Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/12264
Tipo do documento: Artigo
Título: Efeito de enzimas fibrolíticas sobre a composição química da silagem de milho
Título(s) alternativo(s): Effect of fibrolytic enzymes on chemical composition of maize silage
Autor: Cysneiros, Cristine dos Santos Settimi
Franco, Gumercindo Loriano
Ulhoa, Cirano José
Diogo, José Mauro da Silva
Ramos, Allan Kardec Braga
Resumo: Objetivou-se avaliar o efeito de níveis de enzimas fibrolíticas sobre a composição bromatológica e a degradabilidade ruminal da fibra em detergente neutro (FDN) da silagem de milho. O experimento consistiu de quatro níveis enzimáticos, dois períodos de armazenamento e três repetições. Aplicaram-se, por aspersão, na ensilagem, os níveis enzimáticos de 0, 5, 10 e 20 mg de enzimas por kg de matéria natural (MN). Após 45 e 120 dias de armazenamento, abriram-se os silos experimentais utilizados em triplicata para avaliação do conteúdo de matéria seca (MS), FDN, proteína bruta (PB), nitrogênio amoniacal em relação ao nitrogênio total (N-NH3/NT) e pH. Coletaram- se amostras após 45 dias de ensilagem para estudo da degradação ruminal in situ da FDN, empregando-se a a técnica do saco de náilon, de modo que três bovinos foram canulados no rúmen, sendo os horários de incubação de 6, 24 e 96 horas. Verificou-se que a solução enzimática não alterou o conteúdo de MS, pH e N-NH3/NT da silagem de milho. Na PB, não se observou diferença entre os períodos de armazenamento, porém houve interação período de armazenamento e nível de enzima. Verificou-se aumento da PB no nível de 20 mg (10,14%) em relação ao controle (8,77%) no período de 45 dias. A solução enzimática alterou o teor da FDN para a média do nível de enzimas. Observou-se uma redução da FDN do nível de 10 mg (47,25%) em relação ao tratamento-testemunha (49,96%). Não houve diferença entre os períodos de armazenamento nem interação período de armazenamento e nível enzimático. Nos parâmetros de degradação ruminal da FDN da silagem de milho não se registraram diferenças entre os tratamentos.
Abstract: This experiment was carried out to determine the effect of enzymatic solution on bromatologic composition and in situ degradability for neutral detergent fiber (NDF) of maize silage. The treatments were four enzymatic levels, two fermentation periods and three replications. The levels adopted were 0, 5, 10 and 20 mg of enzyme per kg of natural matter (MN) of grass. Experimental silos, in triplicate, were opened 45 and 120 days after ensiling, and DM, NDF, crude protein (CP), N-NH3 and pH were analyzed. In the study of in situ degradability of DM and NDF, silage of 45 days was collected. Nylon bag technique was used with three canulated bovine and three incubation times (6, 24 and 96 hours). The experimental period was of the 36 days. The solution didn’t change the content of DM, pH and N-NH3 values of maize silage. There was no difference on the CP among fermentation periods of, but there was interaction between period of storage and enzymatic level. The solution increased final CP of maize silage after 45 days of ensiling and this effect was higher to 20 mg (10.14%) compared the control (8.77%). In case of NDF, maize silage treated with 10 mg level showed lower fiber content (47.25%) versus untreated control (49.96%), suggesting an improvement in the nutritive value. There was no difference among period of storage neither interaction period of storage and enzymatic level. In situ rumen degradation showed no difference among the treatments on NDF degradation of maize silage.
Palavras-chave: Aditivos
Celulases
Degradabilidade
Hemicelulases
Parede celular
Additives
Cellulases
Degradability
Hemicellulases
Cell wall
País: Brasil
Instituição: José Henrique Stringhini
Sigla da instituição: UFG
Unidade acadêmica: Escola de Veterinária e Zootecnia - EVZ (RG)
Citação: CYSNEIROS, Cristine dos Santos Settimi; FRANCO, Gumercindo Loriano; ULHOA, Cirano José; DIOGO, José Mauro da Silva; RAMOS, Allan Kardec Braga. Efeito de enzimas fibrolíticas sobre a composição química da silagem de milho. Ciência Animal Brasileira, Goiânia, v. 7, n. 4, p. 339-348, out./dez. 2006. Disponível em: <https://www.revistas.ufg.br/vet/article/view/854/1001>.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/12264
Data de publicação: Dez-2006
Aparece nas coleções:EVZ - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Artigo - Cristine dos Santos Settimi Cysneiros - 2006.pdf62,12 kBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons