Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/1329
Tipo do documento: Other
Título: Regulamentação de auditoria: estudo da influência das fraudes contábeis de 2001
Autor: Abreu, Ester Novato de
Resumo: O presente estudo possui como objetivo identificar as alterações na regulamentação brasileira de auditoria após as fraudes contábeis em meados de 2001. Com a descrição da influência dessas fraudes nas regulamentações emitidas pelos órgãos normatizadores do mercado, sendo eles o Banco Central do Brasil e a Comissão de Valores Mobiliários, e pelo órgão que regula a profissão do contador, o Conselho Federal de Contabilidade. Nessa perspectiva, analisa-se as normas emitidas por esses órgãos no período de 10 anos antes e 10 anos após os escândalos contábeis mundiais. Ao fim, percebe-se a regulamentação como uma resposta às crises que ocorreram em função da atuação das empresas e da omissão de informações por parte das empresas de auditoria e dos profissionais auditores. Nesse sentido notou-se que no período analisado houve de fato uma preocupação por parte dos órgãos regulamentadores em fornecer condições para a melhoria da qualidade da atividade de auditoria independente e da credibilidade nas informações fornecidas pelos auditores. Por fim, sugere-se o desenvolvimento de pesquisas mais aprofundadas e criteriosas sobre os efeitos reais de todas as alterações provocadas pelas mudanças na regulamentação de auditoria.
Palavras-chave: Escândalos contábeis
Auditoria
Regulamentação
Confiabilidade
Qualidade
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/1329
Data de publicação: 7-Out-2013
Aparece nas coleções:FACE - Trabalhos de Conclusão de Curso

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Ester Novato.pdf877,11 kBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.