Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/12440
Tipo do documento: Artigo
Título: Antimicrobial susceptibility of salmonella enteritidis strains from different sources
Título(s) alternativo(s): Susceptibilidade antimicrobiana de amostras de salmonella enteritidis isoladas de diferentes fontes
Autor: Nunes, Iolanda Aparecida
Osugui, Silvia Kimie
Andrade, Maria Auxiliadora
Rivera, Irma Nelly Gutierrez
Rauecker, Ursula Nunes
Ferreira, Antônio José Piantino
Resumo: The antimicrobial susceptibility occurrence in Salmonella Enteritidisin the period from 1995 to 1997 is described in strains isolated from healthy and ill chickens, human sporadic gastrenteritis outbreaks related to egg products consumption, poultry meats, broiler chicken pipped embryos, meat meal/aviculture environment, swine feces and foods (cheese, mayonnaise, cake mass, cake cover and bacon). It was observed that 72.2% were sensitive, whereas 9.2% and 17.8% were resistant and intermediate, respectively. Resistance was verified in 6.2% of the human isolates, in 5.0% of poultry meats, in 36.4% of foods, in 4.2% of chickens, in 23.7% of pipped embryos, in 5.7% of meat meal/aviculture environment and in 13.3% of swine. The obtained results revealed high proportion of strains with intermediate sensibility (18.1% of total). We observed 100% of sensibility to six antibiotics. Considering the resistant strains, 15 (57.7%) presented resistance to only nine antibiotics. Four (15.4%) (chickens and pecked eggs) presented double resistance; triple resistance was detected in one strain (3.8%), whereas six (23.1%) presented multiresistant profiles, to 4-9 drugs, identified in the human strains, foods, chickens and pecked eggs. Although the resistance index described here may be considered low, there was high frequency of multiresistant profiles and of intermediate sensibility to tetracycline, particularly in samples associated to chickens.
Abstract: A susceptibilidade antimicrobiana de Salmonella Enteritidis é descrita em amostras isoladas de galinhas saudáveis e doentes, casos esporádicos de gastrenterite humana relacionadas ao consumo de produtos contendo ovos, carne de frango, ovos bicados, farinha de carne/ ambiente de avicultura, fezes de suínos e alimentos. No período de 1995 a 1997 foi observado que 72,2% foram sensíveis, enquanto que 9,2% e 17,8% foram resistentes e intermediárias, respectivamente. Constatou-se resistência em 6,2% das isoladas do homem, 5,0% de carnes de frangos, 36,4% de alimentos, 4,2% de galinhas, 23,7% de ovos bicados, 5,7% de farinha de carne/ambiente de avicultura e 13,3% de suínos. Os resultados obtidos revelaram elevada proporção de amostras com sensibilidade intermediária (18,1% do total) e 100% de sensibilidade a seis princípios. Considerando as amostras resistentes, quinze (57,7%) apresentaram resistência única a nove antimicrobianos. Quatro (15,4%) (galinhas e ovos bicados) apresentaram resistência dupla; resistência tripla foi detectada em uma amostra (3,8%), enquanto que seis (23,1%) apresentaram seis perfis de multirresistência, frente a 4-9 drogas, identificados em amostras do homem, alimentos, galinhas e ovos bicados. Embora o índice de resistência aqui descrito possa ser considerado baixo, deve ser destacada a alta frequência de sensibilidade intermediária à tetraciclina, particularmente em amostras associadas a aves.
Palavras-chave: Antibiotic multirresistance
Food
Chickens
Human gastrenteritis
Alimentos
Galinhas
Gastrenterite humana
Multirresistência a antibióticos
País: Brasil
Instituição: José Henrique Stringhini
Sigla da instituição: UFG
Unidade acadêmica: Escola de Veterinária e Zootecnia - EVZ (RG)
Citação: NUNES, Iolanda Aparecida; OSUGUI, Silvia Kimie; ANDRADE, Maria Auxiliadora; RIVERA, Irma Nelly Gutierrez; RAUECKER, Ursula Nunes; FERREIRA, Antônio José Piantino. Antimicrobial susceptibility of salmonella enteritidis strains from different sources. Ciência Animal Brasileira, Goiânia, v. 10, n. 1, p. 166-173, jan./mar. 2009. Disponível em: <https://www.revistas.ufg.br/vet/article/view/5890/4583>.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/12440
Data de publicação: Mar-2009
Aparece nas coleções:EVZ - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Artigo- Iolanda Aparecida Nunes - 2009.pdf331,47 kBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons