Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/12295
Tipo do documento: Artigo
Título: Emprego da reação em cadeia da polimerase, ELISA, soroaglutinação rápida e cultivo microbiológico na elucidação da etiologia da bursite cervical bovina
Título(s) alternativo(s): Etiological study of cervical bursitis in cattle by the polymerase chain reaction, ELISA, buffered plate agglutination test and bacteriological analysis
Autor: Costa, Ivan de Carvalho
Mesquita, Albenones José de
Linhares, Guido Fontgalland Coelho
Freitas, Marcius Ribeiro de
Resumo: Com o objetivo de estudar o envolvimento de microrganismos em bursites cervicais de bovinos, foram colhidas 63 amostras de lesões cervicais macroscópicas de bovinos abatidos em frigoríficos sob inspeção federal no Estado de Goiás, no período de março a outubro de 1998. As amostras foram submetidas à análise bacteriológica e à técnica da reação em cadeia da polimerase para a identificação gênero-específica de Brucella spp. Dos mesmos animais foram colhidas amostras de sangue para o exame sorológico para a brucelose bovina pelas técnicas de soroaglutinação rápida em placa e ELISA indireto. Os principais gêneros bacterianos isolados através da análise bacteriana convencional foram: Staphylococcus spp. (27/63), Streptococcus spp. (19/63), Pseudomonas spp. (10/63), Enterobacter spp. (09/63), Aotinomyces spp. (08/63). Os testes sorológicos revelaram 49.20% (31/63) de soros positivos para brucelose pela técnica de soroaglutinação rápida em placa e 7 4.60% (47/63) quando utilizou-se o teste de ELISA indireto. Em 18,33% (11/60) das amostras de lesões cervicais foi possível detectar a presença de Brucella spp. pela reação em cadeia da polimerase.
Abstract: This study was conducted with the objective of studying the involvement of microorganisms in cervical bursitis of cattle slaughtered under federal inspection in the State of Goiás, from March to October of 1998. For this purpose it was collected samples directly from cervical macroscopic lesions from 63 bovines during slaughtering. The samples were submitted to bacteriological analysis and• alsó to amplification by polymerase chain reaction (PCR) for genus-specific detection of Brucella spp. Blood samples from the same• animais Were drawn and used for serological examinations for brucellosis by the buffered plate agglutination test (BPAT) and by ELISA test. The most frequent genus of bacteria isolated were as follows: Staphy/ococcus spp ., (27/63), Streptocoecus spp (19/63), Pseudomonas spp (1 0/63), Enterobacter spp (09/63), Actinomyces spp {08/63). The serological tests detected49.20% (31/63) of serum samples positive for brucelosis by BPAT and 74.60% (47/63) when indirect ELISA test was applied. The PCR react1on for Bruce/la spp was positive in 18.33% (11/60) of samples collected from the cervical lesions.
Palavras-chave: Bursite cervical
Bovino
Reação em cadeia da polimerase
ELISA
Soroaglutinação rápida
Bacteriologia
Cervical bursitis
Cattle
Bovine
Bacteriology
Polymerase chain reaction
Buffered plate agglutination test
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal Fluminense
Unidade acadêmica: Escola de Veterinária e Zootecnia - EVZ (RG)
Citação: COSTA, Ivan de Carvalho; MESQUITA, Albenones José de; LINHARES, Guido Fontgallad Coelho; FREITAS, Marcius Ribeiro de. Emprego da reação em cadeia da polimerase, ELISA, soroaglutinação rápida e cultivo microbiológico na elucidação da etiologia da bursite cervical bovina. Revista Brasileira de Ciência Veterinária, Rio de Janeiro, v. 8, n. 3, p. 155-159, set./dez. 2001.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Identificador do documento: 10.4322/rbcv.2015.372
Identificador do documento: 10.4322/rbcv.2015.372
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/12295
Data de publicação: Dez-2001
Aparece nas coleções:EVZ - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Artigo - Ivan de Carvalho Costa - 2001.pdf1,13 MBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons