Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/12405
Tipo do documento: Artigo
Título: Farelo de soja em substituição à ureia em dietas para bovinos de corte em crescimento
Título(s) alternativo(s): Soybean meal as a replacement for urea on growing beef steers diets
Autor: Fernandes, Juliano José de Resende
Pires, Alexandre Vaz
Oliveira Junior, Reinaldo Cunha de
Santos, Flávio Augusto Portela
Susin, Ivanete
Carvalho, Eduardo Rodrigues de
Resumo: Objetivou-se neste trabalho avaliar se novilhos machos não castrados destinados à engorda em regime de confinamento durante a fase de crescimento responderiam ao incremento de proteína metabolizável calculado pelo NCR (1996, Nível I), por meio da adição de farelo de soja à dieta, em substituição parcial ou total à ureia. Utilizaram-se vinte e quatro novilhos da raça Nelore e doze da raça Canchim, com peso vivo inicial médio de 230 kg e idade inicial média de quinze meses. O delineamento experimental adotado foi o de blocos ao acaso. Formularam-se as dietas de modo a se obter um balanço de proteína degradável no rúmen (PDR) positivo e energia metabolizável suficiente para ganho de peso diário de 1,3 kg/animal/dia em todos os tratamentos, sendo: ureia (U), farelo de soja + ureia (FSU) e farelo de soja (FS). Não se detectou diferença no consumo de matéria seca (MS) entre os tratamentos (P>0,05). O ganho de peso médio diário (GPD) no tratamento U (1,14 kg/animal/dia) foi menor (P<0,05) que os observados para nos tratamentos FSU (1,26 kg/animal/dia) e FS (1,28 kg/animal/dia). Apesar da diferença entre os valores preditos pelo NRC (1996, Nível I) e os efetivamente observados em relação ao GPD, concluiu-se que há necessidade da inclusão de fonte suplementar de proteína verdadeira na dieta de bovinos machos não castrados em fase crescimento.
Abstract: The aim of this trial was to evaluate if non-castrated growing beef steers in feedlot systems would respond to increasing levels of metabolizable protein in the diet estimated by NRC (1996, Level I), through the addition of soybean meal in substitution of urea. Thirty-six steers (24 Nelore and 12 Canchim) with liveweight of 230 kg and 15 months of age were assigned in a completely randomized block design. Diets were formulated according to NRC (1996, Level I) in order to obtain a positive rumen degradable protein balance and sufficient metabolizable energy to ensure an average daily gain (ADG) of 1.3 kg/animal/day in all treatments, which were: urea (U), soybean meal + urea (FSU) and soybean meal (FS). Dry matter intake (DMI) was not affected by treatments (P>0.05). ADG was lower (P<0.05) for U (1.14 kg/animal/day) compared to FSU (1.26 kg/animal/day) and FS (1.28 kg/animal/day). Despite the variation of ADG between predicted by NRC (1996) and actually occurred in this study, it was concluded that it is necessary the inclusion of true protein sources in the diets of growing beef steers.
Palavras-chave: Canchim
Desempenho animal
Nelore
Novilhos
Proteína
Performance
Protein
Steers
País: Brasil
Instituição: José Henrique Stringhini
Sigla da instituição: UFG
Unidade acadêmica: Escola de Veterinária e Zootecnia - EVZ (RG)
Citação: FERNANDES, Juliano José de Resende; PIRES, Alexandre Vaz; OLIVEIRA JUNIOR, Reinaldo Cunha de; SANTOS, Flávio Augusto Portela; SUSIN, Ivanete; CARVALHO, Eduardo Rodrigues de. Farelo de soja em substituição à ureia em dietas para bovinos de corte em crescimento. Ciência Animal Brasileira, Goiânia, v. 10, n. 2, p. 373-378, abr./jun. 2009. Disponível em: <https://www.revistas.ufg.br/vet/article/view/6583/4827>.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/12405
Data de publicação: Jun-2009
Aparece nas coleções:EVZ - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Artigo - Juliano José Resende Fernandes - 2009.pdf410,13 kBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons