli; contagem padrão de microrganismos aeróbios mesófilos, estritos ou facultativos viáveis, contagem de microrganismos psicrófilos, contagem de Staphylococcus coagulase-positivo e contagem de Clostridia sulfito-redutor. Os resultados obtidos revelaram que a qualidade bacteriológica das meias-carcaças é aceitável, mostraram os microrganismos eleitos importantes para a avaliação do “status bacteriológico” e também que não houve diferença estatística significativa entre os resultados das análises bacteriológicas das meias-carcaças quentes e refrigeradas. Contudo, há necessidade de vigilância constante por parte do controle de qualidade das indústrias, a fim de evitar que os valores, considerados aceitáveis, bem como os padrões bacteriológicos vigentes em outros países não sejam ultrapassados.
Abstract: Many are the bacteriological standards adopted by some countries to verify the quality of the imported bovine meat. Among these standards, in the most of these countries, bacteriological analyses are included as: counting and determination of the Most Probable Number (MPN) of the indicative microorganisms, besides counting and pathogen research. The present study aimed to evaluate the bacteriological quality of half-carcasses originated from slaughterhouse-freezers of Goiás State, Brazil, qualified to export, and to offer information so that the federal organs of regulation and inspection to specify standards for those meats. In this experiment, 160 half-carcasses bovine were appraised, hot and refrigerated, from June to September, 2004. The following analyses were accomplished: determination of the MPN of total Coliforms, fecal Coliforms and Escherichia coli; counting standard of aerobic mesophils microorganisms, strict or facultative, counting of psicrophiles microorganisms, counting of coagulasepositive Staphylococcus and counting of Clostridia sulfitereducer. The obtained results revealed that bacteriological quality of half-carcasses was acceptable for the main microorganisms to evaluate the “bacteriological status”, and, also, that there was no statistical difference among the results of the bacteriological analyses for both hot and refrigerated half-carcasses. However, there is a need of constant evaluation to improve industry’s quality control systems, in order to prevent that the alues, maintained in acceptable levels, as well as the effective bacteriological standards established by importer countries will not be xceeded.
Palavras-chave: Análise bacteriológica
Meia-carcaça bovina
Qualidade
Bacteriological analysis
Bovine half-carcasses
Quality
País: Brasil
Instituição: José Henrique Stringhini
Sigla da instituição: UFG
Unidade acadêmica: Escola de Veterinária e Zootecnia - EVZ (RG)
Citação: MESQUITA, Albenones José de; OLIVEIRA, Jaison Pereira de; BUENO, Cláudia Peixoto; LOPES, Janaína Holanda; COUTO, Marília Vargas; BORGES, Natália Mendonça Ferreira. Qualidade bacteriológica de meias-carcaças bovinas oriundas de matadouros-frigoríficos do estado de Goiás habilitados para exportação. Ciência Animal Brasileira, Goiânia, v. 7, n.3, p. 315-325, jul./set. 2006. Disponível em: < https://www.revistas.ufg.br/vet/article/view/406/381>.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/12194
Data de publicação: Set-2006
Aparece nas coleções:EVZ - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Artigo - Alberto Teixeira França Filho - 2006.pdf94,52 kBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons