Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/12439
Tipo do documento: Artigo
Título: Mastite subclínica em rebanhos leiteiros de propriedades rurais de Goiás
Título(s) alternativo(s): Subclinical mastitis in dairy cattle rural properties Goiás
Autor: Martins, Juliana Dias
Nicolau, Edmar Soares
Mesquita, Albenones José de
Jardim, Eurione Antônio Garcia da Veiga
Resumo: A mastite subclínica é um dos principais problemas que afetam a pecuária leiteira, tendo em vista os graves prejuízos acarretados pela diminuição da produção e/ou pela perda dos tetos afetados e aumento da contagem de células somáticas (CCS). Objetivou-se com este estudo identificar as principais bactérias causadoras de mastite subclínica bovina e relacionar os patógenos identificados com a variação da contagem de células somáticas (CCS). Foram analisadas 5.758 amostras de leite de vacas individuais de 7 propriedades localizadas no Estado de Goiás, durante o período de junho de 2010 a junho de 2014, para verificação da CCS e destas 332 amostras foram submetidas a técnica de PCR em tempo real. Concluiu-se que, nas amostras analisadas, houve maior ocorrência de Streptococcus agalactiae, Streptococcus uberis e Staphylococcus sp e que determinaram maiores valores médios de CCS. A CCS média dos rebanhos com mastite subclínica foi de aproximadamente 743 x 103cel/mL.
Abstract: The subclinical mastitis is a major problem affecting the dairy industry, in view of the severe impairments caused by reduced production and/or affected by the lossof roofs and increased somatic cell count (CCS). The objective of this study to identify the main bacteria that cause bovine subclinical mastitis pathogens identified and relate to the variation of somatic cell count (CCS). We analyzed 5758 samples of milk from individual cows of seven properties located in the State of Goiás, during the period June 2010 to June 2014, for verification of CCS and of these 332 samples were subjected to PRC in real time. It was concluded that in the analyzed samples, a higher occurrence Streptococcus agalactiae, Streptococcus uberis and Staphylococcus sp were the agents most frequently identified and determined higher mean values of CCS. The average CCS of cows with subclinical mastitis was approximately 743 x 103 cel/mL
Palavras-chave: Bactérias
Leite
Ccs
Milk
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal do Ceará
Unidade acadêmica: Escola de Veterinária e Zootecnia - EVZ (RG)
Citação: MARTINS, Juliana Dias; NICOLAU, Edmar Soares; MESQUITA, Albenones José de; JARDIM, Eurione Antônio Garcia da Veiga. Mastite subclínica em rebanhos leiteiros de propriedades rurais de Goiás. Revista Brasileira de Higiene e Sanidade Animal, Fortaleza, v. 9, n. 2, p. 206-214, abr./jun. 2015.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/12439
Data de publicação: Jun-2015
Aparece nas coleções:EVZ - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Artigo - Juliana Dias Martins - 2015.pdf177,83 kBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons