Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/12830
Tipo do documento: Artigo
Título: Níveis de lisina digestível para poedeiras Hy-Line W-36 em produção
Título(s) alternativo(s): Levels of digestible lysine for Hy-Line W-36 hens in production period
Autor: Jardim Filho, Roberto de Moraes
Stringhini, José Henrique
Andrade, Maria Auxiliadora
Café, Marcos Barcellos
Leandro, Nadja Susana Mogyca
Carvalho, Fabyola Barros de
Resumo: Objetivou-se determinar os melhores níveis de lisina digestível para poedeiras em produção. Avaliaram-se o desempenho, o consumo de nutrientes, o metabolismo, a qualidade de ovos, os parâmetros sanguíneos e o desenvolvimento do aparelho reprodutor de 160 poedeiras Hy-Line W-36 com 25 semanas de idade. As aves foram distribuídas em delineamento inteiramente casualizado, com quatro níveis de lisina digestível (600, 700, 800 ou 900 mg de lisina/kg de ração) e quatro repetições, utilizando-se o esquema de parcelas subdivididas na avaliação do balanço de nitrogênio, dos parâmetros sanguíneos e do aparelho reprodutor. Os níveis de lisina da dieta influenciaram os consumos de alimento, proteína e energia, cujo ponto de máximo foi observado no nível de 720 mg de lisina. Para produção de ovos, o melhor nível foi 800 mg de lisina; para conversão alimentar, 900 mg; e, para balanço de nitrogênio, 700 mg. A digestibilidade de extrato etéreo, a qualidade dos ovos, o desenvolvimento do aparelho reprodutor e os parâmetros sanguíneos não foram influenciados pelos níveis de lisina digestível da dieta. Recomendam-se níveis de 700 a 800 mg de lisina digestível para metabolismo e desempenho e 600 mg para qualidade dos ovos e melhor desenvolvimento do aparelho reprodutor.
Palavras-chave: Aminoácido
Oviduto
Produção de ovos
Qualidade de ovos
Sangue
País: Brasil
Unidade acadêmica: Escola de Veterinária e Zootecnia - EVZ (RG)
Citação: JARDIM FILHO, Roberto de Moraes; STRINGHINI, José Henrique; ANDRADE, Maria Auxiliadora; CAFÉ, Marcos Barcellos; LEANDRO, Nadja Susana Mogyca; CARVALHO, Fabyola Barros de. Níveis de lisina digestível para poedeiras Hy-Line W-36 em produção. Revista Brasileira de Zootecnia, Viçosa, v. 39, n. 4, p. 787-795, 2010.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Identificador do documento: 10.1590/S1516-35982010000400013
Identificador do documento: 10.1590/S1516-35982010000400013
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/12830
Data de publicação: 2010
Aparece nas coleções:EVZ - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Artigo - Roberto de Moraes Jardim Filho - 2010.pdf55,62 kBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons