Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/12391
Tipo do documento: Artigo
Título: Células-tronco mononucleares associadas ao plasma rico em plaquetas na consolidação de falha óssea no cão. Estudo piloto
Título(s) alternativo(s): Mononuclear stem cells associated with platelet-rich plasma in the consolidation of bone defects in dogs. A pilot study
Autor: Barbosa, Anna Laeticia da Trindade
Schossler, João Eduardo Wallau
Raiser, Alceu Gaspar
Serafini, Gabriele Maria Callegaro
Treichel, Tiago Luís Eilers
Libardoni, Renato do Nascimento
Marconato, Francieli
Silveira, Mateus Corrêa
Graça, Dominguita Lühers
Martins, Danieli Brolo
Zanetti, Renata Maísa
Lopes, Sônia Terezinha dos Anjos
Resumo: A padronização de técnicas e o teste da associação do Plasma Rico em Plaquetas (PRP) e das Células-Tronco Mononucleares (CTMs) na consolidação de falhas ósseas corticais, por meio de avaliação clínica, biomecânica, radiológica e histológica, é avaliada em um estudo piloto. Foram utilizados seis cães adultos, fêmeas, sem raça definida, pesando entre 5 e 10kg, separados por sorteio aleatório em seis tratamentos. Foi confeccionada uma falha elíptica de 1,0x0,4cm na cortical medial diafisária da tíbia direita de cada animal, sendo preenchida de acordo com o tratamento proposto. No cão I, a falha foi preenchida com solução fisiológica (SF); no II, com o PRP; no III, com a fração total das células mononucleares (FTCM); no IV, com a fração vascular estromal (FVE); no V, com o PRP associado à FTCM; no VI, com a associação PRP e FVE. Foram realizadas avaliações: clínicas, diariamente; dos graus de claudicação, semanalmente; radiológica e perimetria da coxa, antes, no pós-operatório imediato, aos 7, 14, 21 e 30 dias; biomecânica, antes do procedimento, aos 10, 20 e 30 dias; e biópsias, aos 15 e 30 dias. A FTCM obteve uma contagem e viabilidade média de 2,0x108cél. e 90%, respectivamente, enquanto a FVE obteve 3x106cél. e 50%. O PRP concentrou, em média, sete vezes o número inicial de plaquetas do sangue total, de 250.000 μl-1 plaquetas no sangue total para 1.750.000 μl-1 plaquetas no PRP. Obteve-se padronização adequada de técnicas, possibilitando o teste da associação entre as células-tronco mononucleares (CTMs) e o plasma rico em plaquetas (PRP), assim como seu uso isolado, no reparo de falhas ósseas corticais, indicando a possibilidade de a associação FTCM e PRP ser o melhor tratamento.
Abstract: The standardization of techniques and tests of the association of Platelet Rich Plasma (PRP) and Mononuclear Stem Cells (MSCs) in the consolidation of cortical bone defects by clinical, biomechanical, radiological, and histological analysis is evaluated in a pilot study. Six adult female dogs of mixed breed, weighing between 5 and 10 kg, separated by random draw in six treatments were used. An elliptical failure of 1.0 x0.4cm was done in the medial diaphyseal cortical of the right tibia of each animal, that was filled according with the proposed treatment. In dog I, the failure was filled with saline (S), in dog II with PRP, in dog III with total mononuclear cell fraction (TMCF), in dog IV with stromal vascular fraction (SVF), in dog V with association of PRP and TMCF, and in dog VI with an association of PRP and SVF. Daily clinical evaluation, weekly degrees of lameness, radiological and girth before, immediate postoperative, 7, 14, 21 and 30 days, biomechanics before the procedure, at 10, 20 and 30 days, and biopsies at 15 and 30 days were performed. The TMCF got a count and viability of 2,0x108cells and 90% respectively, while for SVF it was 3x106cells and 50%, respectively. The PRP concentrated on average seven times the original number of platelets from whole blood, platelets from whole blood 250.000 μl-1 to 1.750.000 μl-1 platelets in PRP. This afforded adequate standardization of techniques, enabling the test of association between mononuclear stem cells (MSCs) and platelet-rich plasma(PRP), as well as their separate use to repair cortical bone defects, indicating the possibility of the association between FTCM and PRP to be the best treatment.
Palavras-chave: Fatores de crescimento
Gel de plaquetas
Fração total de CTM
Osteogênese
Growth factors
Platelet gel
Total stem cells fraction
Osteogenesis
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal de Minas Gerais, Escola de Veterinária
Unidade acadêmica: Escola de Veterinária e Zootecnia - EVZ (RG)
Citação: BARBOSA, A. L. T.; SCHOSSLER, J. E. W.; RAISER, A. G.; SERAFINI, G. M. C.; TREICHEL, T. L. E.; LIBARDONI, R. N.; MARCONATO, F.; SILVEIRA, M. C.; GRAÇA, D. L.; MARTINS, D. B.; ZANETTI, R. M.; LOPES, S. T. A. Células-tronco mononucleares associadas ao plasma rico em plaquetas na consolidação de falha óssea no cão. Estudo piloto. Arquivo Brasileiro de Medicina Veterinária e Zootecnia, Belo Horizonte, v. 66, n. 6, p. 1718-1726, dez. 2014.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Identificador do documento: 10.1590/1678-6425
Identificador do documento: 10.1590/1678-6425
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/12391
Data de publicação: Dez-2014
Aparece nas coleções:EVZ - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Artigo - Anna Laeticia da Trindade Barbosa - 2014.pdf246,76 kBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons