Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/123
Tipo do documento: Artigo publicado em periódico científico
Título: Efeitos de fontes nitrogenadas, em dietas com alto teor de concentrado para bovinos de corte, sobre o consumo de matéria seca, degestibilidade e degradabilidade dos nutrientes
Título(s) alternativo(s): Effects of nitrogen sources, in high concentrate diets for beef cattle, on dry matter intake, digestibility and nutrient degradability
Autor: Oliveira Junior, Reinaldo Cunha de
Pires, Alexandre Vaz
Fernandes, Juliano José de Resende
Santos, Flávio Augusto Portela
Susin, Ivanete
Araujo, Rafael Canonenco de
Abstract: Seis machos da raça Nelore não castrados, com peso médio inicial de 420 kg, foram distribuídos em um delineamento quadrado latino 3x3 duplicado, objetivando avaliar a substituição de uma fonte de proteína verdadeira (farelo de soja), em uma dieta deficiente (15%) em proteína degradável no rúmen (PDR), por uréia ou amiréia (fonte de nitrogênio não protéico de suposta liberação gradativa de nitrogênio), estando as duas últimas em uma dieta adequada em PDR, sobre a digestibilidade dos nutrientes, a degradabilidade in situ do farelo de soja e da amiréia. Os tratamentos consistiram de: 1) farelo de soja (FS); 2) uréia e 3) amiréia (A-150S), sendo as dietas isoprotéicas (13,0%) e utilizando-se o BIN (bagaço de cana-de-açúcar in natura) como única fonte de volumoso (20% da MS). O tratamento FS promoveu menor (P<0,05) consumo de matéria seca (MS), matéria orgânica (MO), fibra em detergente ácido (FDA) e fibra em detergente neutro (FDN). Os tratamentos uréia e amiréia apresentaram resultados similares (P>0,05). A digestibilidade da MS, MO, FDA, FDN, proteína bruta (PB) e extrato etéreo (EE) não diferiu (P>0,05) entre os tratamentos. A amiréia apresentou resultados similares na digestibilidade dos nutrientes em relação à uréia na forma convencional. _______________________________________________________________________________________________________________________ ABSTRACT _______________________________________________________________________________________________________________________ Six Nellore bulls with 420 kg of starter body weight were used in a two 3x3 latin squares to evaluate the effects of replacing a true protein source (soybean meal – SBM), in a rumen non-degradable protein (RDP) deficient diet (15%), by urea or starea, both in a RDP adjusted diets, on nutrient digestibility and ruminal parameters in beef cattle. In natura sugarcane bagasse was the only source of forage (20% of DM). SBM treatment reduced (P<0.05) dry matter (DM), organic matter (OM), acid detergent fiber (ADF) and neutral detergent fiber (NDF) intake compared to urea and starea treatments. No difference occured between urea and starea treatments. No differences were observed among treatments (P>0.05) in DM, OM, ADF, NDF, crude-protein (CP) and ether extract (EE) on apparent digestibility. ADF and NDF digestibilities (%) were higher (P<0.05) for urea and starea treatments. Starea showed no advantage compared to conventional urea.
Unidade acadêmica: Escola de Veterinária e Zootecnia - EVZ (RG)
Citação: OLIVEIRA JUNIOR, Reinaldo Cunha de; PIRES, Alexandre Vaz; FERNANDES, Juliano José de Resende; SANTOS, Flávio Augusto Portela; SUSIN, Ivanete; ARAUJO, Rafael Canonenco de. Efeitos de fontes nitrogenadas, em dietas com alto teor de concentrado para bovinos de corte, sobre o consumo de matéria seca, degestibilidade e degradabilidade dos nutrientes. Ciência Animal Brasileira, Goiânia, v. 7, n. 3, 2006. Disponível em: <http://www.revistas.ufg.br/index.php/vet/article/view/419/394>.
Tipo de acesso: Open Access
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/123
Data de publicação: 2006
Aparece nas coleções:EVZ - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
efeitos de.pdf54,67 kBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons