Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/12522
Tipo do documento: Artigo
Título: Monensina sódica como aditivo de forragem II - efeitos no metabolismo ruminal e concentração de glicose e uréia no sangue
Título(s) alternativo(s): Sodium monensin as a forage addictive
Autor: Orsine, Geisa Fleury
Rodrigues, Norberto Mário
Socorro, Eliomar Pereira do
Resumo: Foí conduzido um experimento para determinar o efeito de zero, 15 e 30mg mo­nensina/cab./dia, sobre o metabolismo ruminal e concentrações de glicose e uréia no san­gue além de verificar a validade de sua ação suplementar como aditivo de forragem de baixa qualidade. Foi utilizado o feno de soja perene (Glycine wighti,) CV Tinarro. O produto que serviu de veículo para a monensina sódica foi o COBAN - 100 da Elanco Química Ltda, que contém 100 g de atividade de monensina por kg. O ensaio realizado no Departamento de Zootecnia da Escola de Veterinária/UFMG foi dividido em três períodos ou tratamen­tos: I - Feno de soja perene; II - Feno de soja perena mais 15 mg monensina/cab./dia. III - Feno de soja perene mais 300 mg de monensina/cab./dia. Foram utilizados nove carnei­ros adultos, sendo três fistulados no rúmen e distribuídos em bloco ao acaso com nove re­petições. A monensina sódica não afetou significativamente (P < 0,5) o pH e as concentrações de amônia e proteína no rúmen. Ocorreu nas sucessivas horas após a alimentação, pequena ou nenhuma variação entre os tratamentos. Os ácidos orgânicos também não sofreram variações significativas (P < 0,05) porém houve uma tendência em elevar a concentração do ácido propiônico e reduzir a concentração do ácido acético. A concentração de glicose no sangue apresentou uma ligeira elevação enquanto a concentração de uréia foi reduzida pela adição de monensina, porém tais mudanças não foram significativas (P < 0,05).
Abstract: One experiment was conducted to determine the effect of 0,15 and 30 mg mo­nensin/head/day upon rumen/metabolism, blood glucose and urea leveis and the supple­mentary value of monensin as a low quality forage addictive. The hay of perennial soybean (Glycine wightil) cv. Tinarro was used. COBAN -100 (Elanco Química Lt<la), at 10% in weight ofmonensin activity was utilized in this ex­periment. The experiment was clivided in three phases:- Phase I: Hay; - Phase II: Hay + 15 mg monensin/head/day. - Phase III: Hay + 30 mg monensin/head/day. Nine wethers were utilized anel three of them were rumen fistulated. A nine -replicate randomired complete block experimental design was used. No statistical differences (P < 0,05) were noticed for pH and ammonia and pro­tein concentration of lhe rumen fluid. ln the next hours after feeding, smaltor none chan­ges were registered in the treatment. The volatile fatty acid concentration, although showing some modifications de­creasing the acetic acid and increasing propionic acid concentrations, did not differ in ap­plied treatment (P < 0,05). Tbe blood glucose leveis increased sligbtly; althougb urea concentration was cli­creased with lhe addition of monensin but such changes were not meaningful (P < 0,05).
País: Brasil
Instituição: Wilson Ferreira de Oliveira
Sigla da instituição: UFG
Unidade acadêmica: Escola de Agronomia e Engenharia de Alimentos - EAEA (RG)
Citação: ORSINE, Geisa Fleury; RODRIGUES, Norberto Mário; SOCORRO, Eliomar Pereira do. Monensina sódica como aditivo de forragem II - efeitos no metabolismo ruminal e concentração de glicose e uréia no sangue. Anais da Escola de Agronomia e Veterinária, Goiânia, v. 19, n. 1, p. 39-48, jan./dez. 1989. Disponível em: <https://www.revistas.ufg.br/pat/article/view/2565/2537>.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/12522
Data de publicação: Dez-1989
Aparece nas coleções:EA - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Artigo - Geisa Fleury Orsine - 1989.pdf286,39 kBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons