Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/12235
Tipo do documento: Artigo
Título: Genômica e proteômica de fatores de virulência de Staphylococcus aureus em mastites
Título(s) alternativo(s): Genomics and proteomics of Staphylococcus aureus virulence factors in bovine mastitis
Autor: Freitas, Fernanda Antunha de
Mesquita, Albenones José de
Sola, Marília Cristina
Feistel, Janaina Costa
Sena, Ervaldo Lourenço de Sousa
Resumo: A mastite ou inflamação da glândula mamária tem sido considerada a infecção de maior ocorrência no gado leiteiro, sendo responsável por inúmeras perdas econômicas visto a diminuição na produção e na qualidade do leite, elevação dos custos com medicamentos, mão-de-obra, além do descarte precoce de animais. Este processo inflamatório da glândula mamária pode ser causado por diversos fatores, como traumas mecânicos ou agentes infecciosos. As bactérias são classificadas como agentes etiológicos mais comuns e frequentes, sendo o Staphylococcus aureus o principal agente etiológico patogênico de mastite bovina. O estudo das características moleculares dos patógenos é importante, uma vez que permite o entendimento das interações hospedeiro-patógeno. Vários métodos moleculares têm sido utilizados para entender os mecanismos pelos quais os microrganismos interagem com seus hospedeiros para causar doenças, possibilitando a compreensão dos elementos genéticos na expressão da resistência e a identificação dos genes que sintetizam fatores responsáveis por sua virulência. Deste modo, as tecnologias genômica e proteômica se completam nas investigações destes sistemas biológicos.
Abstract: Mastitis, or inflammation of the mammary gland has been considered the most frequent infection in dairy cattle and is responsible for numerous economic losses since the decrease in the production and quality of milk, rising drug costs, beyond premature disposal of animals. This inflammation of the mammary gland can be caused by several factors, such as mechanical trauma or infectious agents. Bacteria are classified as the most common etiological agents and frequent, and Staphylococcus aureus the main etiological agent of bovine mastitis pathogen. The study of molecular characteristics of pathogens is important, since it allows an understanding of the host-pathogen interactions. Several molecular methods have been used to understand the mechanisms by which microorganisms interact with their hosts to cause disease, enabling the understanding of the genetic expression of resistance and identification of genes that synthesize factors responsible for its virulence. Thus, genomic and proteomic technologies complement the investigations of these biological systems.
Palavras-chave: Inflamação da glândula mamária
Métodos moleculares
Qualidade do leite
Inflammation of the mammary gland
Molecular methods
Quality of milk
País: Brasil
Instituição: Centro Científico Conhecer
Unidade acadêmica: Escola de Veterinária e Zootecnia - EVZ (RG)
Citação: FREITAS, Fernanda Antunha de; MESQUITA, Albenones José de; SOLA, Marília Cristina; FEISTEL, Janaina Costa; SENA, Ervaldo Lourenço de Sousa. Genômica e proteômica de fatores de virulência de Staphylococcus aureus em mastites. Enciclopédia Biosfera, Goiânia, v. 9, n. 17, p. 1494-1516, dez. 2013.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/12235
Data de publicação: Dez-2013
Aparece nas coleções:EVZ - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Artigo - Fernanda Antunha de Freitas - 2013.pdf622,98 kBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons