Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/12359
Tipo do documento: Artigo
Título: Avaliação do suco ruminal de bovinos “a fresco” e após 12 horas de conservação
Título(s) alternativo(s): Bovine ruminal fluid analysis “in fresh” and after 12 hours of conservation
Autor: Borges, Naida Cristina
Silva, Luiz Antônio Franco
Fioravanti, Maria Clorinda Soares
Cunha, Paulo Henrique Jorge da
Moraes, Rosana Rezende
Guimarães, Patrícia Lorena
Martins, Márcio Eduardo Pereira
Resumo: Avaliaram-se no presente estudo os parâmetros físicos (cor, odor, consistência e tempo de sedimentação e flotação), químicos (pH, e tempo de redução do azul de metileno) e biológicos (avaliação dos protozoários in vitro, contagem de infusórios e percentagem de protozoários viáveis) do suco ruminal de 50 fêmeas bovinas adultas clinicamente saudáveis, imediatamente após a colheita e ao final de 12 horas de armazenamento em garrafas térmicas comuns. Utilizaram-se animais em lactação, da raça Girolando, e alimentados a pasto de Brachiaria decumbens. As análises foram realizadas em uma amostra individual de, aproximadamente, 400 ml de suco ruminal, colhida com sonda oroesofágica do tipo Schambye e Sorensen. Os resultados foram avaliados por meio de estatística descritiva e teste “t” de student para amostras pareadas (P<0,05). Os aspectos físicos, a avaliação in vitro dos infusórios e o número de protozoários por mililitro encontravam-se dentro dos padrões de normalidade na primeira avaliação, porém, após 12 horas de conservação, foram observadas alterações sugestivas de modificações na microbiota do suco ruminal. Constataram- se, após conservação, reduções estatísticas significativas em relação ao pH, percentual de protozoários viáveis e aumento no tempo de redução do azul de metileno (PRAM). Conclui-se que a garrafa térmica comum pode ser usada como opção na conservação de suco ruminal de bovinos em situações de clínica de campo, porém a análise no momento da colheita apresenta resultados mais fidedignos.
Abstract: This research had as objective to analyze the physical (color, smell, consistance and sedimentation/flotation test - TAS), chemicals (pH and methylene blue reduction test) and biological aspects (in vitro protozoa examination, infusoria counts and percentual of living protozoa) of ruminal fluid from 50 adult and healthy females Girolando cows imediately after and 12 hours after collection and storage in vacuum bottle. The animals were in lactation period and grazing Brachiaria decumbens. The samples of ruminal fluid contained nearly 400 ml and were collected through Schambye and Sorensen esophageal probe. The results were statiscally analyzed through descriptive statistic and “t” test (P<0.05). Although the first evaluation of ruminal fluid was normal for physical aspects, in vitro evalution of infusoria counts, and for the number of protozoa per ml after 12 hours, some alterations were verified. Significant differences were observed in decreasing of pH, percentual of live protozoa and increasing in the time of methylene blue reduction test. Therefore the thermal bottle is a good option to conserve ruminal fluid but betler results can be found when the ruminal fluid is analyzed immediately after the collection.
Palavras-chave: Bovinos
Fluido ruminal
Métodos de conservação
Photography
Protozoários
Bovine
Conservation methods
pH
Protozoa
Ruminal fluid
País: Brasil
Instituição: José Henrique Stringhini
Sigla da instituição: UFG
Unidade acadêmica: Escola de Veterinária e Zootecnia - EVZ (RG)
Citação: BORGES, Naida Cristina; SILVA, Luiz Antônio Franco; FIORAVANTI, Maria Clorinda Soares; CUNHA, Paulo Henrique Jorge da; MORAES, Rosana Rezende; GUIMARÃES, Patrícia Lorena; MARTINS, Márcio Eduardo Pereira. Avaliação do suco ruminal de bovinos “a fresco” e após 12 horas de conservação. Ciência Animal Brasileira, Goiânia, v. 3, n. 2, p. 57-63, jul./dez. 2002. Disponível em: <https://www.revistas.ufg.br/vet/article/view/280/251>.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/12359
Data de publicação: Dez-2002
Aparece nas coleções:EVZ - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Artigo - Naida Cristina Boges - 2002.pdf30,65 kBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons