Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/12883
Tipo do documento: Artigo
Título: Níveis de lisina e treonina digestíveis na ração de poedeiras comerciais sobre a qualidade de ovos
Título(s) alternativo(s): Influence of levels of digestible lysine and threonine in the diet of commercial laying hens on egg quality
Autor: Matos, Maíra Silva
Leandro, Nadja Susana Mogyca
Carvalho, Fabyola Barros
Stringhini, José Henrique
Café, Marcos Barcellos
Lopes, Karina Ludovico
Resumo: Objetivou-se avaliar diferentes níveis de lisina e treonina digestíveis na ração de poedeiras Lohmann LSL, entre 25 a 44 semanas de idade sobre a qualidade de ovos. Utilizaram-se 360 poedeiras, alimentadas com rações com diferentes níveis de lisina digestível (0,700; 0,800 e 0,900%), combinadas com os de treonina digestível (0,500; 0,550 e 0,600%) em ração com 16% de PB. O delineamento experimental foi inteiramente ao acaso em esquema fatorial 3x3 (três níveis de lisina e três de treonina), totalizando nove tratamentos, com cinco repetições de oito aves cada. Os dados de peso específico, peso do ovo, sólidos totais da gema, unidade Haugh, percentagem da gema, do albume e da casca foram submetidos à análise de variância e a regressão polinomial foi adotada. Não foi observado efeito de regressão para níveis de lisina ou treonina para as variáveis estudadas, com exceção da percentagem de albume. Foi observada interação (p < 0,05) entre os níveis de lisina e treonina da ração para o peso específico. Os níveis de 900 e 550 mg de lisina e treonina digestível, respectivamente, promoveram melhor peso específico, enquanto que, para as demais variáveis de qualidade de ovos, a recomendação é de 700 e 500 mg de lisina e treonina digestível na ração. Palavras-chave:
Abstract: This research had the objective of evaluating the influence of different levels of digestible lysine and threonine in the ration of commercial laying hens (Lohmann LSL) aged between 25 and 44 weeks on the quality of eggs. Three-hundred sixty laying hens were fed rations containing different levels of digestible lysine (0.700; 0.800 and 0.900%) combined with threonine (0.500; 0.550 and 0.600%). The rations contained 16% crude protein. The experimental set up was in a completely randomized design in a 3x3 factorial scheme (three levels of lysine and three levels of theronine), resulting in nine treatments with five replicates. The experiment unit consisted of a cage with eight hens each. The data on specific gravity, weight of eggs, total solids of yolk, Haugh unit, percentage of yolk, albumin and shell were submitted to analysis of variance and polynomial regression using the SAS statistical software. No regression effect was observed for either lysine or threonine intake for the studied parameters, except for albumin percentage. Interaction was verified between the levels of lysine and theronine (p < 0.05) in the rations regarding specific gravity. The levels of 900 and 550 mg of digestible lysine and threonine, respectively, enhanced the specific gravity, whereas for the other parameters of egg quality, the recommendation is 700 mg of digestible lysine and 500 mg of digestible threonine in the ration.
Palavras-chave: Aminoácido digestível
Poedeiras leves
Unidade haugh
Digestible aminoacids
Laying hen
Haugh unit
País: Brasil
Unidade acadêmica: Escola de Veterinária e Zootecnia - EVZ (RG)
Citação: MATOS, Maíra Silva; LEANDRO, Nadja Susana Mogyca; CARVALHO, Fabyola Barros; STRINGHINI, José Henrique; CAFÉ, Marcos Barcellos; LOPES, Karina Ludovico. Níveis de lisina e treonina digestíveis na ração de poedeiras comerciais sobre a qualidade de ovos. Acta Scientiarum. Animal Sciences, Maringá, v. 31, n. 1, p. 25-29, 2009.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Identificador do documento: 10.4025/actascianimsci.v31i1.2745
Identificador do documento: 10.4025/actascianimsci.v31i1.2745
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/12883
Data de publicação: 2009
Aparece nas coleções:EVZ - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Artigo - Maíra Silva Matos - 2009.pdf109,77 kBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons