Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/12704
Tipo do documento: Artigo
Título: Grupo genético e heterose na produção de leite de vacas de corte submetidas a diferentes sistemas de alimentação
Título(s) alternativo(s): Genetic group and heterosis on milk yield of beef cows submitted to different feeding systems
Autor: Restle, João
Senna, Dilceu Borges de
Pacheco, Paulo Santana
Pádua, João Teodoro
Vaz, Ricardo Zambarda
Metz, Patrícia Alessandra Meneguzzi
Resumo: O experimento foi conduzido para se avaliar a produção de leite de vacas de dois sistemas de acasalamento, puras Charolês (CH) e Nelore (NE) e mestiças F1 ½CH ½NE e ½NE ½CH, submetidas a diferentes sistemas de alimentação, e medir a heterose resultante. A produção de leite foi determinada aos 14, 42, 70 e 90 dias, sendo esta última coincidente com o desmame. Foram utilizadas 86 vacas, submetidas a um dos seguintes sistemas de alimentação: PN: vacas mantidas exclusivamente em pastagem nativa; PC + PN: vacas mantidas em pastagem cultivada (PC) de 15 de julho a 15 de setembro e o restante do tempo em PN; e PN + PC: vacas mantidas em PC de 15 de setembro a 15 de novembro e o restante do tempo em PN. A PC foi composta por aveia (Avena sativa), azevém (Lollium multiflorum) e trevo vesiculoso (Trifolium vesiculosum). Não houve diferença significativa entre os sistemas de alimentação PC + PN e PN + PC, agrupando-se os dois em um único sistema (PNC). Vacas mantidas em PN apresentaram menor produção média diária (3,93 vs. 5,46 L) e total de leite (291,4 vs. 401,7 L) e maior redução da produção (39 vs. 27%) que as mantidas em PNC. Não houve efeito do grupo genético da vaca dentro do sistema de acasalamento sobre as produções média e total de leite. Vacas mestiças F1 apresentaram maior produção de leite durante toda a lactação, de modo que a heterose para produção média diária de leite foi mais expressiva nas vacas mantidas em condições mais baixas de alimentação, exclusivamente em PN (92,4%), que nas vacas que tiveram acesso à pastagem cultivada PNC (18,1%). A persistência da lactação foi maior nas vacas filhas de touros NE que nas filhas de touros CH, assim como nas vacas puras em relação às mestiças F1.
Abstract: The objective of this trial was to evaluate the milk yield of cows of two breeding systems, straightbreds Charolais (CH) and Nellore (NE) and, crossbreds F1 ½CH ½NE and ½NE ½CH, submitted to different feeding systems, as well as measure the resultant heterosis. The milk yield was determined at 14, 42, 70 and 90 days, being this last one coincident with weaning. Eightysix cows were used, and submitted to one of the following feeding systems: NP: cows maintained exclusively on native pasture (NP); CP + NP: cows maintained on cultivated pasture (CP) from July 15th until September 15th and the rest of the time on NP; and NP + CP: cows maintained on CP from September 15th until November 15th, and the rest of the time on NP. CP was composed by oat (Avena sativa), ryegrass (Lollium multiflorum) and clover (Trifolium vesiculosum). Since no significant difference was verified between CP + NP and NP + CP feeding systems, they were combined in one feeding system (NCP). Cows maintained on NP showed lower average daily (3.93 vs. 5.46 L) and total milk yield (291.4 vs. 401.7 L), in relation to cows maintained on NCP, as well as displayed higher reduction of the milk yield (39 vs. 27%, respectively). Average daily and total milk yield were not affected by cow genetic group within breeding system. F1 cows showed higher milk yield during the whole lactation period, being the heterosis for average daily milk yield more expressive for cows maintained on lower feeding conditions, exclusively on NP (92.4%) in relation to cows with access to NCP (18.1%). The lactation persistency was higher for cows sired by NE bulls than for cows sired by CH bulls, and for straight breds in relation to F1 cows.
Palavras-chave: Charolês
Cruzamento
Desmame precoce
Nelore
Pastagem cultivada
Pastagem nativa
Charolais
Crossbreeding
Early weaning
Nellore
Cultivated pasture
Native pasture
País: Brasil
Instituição: Sociedade Brasileira de Zootecnia
Unidade acadêmica: Escola de Veterinária e Zootecnia - EVZ (RG)
Citação: RESTLE, João; SENNA, Dilceu Borges de; PACHECO, Paulo Santana; PÁDUA, João Teodoro; VAZ, Ricardo Zambarda; METZ, Patrícia Alessandra Meneguzzi. Grupo genético e heterose na produção de leite de vacas de corte submetidas a diferentes sistemas de alimentação. Revista Brasileira de Zootecnia, Viçosa, v. 34, n. 4, p. 1329-1338, jul./ago. 2005.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Identificador do documento: 10.1590/S1516-35982005000400030
Identificador do documento: 10.1590/S1516-35982005000400030
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/12704
Data de publicação: Ago-2005
Aparece nas coleções:EVZ - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Artigo - João Restle - 2005.pdf239,08 kBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons