Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/13079
Tipo do documento: Artigo
Título: Fermentação e degradabilidade ruminal em bovinos alimentados com resíduos de mandioca e cana-de-açúcar ensilados com polpa cítrica peletizada
Título(s) alternativo(s): Ruminal fermentation and degradability in bovine fed diet with cassava residue and sugar cane ensiled with pelleted citrus pulp
Autor: Silveira, Roselene Nunes da
Berchielli, Telma Teresinha
Freitas, Djalma de
Salman, Ana Karina Dias
Andrade, Pedro de
Pires, Alexandre Vaz
Fernandes, Juliano José de Resende
Resumo: O presente trabalho foi conduzido com o objetivo de avaliar a degradabilidade ruminal da matéria seca (MS), fibra em detergente neutro (FDN) e amido, além de pH, amônia e ácidos graxos voláteis ruminais, em bovinos alimentados com silagens de milho (SMi), de raspa de mandioca com polpa cítrica (SRp), de casca de mandioca com polpa cítrica (SCc) e de cana-de-açúcar com polpa cítrica (SCn). Foram utilizados quatro novilhos, mestiços, castrados, canulados no rúmen e duodeno, em quatro períodos experimentais, com 11 dias de adaptação à dieta e oito dias de coleta. O delineamento experimental foi o quadrado latino 4x4. Foram adotados oito horários para a incubação das silagens: 3, 6, 12, 24, 48, 72, 96 e 120 horas. A SRp apresentou maior degradação efetiva (Kp 5%) da MS e da FDN (48,44 e 45,78%, respectivamente), quando comparada com a SMi (45,50 e 23,75%), a SCc (43,87 e 24,20%) e a SCn (40,76 e 25,78%). Para todos os tratamentos, o pH e a concentração de N-NH3 ruminal foram adequados para o crescimento dos microrganismos ruminais. Os valores de AGV para os tratamentos de SMi, SRp e SCc foram semelhantes entre si e superiores aos do tratamento com SCn.
Abstract: The objective of this work was to evaluate the dry matter (DM), neutral detergente fiber (NDF) and starch ruminal degradability besides pH, N-NH3 and valatile fatty acids (VFA) in bovines fed diet with corn (CS), cassava meal (CMS), cassava hull (CHS), and sugar cane (SCS). The CMS, CHS and SCS were ensiled with citrus pulp (CPP). Four crossbred, castrated, rumen and duodenum cannulated steers were used in four experimental periods, with 11 days for diet adaptation and 8 days for sampling. The experimental design was 4x4 Latin Square. There were eight incubations times: 3, 6, 12, 24, 48, 72, 96 and 120 hours. The CMS showed higher DM, and NDF effective degradation (Kp 5%) (48.44 and 45.78%, respectively) than CS (45.50, 23.75%), CHS (43.87, 24.20%) and SCS (40.76, 25.78%). For all the treatments, the pH and the ruminal concentration of N-NH3 were appropriate for the growth of the rumen microrganisms. The VFA values of the CS, CMS and CHS treatments were similar among themselves and higher than the SCS treatment.
Palavras-chave: Cana-de-açúcar
Degradabilidade
Mandioca
Parâmetros ruminais silagem
Cassava
Degradability
Ruminal parameters
Silage
Sugar cane
País: Brasil
Unidade acadêmica: Escola de Veterinária e Zootecnia - EVZ (RG)
Citação: SILVEIRA, Roselene Nunes da; BERCHIELLI, Telma Teresinha; FREITAS, Djalma de; SALMAN, Ana Karina Dias; ANDRADE, Pedro de; PIRES, Alexandre Vaz; FERNANDES, Juliano José de Resende. Fermentação e degradabilidade ruminal em bovinos alimentados com resíduos de mandioca e cana-de-açúcar ensilados com polpa cítrica peletizada. Revista Brasileira de Zootecnia, Viçosa, v. 31, n. 2, p. 793-801, 2002.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Identificador do documento: 10.1590/S1516-35982002000300030
Identificador do documento: 10.1590/S1516-35982002000300030
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/13079
Data de publicação: 2002
Aparece nas coleções:EVZ - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Artigo - Roselene Nunes da Silveira - 2002.pdf199 kBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons