Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/13256
Tipo do documento: Artigo
Título: O extrato da casca de barbatimão, Stryphnodendron adstringens (martius) coville, na cicatrização de feridas em animais
Título(s) alternativo(s): The bark extract of Stryphnodendron adstringens (martius) coville in skin wound healing in animals
Autor: Rodrigues, Danilo Ferreira
Mendes, Fernanda Figueiredo
Noronha Filho, Antônio Dionísio Feitosa
Silva, Jéssica Alves da
Silva, Luiz Antônio Franco da
Resumo: Ultimamente, empresas, pesquisadores de diferentes áreas do conhecimento e a população em geral têm demonstrado um crescente interesse no uso de fitoterápicos como alternativa para o tratamento de diversas afecções. Este fato ocorre principalmente pelo menor custo e a possibilidade de menores efeitos adversos dos fitoterápicos em comparação aos medicamentos alopáticos. Uma planta de grande interesse para a Medicina Veterinária, por suas propriedades terapêuticas com destaque ao seu potencial cicatrizante em feridas cutâneas, é o barbatimão Stryphnodendron adstringens (Martius) Coville. O presente estudo objetivou realizar uma revisão da literatura sobre o emprego do extrato da casca do barbatimão, Stryphnodendron adstringens (Martius) Coville, na cicatrização de feridas cutâneas em animais. A atividade cicatrizante deste fitoterápico é conferida aos elevados níveis de taninos presentes na casca da árvore, matéria prima utilizada na produção do extrato. Apesar da existência de vários estudos sobre o assunto, muitos deles ainda são conduzidos com pouco rigor científico, especialmente por não caracterizarem adequadamente a substância utilizada. Portanto, recomenda-se não apenas proceder à caracterização dos constituintes do extrato do barbatimão, mas conduzir os estudos de maneira mais criteriosa, buscando estabelecer os mecanismos de ação consistentes para a validação do potencial cicatrizante deste fitoterápico.
Abstract: The present study aimed to review the literature about the use of the bark extract of barbatimão, Stryphnodendron adstringens (Martius) Coville, on cutaneous wound healing in animals. Currently, companies and researchers from different kinds of studies, and the general population have shown a growing interest in the use of herbal medicine as an alternative for the treatment of various disorders. This occurs mainly because of the lower cost and the possibility of minor adverse effects of herbal medicines compared to allopathic medicine. A plant of great interest for Veterinary Medicine, because of their therapeutic properties, especially their potential in healing skin wounds, is barbatimão. The wound healing activity of this herbal medicine is given to high levels of tannins in the bark, the raw material used to produce the extract. Despite of the existence of several studies on the subject, many of them still are conducted with little scientific accuracy, especially because of the not adequately characterize the substance used. Therefore, it is recommended not only to characterize the constituents of the barbatimão extract, but conduct studies with more discerning and accuracy, to establish the real mechanisms to validate the therapeutic potential of this herbal in wound healing.
Palavras-chave: Fitoterapia
Lesões de pele
Medicina Veterinária
Plantas medicinais
Taninos
Herbal medicine
Phytotherapy
Skin lesions
Tannins
Veterinary medicine
País: Brasil
Unidade acadêmica: Escola de Veterinária e Zootecnia - EVZ (RG)
Citação: RODRIGUES, Danilo Ferreira; MENDES, Fernanda Figueiredo; NORONHA FILHO, Antônio Dionísio Feitosa; SILVA, Jéssica Alves da; SILVA, Luiz Antônio Franco da O extrato da casca de barbatimão, Stryphnodendron adstringens (martius) coville, na cicatrização de feridas em animais. Enciclopédia Biosfera, Goiânia, v. 9, n. 16, p. 1583-1601, jul. 2013.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/13256
Data de publicação: Jul-2013
Aparece nas coleções:EVZ - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Artigo - Danilo Ferreira Rodrigues - 2013.pdf598,38 kBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons