Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/12267
Tipo do documento: Artigo
Título: Paquimetria ultra-sônica de córneas de caninos e suínos
Título(s) alternativo(s): Ultra-sonic caliper measurings of canine and swine corneas
Autor: Gomes, Hermes Rodrigues
Chaves, Nilo Sérgio Troncoso
Eurides, Duvaldo
Jacomin, Clausmir Zanetti
Nassarala, Belquiz
Resumo: Estudaram-se trinta olhos de caninos, adultos, machos e fêmeas, mestiços, submetidos a eutanásia e cedidos pela Faculdade de Medicina da Universidade Federal de Goiás (UFG) e trinta de suínos, seis meses, machos e fêmeas, mestiços, abatidos no frigorífico Boa Sorte, no município de Goiânia. Os olhos enucleados pela técnica de exenteração foram acondicionados individualmente em câmaras úmidas (Filatov) com solução fisiológica 0,9% e mantidos em caixa de isopor por um período máximo de seis horas. Dividiu-se a córnea de cada olho, para efeito das leituras, em cinco áreas (central, nasal superior, nasal inferior, temporal superior e temporal inferior). Procedeu-se às leituras digitais com o paquímetro ultra-sônico de Storz em três pontos para cada área, totalizando quinze vezes em cada olho. Os resultados obtidos das médias gerais foram, para caninos, de 704,21 ± 67,11 m. Os valores médios diferenciaram- se para cada ponto, sendo que a média obtida nas áreas centrais (670,70 ± 75,29 m) foi a menos espessa e nas nasais inferiores (715,50 ± 79,52 m) a mais espessa. Para os suínos, os resultados apontaram 700,31 ± 30,08 m. Os valores médios diferenciaram-se para cada ponto, sendo que a média obtida nas áreas nasais inferiores (669,63 ± 85,79 m) foi a menos espessa e nas temporais superiores (731,47m ± 64,06m) a mais espessa. O método foi eficiente, seguro e simples. Os valores obtidos nas condições deste trabalho são inéditos, mas só servem como valores de referência para estas amostras, pois são dependentes da idade, do peso, do sexo, da raça, da dieta e até do horário do exame, variáveis estas que não se consideraram neste trabalho.
Abstract: Thirty eyes of adults males and females of mongrel dogs, provided by College of Medicine of Federal University of Goiás, and 30 eyes of males and females swine of six months old, half-breed lineage Agroceres which were slaughtered by Frigorífico Boa Sorte in Goiânia. The enucleated eyes by exenteration technique were maintened separately in fresh recipient (Filatov) in 0,9% saline solution and kept withing isothermal box for a period no longer than six hours. For each eye it was considered five differents areas as follows: central, upper nasal, lower nasal, upper temporal and lower temporal. The digital readings with the Storz’s ultra sonic caliper rule was performed in the three points for each area, in a total of 15 readings for each eye. The general average results obtained for dogs was 704.21 ± 67.11 m. The average values were different for each site. The average obtained for the central area (670.70 ± 74.29 m) was the thinnest area and the upper nasal area (715.50m ± 79.52 m) was the thickest one; for swines 700.31 ± 30.08 m. The average values were different for each site. The average obtained for the lower nasal area (669.63 ± 85.79 m) was the thinnest area and the upper temporal area (731.47 ± 64.06 m) the thickest one. The method was efficient, safe and simple. The results obtained are unpublished. But they are considered to be valid for these samples, once it dependes on other factors as age, wheight, breed, diet and time of examination, which were not evaluated in this study.
Palavras-chave: Cão
Paquimetria ultra-sônica
Paquímetro de Störz
Suíno
Caliper rule
Dog
Pig
Storz’s ultra-sonic
País: Brasil
Instituição: José Henrique Stringhini
Sigla da instituição: UFG
Unidade acadêmica: Escola de Veterinária e Zootecnia - EVZ (RG)
Citação: GOMES, Hermes Rodrigues; CHAVES, Nilo Sérgio Troncoso; EURIDES, Duvaldo; JACOMIN, Clausmir Zanetti; NASSARALA, Belquiz. Paquimetria ultra-sônica de córneas de caninos e suínos. Ciência Animal Brasileira, Goiânia, v. 7, n. 2, p. 193-199, abr./jun. 2006. Disponível em: <https://www.revistas.ufg.br/vet/article/view/395/370>.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/12267
Data de publicação: Jun-2006
Aparece nas coleções:EVZ - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Artigo - Hermes Rodrigues Gomes - 2006.pdf56,71 kBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons